Carajas o Jornal

Carajas o Jornal

Após o vereador Josivaldo da Farmácia indicar ao poder legislativo de Parauapebas na sessão ordinária do dia, 6, que o Governo Municipal pudesse seguir as novas orientações técnicas de vacinação do grupo prioritário “Trabalhadores da Saúde” da Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19, incluindo as 14 categorias de profissionais de saúde na prioridade de vacinação, juntamente com a categoria dos odontólogos e farmacêuticos, o Deputado Dirceu apresentou a mesma indicação na Assembleia Legislativa de Belém. Os mesmos realizarão uma live juntos hoje em suas redes socias que ocorrerá as 20h onde serão os mediadores, para tratarem do tema “Farmacêuticos e Odontólogos nos Grupos Prioritários de Vacinação”.

A live contará ainda com a presença dos seguintes debatedores: Nilton Neves Deputado Estadual; Walter Jorge João Presidente do Conselho Federal de Farmácia; Patrick Cruz Conselheiro Regional do Conselho Regional de Farmácia; Jorgete Carneiro Membra do Grupo de Trabalhos do Conselho Federal de Farmácia; Flávia Garcez Conselheira Federal Suplente do CFF e juntamente com do Dr. Marcos (Associação dos Dentistas de Parauapebas e Região).

É uma classe que além de estar em contato com o público está também exposta a doentes, assim como os profissionais de saúde nas unidades de atendimento e por estarem em contato a situação semelhantes as dos outros profissionais de saúde merecem tal atenção”.

Em entrevista o Vereador Josivaldo da Farmácia, falou sobre a importância da iniciativa. “Trata-se de uma classe que além de estar em contato com o público mesmo em períodos de lockdown, está também exposta a doentes, assim como os profissionais de saúde nas unidades de atendimento e por estarem em contato a situação semelhantes as dos outros profissionais de saúde merecem tal atenção”.

O Deputado Dirceu será um dos mediadores da live de hoje que tem como tema “Farmacêuticos e Odontólogos nos Grupos Prioritários de Vacinação”  

 

Fonte: Redação 

Aguente firme, suas ações ajudam no combate à pandemia. Na quarta-feira, 14 de abril, infelizmente registramos a perda de uma vida e notificamos 144 novos casos de Covid-19.

A taxa geral de ocupação de leitos baixou para 76% em função da abertura de novas vagas na rede particular.

  • Leitos de enfermaria SUS: 90%;
  • Ocupação de UTI SUS: 93%;
  • Taxa de ocupação de enfermarias particulares: 57%;
  • Ocupação de UTI particular: 100%.

Faça seu exame nas Unidades Básicas de Saúde polo: Minérios, Liberdade, Cidade Nova e VS10.

Histórico de óbito:

14/04

- Homem de 60 anos, com HAS (Hospital Geral de Parauapebas).

Histórico de pacientes:

1          .           Homem          de       56       anos.  Internado.     PCR

2          .           Mulher           de       59       anos.  Internada.     PCR

3          .           Mulher           de       36       anos.  Internada.     PCR

4          .           Homem          de       33       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

5          .           Mulher           de       26       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

6          .           Homem          de       36       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

7          .           Homem          de       19       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

8          .           Mulher           de       39       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

9          .           Homem          de       24       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

10       .           Homem          de       45       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

11       .           Homem          de       53       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

12       .           Homem          de       45       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

13       .           Homem          de       30       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

14       .           Homem          de       50       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

15       .           Mulher           de       29       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

16       .           Mulher           de       29       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

17       .           Homem          de       44       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

18       .           Homem          de       38       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

19       .           Homem          de       41       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

20       .           Mulher           de       30       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

21       .           Homem          de       25       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

22       .           Mulher           de       28       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

23       .           Homem          de       20       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

24       .           Homem          de       24       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

25       .           Homem          de       22       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

26       .           Homem          de       44       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

27       .           Homem          de       60       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

28       .           Homem          de       43       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

