A Polícia Civil de Parauapebas tem mais um crime de homicídio para investigar na noite do dia, 25, em um bar no horário do jogo, o funcionário da Vale Cleiton Martins Nogueira, 38 anos, foi assassinado com 7 facadas desferida por um indivíduo identificado pela polícia como sendo o pedreiro José Pereira, bastante conhecido por "Neguinho" morador do Residencial Alto Bonito.

O crime aconteceu por volta das 23h40, na rua Itacaiunas, esquina com Café Filho, bairro Altamira, Parauapebas. Após uma discussão entre acusado e vítima motivado por ciúmes da garçonete estabelecimento que era ex-companheira do acusado.

Daniela e a Vitima assistiam um jogo de futebol enquanto jogavam sinuca, quando teria chegado no bar o Neguinho que não gostando de ver sua ex acompanhada 

Daniela da Silva Rocha, de 24 anos teria morado com o acusado José Pereira por um mês e a quinze dias estava separada do mesmo, tempo também que conheceu a vítima como amigo. Na noite do crime ocorria um jogo de futebol ela e a vítima bebiam e jogavam sinuca quando teria chegado no bar o Neguinho que não gostando se armou com um taco de sinuca e quebrou nas costas da vítima, “vou ti ensinar a se envolver com mulher casada”.  Ainda segundo informações embora a garçonete tenha dito para a polícia que estava separada de Neguinho a mesma dividia um apartamento no Residencial Alto Bonito.

Daniela Silva contou que a vítima chegou ao bar onde ela trabalha e passaram a beber e jogar sinuca, quando teria chegado ao local Neguinho que por ciúmes partiu para cima de Cleiton Martins com um taco de sinuca, momento em que o proprietário do bar teria expulsado o agressor.

Ainda segundo Daniele a vítima e o dono do bar ficaram na frente do estacionamento conversando quando o acusado teria retornando ao local em uma moto Biz, onde se encontrava armado com uma faca partiu para cima de Cleiton Martins desferindo 7 facadas fatais no amigo de sua ex, dos golpes, três no peito, três nas costas e uma no braço direito.  Ferido a vítima ainda tentou correr, mas caiu logo em seguida.

Após o crime o acusado se retirou do local tranquilamente ignorado a situação e ainda realizando uma chamada de vídeo para Daniele. No local testemunhas contam que acionaram o SAMU, mas a ambulância não apareceu, e por cerca de uma hora a vítima permaneceu viva aguardando por socorro.

A moto do acusado uma Biz de cor branca foi encontrada pela Polícia Militar, no polo moveleiro distante cerca de mil metros do local do crime. Caso você tenha informações que possa levar ao paradeiro do assassino ligue para o disque denúncia 181 ou para o (94) 992645348, WhatsApp da Polícia Militar local, sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo.

 

Fonte: Neide Folha

A empresa Buriti Empreendimentos com CNPJ nº de 13.676.506/0001-67 - 80 localizada na rua R A 10, quadra 21, lote 01, no Bairro Cidade Jardim, convoca a todos os clientes descritos no edital em anexo para tratar em especial da clausula 15° e 16° LOTE/TERRENO no prazo improrrogável de 15 dias no escritório da empresa. Comparecer com a documentação LOTE/TERRENO para os acertos necessário.

 

 

Confira o edital em anexo no topo da página:

Nas primeiras horas desta segunda-feira, 01, uma forte chuva atingiu vários pontos da cidade causando alagamentos que foram registrados na Capital do Minério, inclusive, em áreas tradicionais, como na “Baixada Fluminense”, proximidades da Avenida JK e Avenida Liberdade e Mercado Municipal de Parauapebas, ambos no Bairro Rio Verde.

O projeto Prosap tem como objetivo acabar com esse problema que tem assolado os moradores do Município. 

