Três dias antes das eleições presidenciais no país, Obama e Biden se reunirão no importante estado pendular de Michigan, no qual falarão sobre "a união dos americanos para enfrentar a crise que o país atravessa e vencer a batalha pela alma da nação", anunciou a equipe da campanha democrata em um comunicado.

Na semana passada, em campanha para Biden, Obama apareceu sozinho em comícios drive-in na Pensilvânia e na Flórida — dois estados que o presidente Donald Trump venceu em 2016, mas estão em disputa este ano — alertando os apoiadores de Biden contra a complacência e pedindo-lhes para votar antecipadamente.

Em seus discursos, Obama pediu aos partidários de Biden que não se apoiassem na liderança do candidato democrata segundo as pesquisas, mas votassem, lembrando-os de que Hillary Clinton era a favorita há quatro anos e acabou perdendo.

Neste ano, Biden deve recuperar o estado de Michigan, entre outros, para conseguir chegar à Casa Branca.

De acordo com as pesquisas do site RealClearPolitics, Biden aparece na frente de Trump com 7,1 pontos percentuais em âmbito nacional, e com 8,6 pontos de vantagem em Michigan.

 

Fonte: https://www.brasil247.com

 

 
Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.galpogk-is-100.jpglink