Desde sua inauguração, ocorrida no dia 17 de abril de 2013, o IDHJDS (Instituto de Desenvolvimento Humano JD Soares), tem contribuído para a formação de pessoas dando prioridade para as de menor renda. O IDHJDS é uma entidade sem fins lucrativos que tem como missão realizar a inclusão social com uma série de cursos de capacitação profissional visando a inserção do cidadão parauapebense no mercado de trabalho formal.

Neste dois anos e oito meses o IDHJDS proporcionou GRATUITAMENTE a inúmeras pessoas a formação nos cursos de corte e costura, Informática, vendas, gestão administrativa, inglês e artesanato.

José Lessa, está à frente da coordenação do Instituto e conta que a sede deste foi transferida para o bairro Casas Populares com o objetivo de ficar mais perto dos usuários já que eles tinham dificuldade de se deslocar até o antigo endereço, que era na esquinas das Ruas 4 com a C, bairro Cidade Nova.

Lessa detalha que neste novo endereço, este ano, foram atendidas 440 pessoas nos diversos cursos oferecidos. As atividades foram encerradas no mês de novembro devendo retornar a partir do mês de fevereiro de 2016, quando deverão ser abertas as inscrições para novas turmas.

O Instituto JD Soares tem como patrono o vereador Bruno Leonardo Soares que diz encontrar nele a possibilidade de auxiliar as pessoas de menor renda que após receber qualificação conseguem a independência financeira e assim mudam o roteiro de sua história.  “O que todos querem é a oportunidade, mas quando ela chega muitas vezes faltam-lhes a qualificação; e é isso que entendemos necessário ser dado”, explica Bruno Soares que mensura quando melhor paga ver essas pessoas alçando voos independentes.

 

Por: Francesco Costa

Um valor que deverá garantir aos comerciantes a certeza de vendas no varejo além do recebimento de dívidas contraídas em compras a créditos. O montante repassado aos trabalhadores é a certeza também da manutenção de empregos e a geração de outras vagas, pois com dinheiro na mão a população sai às compras no comércio varejista local.

Essa conta foi fechada graças ao acordo coletivo feito entre a mineradora Vale S. A. e os mais de 13 mil trabalhadores das minas nos municípios de Parauapebas, Canaã dos Carajás, Curionópolis e Ourilândia do Norte, representados pelo Sindicato METABASE CARAJÁS, que possibilitará o recebimento de R$ 7.100,00 (Sete mil e cem reais), valor que deverá ser pago no dia 18 deste mês, mesma data em que os trabalhadors recebem o 13º salário.

O montante foi detalhado da seguinte forma: R$ 4.660,00 abondo extraordinário; R$ 1.200,00 valor compensatório; R$ 620,00 depósito de 13º de Vale Alimentação; R$ 620,00 depósito de 14º de Vale Alimentação extraordinário.

O abono significa um aquecimento de R$ 92 milhões que somados aos R$ 15 milhões referentes ao 13 salário ultrapassa a marca dos R$ 100 milhões. Além dos trabalhadores efetivos da Vale receberão os mesmos abonos os jovens recém contratados no Projeto S11D no município de Canaã dos Carajás.

Outros benefícios – Além do abono foram garantidos outros direitos, entre eles, o reembolso de cursos técnicos, tecnólogos e superiores; o atendimento médico e o vale alimentação. Trata-se das garantias sociais que garantem o funcionamento de clínicas e hospitais além de escolas e universidades. Já a garantia financeira ampara o comércio varejista, pois os salários e vales fomenta as vendas nas lojas e supermercados. Há ainda a garantia de segurança e a esta inclui os EPI’s e uniformes disponibilizados aos trabalhadores.    

Trocando em miúdos – O abono foi aprovado pelos trabalhadores das minas da Vale em todo o Brasil reunidos em assembleias. Em Parauapebas as assembleias aconteceram no clube Docenorte em Carajás e no Clube Sossego em Canaã dos Carajás nos dias 7, 8 e 9 de dezembro, onde os trabalhadores entenderam que o abono, se dividido pelos 12 meses, significa uma fatia de R$ 591,80, que será recebido de uma só vez podendo assim ser ainda melhor aplicado. “Para a Vale não é um bom momento para se falar em reajuste; e para o trabalhador assusta falar em demissões. Por isso, esta foi a melhor medida, pois assim todos os empregos são mantidos e a Vale não se sente sufocada com um aumento nos gastos”, explicou Raimundo Amorin (O Macarrão), presidente do METABASE CARAJÁS, entidade que representa a categoria nos municípios do Pará onde se pratica a mineração industrial.    