Segundo a Prefeitura Municipal de Parauapebas, os problemas de alagamentos que ocorrem por vários anos devem ser resolvidos com o avanço das obras do Programa de Saneamento Ambiental, Macrodrenagem e Recuperação de Igarapés e Margens do Rio Parauapebas (Prosap), que visa sanar a maior parte dos alagamentos recorrentes nos bairros Rio Verde, União e Liberdade, provocados pelas cheias do Igarapé Ilha do Coco e Rio Parauapebas.

 

Fonte: Redação 

Na sexta-feira (26), o secretário municipal de Educação, José Leal Nunes, e a vereadora Eliene Soares, representante da Comissão de Educação da Câmara, reuniram-se com dirigentes da Universidade do Estado do Pará (Uepa), em Belém, e já estão de posse do cronograma do edital do vestibular que traz cursos de nível superior para Parauapebas.  Serão três graduações nas áreas de Engenharia de Software, Biologia e Matemática, totalizando 120 vagas.

A instalação da Uepa é fruto de luta antiga do prefeito Darci Lermen iniciada ainda no seu primeiro mandato, em 2008. Também hoje, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) efetuou a quitação da primeira parcela do convênio com a Uepa, no valor de aproximadamente R$ 2,5 milhões.

A Universidade anunciou também o lançamento do edital de especialização em Educação Ambiental, que já está no site da instituição (as matriculas poderão ser efetivada a partir do dia 1º de março).  Manifestou interesse em implantar uma pós em Educação Escolar Indígena e em Transtorno do Espectro Autista, além de confirmar mais uma graduação específica para a formação Intercultural Indígena.

Os cursos da Uepa no município serão iniciados no Centro Universitário de Parauapebas (Ceup), provisoriamente, até a construção do Campus. Para o secretário de Educação “Parauapebas está vivendo um momento histórico, graças ao empenho da gestão municipal, que não mediu esforço para garantir a efetivação da Universidade do Estado do Pará na cidade”.

Para a vereadora Eliene Soares investir em educação é investir em desenvolvimento humano e em qualidade de vida. "A luta pela implantação da Uepa começou com o prefeito Darci e segue no mandato dele, durante o qual vamos conseguir efetivar cursos de graduação e pós-graduação para nossos jovens e nossos profissionais já graduados”, destaca a parlamentar.

 

Texto e fotos: Messania Cardoso

Assessoria de Comunicação/PMP

A vacinação para idosos com mais de 90 anos continua. Procure a Unidade de Saúde mais próxima de sua casa. Na quarta-feira, 24 de fevereiro, registramos 62 novos casos de Covid-19.

Uma criança de 3 anos está internada. A taxa geral de ocupação dos leitos subiu para 33%.

Se tiver sintomas, procure as Unidades de Saúde polo: VS-10, Minérios, Liberdade 1 e Cidade Nova.

 

Histórico de pacientes:

1          .           Criança          de       3          anos.  Internado.     TR

2          .           Homem          de       32       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

3          .           Homem          de       42       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

4          .           Mulher           de       65       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

5          .           Homem          de       19       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

6          .           Mulher           de       44       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

7          .           Mulher           de       58       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

8          .           Homem          de       23       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

9          .           Mulher           de       41       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

10       .           Homem          de       38       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

11       .           Homem          de       37       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

12       .           Mulher           de       38       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

13       .           Homem          de       41       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

14       .           Mulher           de       22       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

15       .           Homem          de       41       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

16       .           Homem          de       63       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

17       .           Mulher           de       76       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

18       .           Homem          de       31       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

19       .           Mulher           de       23       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

20       .           Mulher           de       62       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

21       .           Mulher           de       28       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

22       .           Mulher           de       16       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

23       .           Mulher           de       39       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

24       .           Mulher           de       55       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

25       .           Homem          de       34       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

26       .           Mulher           de       63       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

27       .           Homem          de       31       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

28       .           Homem          de       65       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

29       .           Mulher           de       23       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

30       .           Mulher           de       24       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

31       .           Homem          de       19       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

32       .           Homem          de       34       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

33       .           Homem          de       24       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