29       .           Mulher           de       37       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

30       .           Mulher           de       33       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

31       .           Homem          de       22       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

32       .           Mulher           de       42       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

33       .           Homem          de       47       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

34       .           Homem          de       66       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

35       .           Mulher           de       27       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

36       .           Mulher           de       35       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

37       .           Homem          de       39       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

38       .           Homem          de       62       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

39       .           Homem          de       43       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

40       .           Mulher           de       47       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

41       .           Homem          de       58       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

42       .           Homem          de       45       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

43       .           Mulher           de       43       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

44       .           Homem          de       35       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

45       .           Mulher           de       55       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

46       .           Mulher           de       60       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

47       .           Mulher           de       65       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

48       .           Homem          de       45       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

49       .           Mulher           de       41       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

50       .           Homem          de       51       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

51       .           Homem          de       36       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

52       .           Mulher           de       26       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

53       .           Mulher           de       29       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

54       .           Homem          de       43       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

55       .           Mulher           de       35       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

56       .           Mulher           de       20       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

57       .           Homem          de       27       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

58       .           Mulher           de       16       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

59       .           Mulher           de       37       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

60       .           Mulher           de       39       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

61       .           Homem          de       18       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

62       .           Homem          de       42       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

63       .           Homem          de       56       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

64       .           Homem          de       25       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

65       .           Homem          de       56       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

66       .           Homem          de       39       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

67       .           Homem          de       45       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

68       .           Mulher           de       60       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

69       .           Mulher           de       20       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

70       .           Mulher           de       39       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

71       .           Mulher           de       17       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

72       .           Mulher           de       41       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

73       .           Mulher           de       47       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

74       .           Homem          de       32       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

75       .           Mulher           de       43       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

76       .           Homem          de       24       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

77       .           Mulher           de       32       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

78       .           Mulher           de       38       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

79       .           Mulher           de       37       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

80       .           Mulher           de       22       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

81       .           Homem          de       22       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

82       .           Homem          de       38       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

83       .           Mulher           de       60       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

84       .           Homem          de       23       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

85       .           Homem          de       35       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

86       .           Homem          de       40       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

87       .           Homem          de       29       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

88       .           Homem          de       34       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

89       .           Mulher           de       13       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

90       .           Homem          de       49       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

91       .           Homem          de       33       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

92       .           Homem          de       39       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

93       .           Mulher           de       59       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

94       .           Mulher           de       36       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

95       .           Homem          de       57       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

96       .           Mulher           de       32       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

97       .           Homem          de       56       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

98       .           Criança         de       04       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

99       .           Homem          de       36       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

100     .           Mulher           de       25       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

101     .           Mulher           de       31       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

102     .           Homem          de       36       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

103     .           Homem          de       38       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

104     .           Homem          de       30       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

105     .           Mulher           de       39       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

106     .           Mulher           de       34       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

107     .           Homem          de       39       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

108     .           Homem          de       35       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

109     .           Mulher           de       55       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

110     .           Homem          de       27       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

111     .           Homem          de       22       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

112     .           Homem          de       24       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

113     .           Homem          de       37       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

114     .           Homem          de       53       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

115     .           Homem          de       37       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

116     .           Homem          de       35       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

117     .           Homem          de       18       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

118     .           Homem          de       55       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

119     .           Homem          de       29       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

120     .           Homem          de       30       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

121     .           Homem          de       30       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

122     .           Homem          de       41       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

123     .           Homem          de       31       anos.  Isolamento domiciliar.        PCR

124     .           Homem          de       43       anos.  Isolamento domiciliar.        TR

125     .           Homem          de       20       anos.  Isolamento domiciliar.        TR

126     .           Homem          de       38       anos.  Isolamento domiciliar.        TR

127     .           Mulher           de       34       anos.  Isolamento domiciliar.        TR

128     .           Mulher           de       38       anos.  Isolamento domiciliar.        TR

129     .           Homem          de       28       anos.  Isolamento domiciliar.        TR