 

Por: Franceso Costa

Um evento ocorrido no Teatro Municipal de Curionópolis, na noite de sexta-feira, 11, que marca a história do Município. Trata-se da Certificação de 538 alunos formados pelo SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) que receberam das mãos dos instrutores e da vereadora Edilei Lopes, a garantia de um futuro melhor ali representados pelos seus certificados dos respectivos cursos:

  • Ferreiro Armador;
  • Eletricista predial;
  • Eletricista industrial;
  • Pintor de obras;
  • Pedreiro;
  • Encanador instalador predial;
  • Carpinteiro de obras
  • Panificação 

Tendo como anfitriã a vereadora Edilei Lopes, responsável pela articulação e implantação dos cursos no Município, o ato contou com a presença de várias autoridades entre elas: o diretor do SENAI em Parauapebas, Luiz Pinto; a ex-prefeita de Parauapebas, Bel Mesquita;  além de diversos instrutores do Senai e convidados que lotaram o local do evento para prestigiar o momento tão importante na vida de estudante.

Gente como Enoques João de Oliveira que aos 63 anos concluiu o curso de Eletricista Predial e agora faz planos para o futuro; ou ainda como Jhekson de Sousa Silva que aos 19 anos já está qualificado para o mercado de trabalho; E Iracema de Sousa Ferreira diz se sentir feliz com a oportunidade que teve sua filha, Ângela Maria, que fez o curso de panificação.

Antecedendo o ato de certificação, a vereadora Edilei Lopes, se pronunciou e antes de qualquer assunto enfatizou a boa vontade do diretor do SENAI no Pará, Gerson Peres. “Fui diversas vezes a Belém, enfrentei o pessimismo de muita gente que dizia que isso não seria possível, mas contei com as Benção de Deus e a boa vontade de

meu amigo Dr. Gerson Peres; e eis aqui o resultado”, disse a vereadora Edilei Lopes, dando ainda a boa notícia de que está tudo encaminhado para o início do próximo ano, 2016, a implantação do Pronatec no Município.

 

Por: Francesco Costa

 

O Baile das Debutantes Comunitário foi realizado pela primeira vez pela AMONPA e estava sendo planejado e organizado há cerca de quatro meses. As garotas foram selecionadas através de cartas que foram escritas por alunas da rede municipal de ensino e após uma longa seleção, a organização fez a escolha das beneficiadas que passaram por uma série de ensaios para chegar ao tão esperado dia da festa dos sonhos.

Na noite de domingo (15), o Tatersal do Parque de Exposições recebeu uma linda decoração e se transformou num lindo salão de festas que foi o cenário ideal para a festa dos sonhos de dezenas de garotas que na sua grande maioria é de famílias carentes e que não teria condições de realizar uma festa de 15 anos para as meninas.

Um dia totalmente especial e único: Assim foi descrito o dia 15 de novembro de 2015 por cerca de 50 debutantes que tiveram uma festa de 15 anos de idade em grande estilo, realizada no Tatersal do Parque de Exposições Agropecuárias de Parauapebas e promovida pela Associação dos Moradores Nascidos e Criados em Parauapebas (AMONPA).

Após o cerimonial da festa, as debutantes e público presente curtiram um bonito baile que foi comandado pela Banda Star, tocando vários clássicos que não deixaram ninguém parado.

A festa contou com a presença de autoridades, profissionais de imprensa e familiares das debutantes que compartilharam com elas este momento lindo que com certeza ficará na memória de todas.

 

Por: Francesco Costa 

Ingrid Laiane Silva Pereira está desaparecida desde terça-feira, 17, quando, de acordo com informações de amigos de escola se despediu de todos na porta da Escola Paulo Fonteles e disse que viria para Parauapebas.

Portanto seus pais, Francisco das Chagas Silva Pereira e Edna Fátima da Silva, dizem que não tinham conhecimento de nenhuma viagem da filha que tinha bom comportamento em casa de onde não demonstrava nenhum desejo de sair.

As únicas informações deixadas é que entrou em um carro de cor verde dirigido por um homem moreno acompanhado de uma mulher loira. Ingrid Laiane usava blusa branca, calça e botas pretas.  