34       .           Homem          de       42       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

35       .           Mulher           de       20       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

36       .           Homem          de       39       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

37       .           Mulher           de       40       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

38       .           Mulher           de       25       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

39       .           Homem          de       26       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

40       .           Homem          de       22       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

41       .           Mulher           de       23       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

42       .           Mulher           de       41       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

43       .           Homem          de       34       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

44       .           Mulher           de       29       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

45       .           Mulher           de       54       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

46       .           Homem          de       41       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

47       .           Homem          de       39       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

48       .           Homem          de       18       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

49       .           Homem          de       25       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

50       .           Homem          de       29       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

51       .           Mulher           de       48       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

52       .           Homem          de       45       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

53       .           Mulher           de       36       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

54       .           Mulher           de       16       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

55       .           Mulher           de       63       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

56       .           Mulher           de       18       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

57       .           Homem          de      13       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

58       .           Mulher           de       66       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

59       .           Mulher           de       60       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

60       .           Homem         de       31       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

61       .           Criança         de       12       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

62       .           Mulher           de       32       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

Na sexta-feira, 19, por volta das 19h00, homens do 23° Batalhão da Polícia Militar através da Ronda Ostensiva com apoio de motos (ROCAM), prenderam e apresentaram ao delegado plantonista Dufrae Abade, Eduardo Luís Lisbinski Júnior acusado de tráfico de entorpecentes.  Segundo a polícia o mesmo foi pego em um posto de combustível no bairro União.

O flagrante se deu quando a GU realizava ronda ostensiva pelo bairro União, mais precisamente próximo ao posto de combustível Radar, ao iniciar uma chuva a guarnição se abrigou no posto onde o Eduardo estava.  Ao perceber a presença dos policiais, o mesmo agiu com   nervosismo saindo em seguida para o setor de conveniência do posto, instante em que a GU realizou abordagem pessoal no mesmo, momento em que foram encontrados com ele, 8 comprimidos da droga sintética conhecida popularmente como "bala" ou "ecstasy", Indagado pela polícia sobre a droga o mesmo teria afirmado que estaria  comercializando a substância em bares e festas na cidade e que havia mais da mesma droga em sua residência, localizada no residencial "Mec Ville".

Na casa do acusado foram encontrados mais 1.203 comprimidos da droga sintética conhecida popularmente como "bala" ou "ecstasy"

Em ato continuo o acusado conduziu a guarnição até sua casa onde foram encontrados mais 1.203 comprimidos da mesma droga e uma trouxa da mesma substância, em pó, em seu quarto dentro do guarda-roupas. Na residência do acusado também se encontravam outros dois amigos de Eduardo sendo eles, Herick Ferreira da Silva e Felipe da Rosa Borges, Felipe se identificou como sendo o proprietário da casa, indagado pelos PMs o mesmo afirmou que não tinha conhecimento da existência de droga dentro de casa, já o apresentado Eduardo Luis segundo a polícia assumiu ser o dono da droga, e que Hérick estava apenas ingerindo bebida alcoólica no local no momento da abordagem.

Com apoio da VTR Eduardo Luis foi conduzido para delegacia, ainda segundo os PMs ao saber que seria apresentado a autoridade policial o mesmo teria oferecido para guarnição a quantidade de R$ 15 mil reais para que os PMs não o levassem preso. Mediante a proposta e o flagrante o mesmo foi conduzido para 20° Seccional Urbana de Polícia Civil, e apresentado ao delegado plantonista Dufree Abade, para os procedimentos cabíveis.

 

Fonte: Neide Folha

Não esqueça, o uso de máscara continua sendo obrigatório. Na terça-feira, 23, de fevereiro, notificamos 57 novos casos de Covid-19 entre 1.057 testes realizados.

A taxa geral de ocupação dos leitos está em 32%.

Se tiver sintomas, procure as Unidades de Saúde polo: VS-10, Minérios, Liberdade 1 e Cidade Nova.

 

Histórico de pacientes:

1          .           Mulher           de       70       anos.  Internada.     PCR

2          .           Mulher           de       63       anos.  Internada.     PCR

3          .           Mulher           de       32       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

4          .           Mulher           de       13       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

5          .           Homem          de       45       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

6          .           Homem          de       38       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

7          .           Mulher           de       21       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

8          .           Homem          de       36       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

9          .           Homem          de       33       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

10       .           Mulher           de       41       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

11       .           Homem          de       38       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

12       .           Homem          de       34       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

13       .           Mulher           de       40       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

14       .           Homem          de       43       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

15       .           Mulher           de       37       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

16       .           Homem          de       56       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

17       .           Mulher           de       43       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

18       .           Mulher           de       38       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

19       .           Mulher           de       39       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

20       .           Mulher           de       30       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

21       .           Homem          de       24       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

22       .           Homem          de       66       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

23       .           Mulher           de       21       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

24       .           Mulher           de       31       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

25       .           Mulher           de       33       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

26       .           Mulher           de       39       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

27       .           Homem          de       25       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

28       .           Homem          de       32       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

29       .           Mulher           de       41       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

30       .           Mulher           de       41       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

31       .           Mulher           de       19       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

32       .           Mulher           de       52       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

33       .           Homem          de       36       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

34       .           Mulher           de       49       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

35       .           Homem          de       43       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

36       .           Homem          de       46       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

37       .           Homem          de       29       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

38       .           Homem          de       26       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

39       .           Homem          de       37       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

40       .           Homem          de       39       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

41       .           Homem          de       17       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

42       .           Mulher           de       40       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

43       .           Mulher           de       36       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

44       .           Homem          de       22       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

45       .           Mulher           de       24       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

46       .           Homem          de       25       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

47       .           Homem          de       35       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

48       .           Homem          de       24       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

49       .           Mulher           de       21       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

50       .           Homem          de       45       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

51       .           Mulher           de       70       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

52       .           Homem          de       38       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

53       .           Mulher           de       54       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

54       .           Homem          de       56       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

55       .           Homem          de       29       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

56       .           Homem          de       33       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

57       .           Homem          de       22       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

Na manhã dessa terça-feira, 23, foi realizada a sessão na Câmara Municipal de Parauapebas, onde os vereadores apresentaram suas propostas de indicações para serem votadas pela casa com o intuito de levar mais melhorias para a população da cidade. A sessão foi composta pela mesa diretora formada pelo Presidente Ivanaldo Braz; Vice-presidente Josemir Silva; Primeiro-Secretário Rafael Ribeiro e o Segundo-Secretário Zacarias Marques.

Rafael Ribeiro Primeiro-Secretário

O Primeiro-Secretário Rafael Ribeiro agradeceu a todos que contribuíram para que o mesmo pudesse está ocupando um espaça na Câmara Municipal, e também falou sobre a implantação de uma Universidade no município. “Quero agradecer ao povo de Parauapebas que confiou em mim para os representá-los, estou aqui para cada um que precisar, uma de minhas indicações aqui apresentadas, uma das é sobre a Universidade Municipal de Parauapebas, onde reitera uma indicação minha feita no ano de 2017 a onde pede o estudo de viabilidade técnica para a implantação da mesma em nossa cidade, pois entende que precisamos verticalizar nossa economia e criar novas matrizes econômicas e sem dúvida um dos caminhos é a educação”.    

Zacarias Marques Segundo-Secretário

O Segundo-Secretário Zacarias Marques destacou a importância da criação do Prosap para Parauapebas, o mesmo também citou o lixão da cidade. “Todos os anos lamentavelmente sofremos com a chuva quando o inverno é mais rigoroso, o Prosap é uma esperança para nossa cidade durantes esses períodos, é um projeto que vem para a melhoria de nossa cidade, enfrentamos também algo desagradável que é o lixão da cidade, o governo estará apresentando um programa de trabalho a onde trans formaremos todo aquele lixo em energia, estamos trabalhando para que o povo tenha a melhor qualidade de vida”.