Os familiares estão preocupados e procuram pela jovem que tem apenas 18 anos.

Seus pais moram na localidade conhecida como “Santa Cruz” via de acesso ao Salobo, onde tem um restaurante. Informações do paradeiro de Ingrid Laiane Silva Pereira devem serem passadas pelos celulares: 94-99108-2297 / 99141-7835 / 99666-8346.

 

Por: Francesco Costa 

Para Schellbe Cardoso compensou todo o esforço e dedicação aos treinos, pois o resultado dos caratecas foi, em sua opinião, melhor do que o esperado. “Conseguimos uma brilhante participação, pois esperávamos um número de até 20 medalhas e formos surpreendidos com um número maior”, conta feliz o coordenador da Associação Kimê de Karatê Interestilo, Schellbe Cardoso.

Trata-se do Campeonato Brasileiro de Karatê Interestilo ocorrido em Indaiatuba, São Paulo, no período de 13 a 15 deste mês, novembro, de onde os 41 atletas de Parauapebas trouxeram 26 medalhas sendo: 6 de ouro, 10 de prata e 10 de bronze.

Esta não é a primeira vez que atletas de Parauapebas saem em busca de medalhas, mas por diversas vezes trouxeram importantes títulos de campeonatos nacionais e até internacionais. Já neste ano competiram no Zonal Norte e Nordeste, ocorrido em maio na Bahia; do Campeonato Panamericano, na Argentina, de onde trouxeram excelente resultado.

De acordo com o informado por Schellbe, o Campeonato Brasileiro não deu aos atletas apenas medalhas, mas ali foram ranqueados para participar do Campeonato Sulamericano que ocorrerá no Uruguai além do Campeonato Mundial que será na Irlanda. “Já temos garantidas sete participações no campeonato mundial, mas ainda teremos chances de classificar mais atletas o que aumenta nossas chances de trazer medalhas do mundial”, planeja Schellbe, mensurando que deverão ir pelo menos 25 atletas para aquela competição.

Para o Sulamericano, que ocorrerá no Uruguai, Schellbe diz ter a expetativa de levar aproximados 50 competidores e conta que os preparativos para esse embate já iniciam tão logo os atletas descansem da viagem que terminou hoje.

Todos os atletas que participaram do campeonato brasileiro e devem participar do Sulamericao e Mundial, respectivamente, fazem parte do projeto que é desenvolvido gratuitamente na escola pública; tendo como critério de seleção que este tenha boas notas e bom comportamento tanto em casa quanto na escola.

 

Por: Francesco Costa 

Desde a manhã de sexta-feira, 13, servidores da SEMURB (Secretaria Municipal de Urbanismo), estão fazendo suas primeiras movimentações para a instalação da iluminação natalina.

A equipe prepara os ipês do canteiro central das ruas E F e PA 275 que todos os anos recebem a iluminação natalina e agora já está instalando também na Avenida F, no bairro Beira Rio.

A iluminação natalina teve orçamento aprovado na Câmara Municipal e levará R$ 1,5 milhão dos cofres públicos. Montante considerado injustificável por boa parte da população e de vereadores de oposição.

Porém, de acordo com a SEMURB valerá a pena, pois trata-se de material de qualidade e com design criativo.

A iluminação natalina este ano, a exemplo dos anteriores, contemplará as principais avenidas de diversos Bairros, mas se destacará mais no canteiro central das Ruas E é F, Ruas Do Comércio, 14; além dos prédios públicos, com destaque da Prefeitura Municipal que também serão decorados com a "luz natalina".

 

Por: Francesco Costa 

Ingrid Laiane Silva Pereira está desaparecida desde terça-feira, 17, quando, de acordo com informações de amigos de escola se despediu de todos na porta da Escola Paulo Fonteles e disse que viria para Parauapebas.

Portanto seus pais, Francisco das Chagas Silva Pereira e Edna Fátima da Silva, dizem que não tinham conhecimento de nenhuma viagem da filha que tinha bom comportamento em casa de onde não demonstrava nenhum desejo de sair.

As únicas informações deixadas é que entrou em um carro de cor verde dirigido por um homem moreno acompanhado de uma mulher loira. Ingrid Laiane usava blusa branca, calça e botas pretas.  

Os familiares estão preocupados e procuram pela jovem que tem apenas 18 anos.