O Vereador Josivaldo da Farmácia apresentou suas indicações para a casa 

Em entrevista para nossa equipe o Vereador Josivaldo da Farmácia falou sobre suas indicações para a casa da Câmara. “Uma das indicações que foram apresentadas é voltada para o centro de especialização para crianças portadoras de deficiência autismo, pois sabemos das necessidades que são enfrentadas em Parauapebas para termos esse local, também foi apresentada a indicação para a construção de um centro de desenvolvimento voltado para essa área em nosso município onde o mesmo visa proporcionar mais empregos aos moradores de Parauapebas”.  

 

Fonte: Por Sarah Monteiro 

 

Na tarde de quarta-feira, 18, na Câmara Municipal de Parauapebas foi dada largada para os trabalhos da 9ª legislatura (2021-2024), onde pode contar com a  presença dos 15 vereadores que compõem o Parlamento Municipal, sendo Aurélio Goiano (PSD); Elias da Construforte (PSB); Eliene Soares (MDB); Francisco Eloécio (PRB); Ivanaldo Braz (PDT); Joel do Sindicato (PDT); Josemir Silva (PROS); Josivaldo da Farmácia (PP); Leandro do Chiquito (PROS); Luiz Castilho (PROS); Léo Márcio (PROS); Miquinha (PT); Rafael Ribeiro (MDB); Zacarias Marques (PP) e Zé do Bode (MDB).

A sessão foi conduzida pela mesa diretora, composta pelo Presidente Ivanaldo Braz; Vice-presidente Josemir Silva; Primeiro-Secretário Rafael Ribeiro e o Segundo-Secretário Zacarias Marques, pôs em votação a formação das comissões permanentes e provisórias, sendo elas:

Comissão de Agricultura, Pecuária, Desenvolvimento Rural e Cooperativismo; Comissão de Constituição, Justiça e Redação; Comissão de Direitos Humanos; Comissão de Educação e Cultura; Comissão de Fiscalização e Controle Externos; Comissão de Finanças e Orçamento; Comissão de Mineração, Energia e Defesa do Meio Ambiente; Comissão de Saúde e Assistência Social; Comissão de Ética e Decoro Parlamentar.

Em seguida, foram retomadas as apresentações, discussões e aprovações de requerimentos, indicações, projetos de decretos legislativos e projetos de leis de autorias dos próprios vereadores, além das demandas vindas do Poder Executivo, tendo como principal criações e alterações de projetos de leis.

Braz Presidente da Câmara Municipal

Em entrevista o Presidente da Câmara Braz falou sobre os trabalhos a serem realizados juntamente com suas expectativas. “ Temos o de melhor com os vereadores escolhidos democraticamente pela sociedade, uma renovação de praticamente 60% da casa e todos com muita vontade de trabalhar, os que já estavam junto com os que chegaram, eu acredito que teremos grandes resultados positivo nesta casa”.

Josivaldo da Farmácia Vereador eleito pela população nas eleições de 2020

O Vereador Josivaldo da Farmácia que faz parte da Comissão de Terras e Obras (CTO) falou sobre esse momento de sua vida juntamente de seu projeto. “Esse momento é único, algo que que Deus me deu e sou muito grato com tudo que vem acontecendo nesses últimos meses de minha vida, tenho como projeto a ampliação do distrito industrial, eu amo o social e para isso temos que nos doar para as pessoas e proporcionar mais qualidade de vida onde podem ter seus trabalhos com dignidade e o distrito industrial tem esse objetivo de trazer empresas que possa ajudar os cidadãos de Parauapebas, fico muito feliz pelo o mesmo ter sido aprovado pela casa”.

Zacarias Marques Segundo-Secretário da Câmara Municipal 

Em entrevista o Segundo-Secretário Zacarias Marques marcou presença na sessão e falou sobre o momento e destacou a importância dais reuniões serem realizadas de forma remota. “Estou muito feliz por todos os que estão aqui presentes juntamente com os que nos acompanha através das redes sociais, estamos a viver ainda um momento muito ruim por conta do vírus do covid19, portanto peço a colaboração de todos aqui presentes para que as próximas sessões venham ser de forma virtual, fazendo com que a saúde de nosso povo que nos acompanham aqui nesse auditório possa estar sendo mais preservada” Disse.

 

Competências a serem prestadas pelas comissões:


Além de analisar projetos e emitir pareceres, as comissões permanentes têm competência para:

– Fiscalizar, inclusive efetuando diligências, vistorias e levantamentos e logo os atos da administração direta e indireta;


– Solicitar ao prefeito informações sobre assuntos inerentes à administração;


– Convocar os secretários municipais, ou responsáveis pela administração direta e indireta para prestar informações sobre assuntos inerentes às suas atribuições;


– Acompanhar, junto ao Executivo, os atos de regulamentação e a elaboração da proposta orçamentária, bem como a sua posterior execução;


– Realizar audiências públicas;


– Solicitar informações ou depoimentos de autoridades ou cidadãos;


– Receber petições, reclamações, representações ou queixas de associações e entidades comunitárias, ou de qualquer pessoa, contra atos e omissões de autoridades municipais ou entidades públicas;


– Apreciar programas de obras, planos regionais e setoriais de desenvolvimento e sobre eles emitir parecer;


– Requisitar, dos responsáveis, a exibição de documentos e a prestação dos esclarecimentos necessários;


– Apresentar proposições de matérias de sua competência.

 

Trabalho:


Os membros das comissões permanentes deverão, obrigatoriamente, se reunir uma vez por semana, para execução de suas atribuições regimentais.

 

Confira todas as fotos na galeria abaixo:  

 

 

Fonte: Redação 

A Defesa Civil de Parauapebas alerta a população para a previsão de muita chuva até sexta-feira, 19. A prefeitura tem intensificado o monitoramento nas 91 áreas de risco do município, das quais 61 são de risco de deslizamento.

E duas delas não aguentaram o peso das chuvas na madrugada de quarta-feira, 17, quando foram registrados dois deslizamentos no bairro Liberdade, que atingiram duas famílias.

O coordenador da Defesa Civil, Jailson Souza, enfatiza que as famílias foram retiradas da área e estão recebendo total atenção do Serviço Social do município. “Parauapebas está em situação de alerta para o risco de deslizamentos e em situação de atenção para inundação porque até o final da manhã de hoje o nível do rio já se encontrava em 8,20 metros e continua subindo”, aponta ele.

Conforme a Defesa Civil, até o início da tarde desta quarta-feira já havia chovido 90,8% do esperado para o mês todo em Parauapebas: até as 14 horas foram registrados 96,2 milímetros de chuva nas últimas 24 horas. Maior atenção da prefeitura está voltada para os bairros Betânia, Nova Vida, Nova Vitória, São Lucas, além do Liberdade, onde a ameaça de deslizamentos deixa os agentes da Defesa Civil em estado de alerta.

Contudo, o monitoramento se mantém em toda Parauapebas. Jailson Souza explica que o trabalho é feito em campo por técnicos especializados nas áreas de geologia, engenharia e meio ambiente. Eles fazem o levantamento da situação com auxílio de imagens aéreas obtidas com drone.

“Fazemos o acompanhamento de sistemas de monitoramento disponibilizados pelos principais órgão estaduais e federais, por alertas meteorológicos e de gerenciamento de risco”, diz Jailson Souza, acrescentando que os alertas para a população são feitos por meio de serviço de SMS, redes sociais e diretamente nas áreas de risco.

Serviço: A população pode entrar em contato com a Defesa Civil pelos números 3356-2597 e 199. Lembre-se: “Prevenir é preservar a vida!”.

 

Assessoria de Comunicação – Ascom/PMP
Página 1 de 107
Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.galpogk-is-100.jpglink