Seus pais moram na localidade conhecida como “Santa Cruz” via de acesso ao Salobo, onde tem um restaurante. Informações do paradeiro de Ingrid Laiane Silva Pereira devem serem passadas pelos celulares: 94-99108-2297 / 99141-7835 / 99666-8346.

 

Por: Francesco Costa 

O prefeito Valmir Mariano deu as boas-vindas aos pacientes, apresentando a eles os equipamentos. “O que vocês estão vendo é um grande avanço. Porque a hemodiálise é uma das grandes preocupações deste governo. Os equipamentos são de fabricação alemã, é o que tem de melhor no mundo. Estamos trabalhando arduamente para que daqui a três meses estejam funcionando”, explicou o gestor municipal, na manhã desta terça-feira, 10, quando apresentou o espaço de hemodiálise do novo hospital municipal e o andamento da instalação dos equipamentos aos pacientes do município que fazem o tratamento em Marabá.

Para o prefeito Valmir Mariano, a grande preocupação do Governo Municipal é eliminar a dificuldade dos pacientes. “O transtorno é muito grande para quem faz hemodiálise. O desconforto, nas viagens para Marabá, correndo risco de acidente, é quase desumano. Nós vamos começar a abertura desse hospital futuramente, mas nós estamos dando uma prioridade toda especial a esse centro de hemodiálise que realmente é uma grande necessidade dos nossos pacientes”, informou.

Estiveram também na visita, o vereador Bruno Soares, líder do governo na Câmara, o Conselho Municipal de Saúde, secretários municipais e servidores do hospital.

Sobre o evento - Cerca de 20 pessoas participaram da visita, entre pacientes e familiares, como a dona Francisca Rodrigues, que é esposa do senhor Manoel da Silva, de 60, que faz tratamento de hemodiálise há 5 anos. “Meu esposo tem lesão no cérebro e muitas dificuldades. Essa viagem é muito cansativa, tanto para o paciente que já está debilitado devido ao problema da enfermidade quanto para o acompanhante, como é o meu caso, que também não tenho uma boa saúde, mas estou lutando ao lado dele e indo para Marabá. Com a hemodiálise aqui vai ficar muito mais fácil, eu nem vejo a hora”, disse Francisca, entusiasmada.

A paciente Cléa Ribeiro Santos, de 66 anos, também aprovou a visita. “Estou na maior expectativa que inicie o mais rápido possível, para que possamos ficar na cidade, mais perto de casa; com certeza, o tratamento aqui vai oferecer mais bem-estar, já que a viagem em si é muito desgastante”, declarou.

Quando estiver em funcionamento, o centro de hemodiálise do novo hospital terá capacidade para atender 30 pacientes por dia.

 

Por: Francesco Costa 

Por indicação do vereador Bruno Leonardo Soares, a Câmara Municipal de Parauapebas conferiu comenda de Cidadão Honorário a Francisco Canindé Dantas.

Ele tem relevantes serviços prestados à esta cidade onde mora  há 25 anos e contribuiu como sindicalista para a defesa da maior força existente em uma construção: O TRABALHADOR.

Francisco Canindé é natural do Ceará e iniciou sua luta pela categoria da construção civil em 1989 quando iniciou sua primeira gestão como presidente do Sinticlepemp-Sindicato dos trabalhadores na indústria da construção civil leve e pesada e do mobiliário de Parauapebas. Suas reeleições foram sucessivas três vezes só deixando o posto este ano, 2015.

A entrega foi feita em Sessão Solene realizada na quarta-feira, 14, quando o vereador Bruno Soares entregou ao agraciado a Comenda. “Temos que honrar aqueles que muito fizeram para nosso município. E no caso de Francisco Canindé foi a construção no mais pleno sentido da palavra, pois defendeu e ainda defende os trabalhadores da área de construção civil”, explicou Bruno, assegurando ser Canindé homem de boa índole do qual nada se diz que desabone sua conduta.

Francisco Canindé é um homem de poucas palavras e de jeito tímido e simples, mas em seu discurso afirmou que não fez nada pensando em reconhecimento público, mas tão somente no bem do trabalhador. “Nunca imaginei que um dia seria condecorado na Câmara Municipal nem que meu trabalho fosse de tal relevância para quem não seja da categoria. Mas sou grato pelo reconhecimento”, encerrou Francisco Canindé.

 

Por: Francesco Costa

Página 1 de 10
Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.galpogk-is-100.jpglink