130     .           Homem          de       23       anos.  Isolamento domiciliar.        TR

131     .           Homem          de       50       anos.  Isolamento domiciliar.        TR

132     .           Mulher           de       44       anos.  Isolamento domiciliar.        TR

133     .           Homem          de       21       anos.  Isolamento domiciliar.        TR

134     .           Homem          de       39       anos.  Isolamento domiciliar.        TR

135     .           Homem          de       37       anos.  Isolamento domiciliar.        TR

136     .           Homem          de       44       anos.  Isolamento domiciliar.        TR

137     .           Homem          de       21       anos.  Isolamento domiciliar.        TR

138     .           Homem          de       51       anos.  Isolamento domiciliar.        TR

139     .           Mulher           de       32       anos.  Isolamento domiciliar.        TR

140     .           Homem          de       27       anos.  Isolamento domiciliar.        TR

141     .           Homem          de       44       anos.  Isolamento domiciliar.        TR

142     .           Mulher           de       45       anos.  Isolamento domiciliar.        TR

143     .           Homem          de       49       anos.  Isolamento domiciliar.        TR

144     .           Homem          de       42       anos.  Isolamento domiciliar.        TR

A  Cooperativa dos Artesãos da Região de Carajás -Mulheres de Barro, CNPJ 18.816.035/0001-69, NIRE 15400017221, com sede na Alameda Castelo Branco S\N, Quadra 187, Lote 107, Sala B, Bairro Rio Verde, CONVOCA os 20 cooperados em dia com suas obrigações sociais e em condições de votar, para a realização de Assembleia Geral Extraordinária, Modalidade Digital no dia 30/04/2021, que acontecerá na sede da Cooperativa e por meio da plataforma MICROSOFT TEAMS pelo link

http://bit.ly/AGO_MULHERES_DE_BARRO.

Na condição presencial será respeitado a limitação de participantes conforme Decreto Estadual e Municipal, em primeira convocação às 13h00 com a presença de 2/3 (dois terços) do número de cooperados em dia com suas obrigações sociais, em segunda convocação às 14h00 com a presença de metade mais 1 (um) do número de cooperados em dia com suas obrigações sociais e em terceira e última convocação às 15h00 com a presença de no mínimo 10 cooperados em dia com suas obrigações sociais.

 

Confira o edital em anexo no topo da página:

Na manhã desta quarta-feira, 14, foi realizada a 9° Ordinária da 1° Sessão Legislativa da 9° Legislatura, onde a mesma foi transmitida através de uma live, a presença do público não foi autorizada para manter a prevenção contra o vírus da Covid-19 e assim evitar a aglomeração.

Os vereadores apresentaram suas indicações à casa para que a mesma votasse contra ou a favor, a mesa diretora estava composta pelo Presidente Ivanaldo Braz; Vice-presidente Josemir Silva; Primeiro-Secretário Rafael Ribeiro e o Segundo-Secretário Zacarias Marques.

Visando a necessidade diária de locomoção fiz essa indicação pensando na qualidade de vida dos moradores do município

O vereador Josivaldo da Farmácia em entrevista falou sobre sua indicação ao poder legislativo. Hoje indiquei ao executivo municipal que realize licitação para exploração do serviço de transporte coletivo de passageiros no âmbito do município de Parauapebas. Visando a necessidade diária de locomoção fiz essa indicação pensando na qualidade de vida dos moradores do município.

 

 

Fonte: Redação 

A família de Raimundo Pinto, o homem do Sapato Branco, confirmou que o mesmo veio a óbito as 11h30h dessa manhã de quarta-feira, 14, vítima de um ataque cardíaco em Belém, onde estava internado fazendo tratamento.

Pinto fazia tratamento em Belém de hemodiálise estava se recuperando, mas na terça-feira, 13, desmaiou e foi  levado para o hospital, e exames mostraram que seu coração estava muito grande e também apresentava uma infecção renal.

Sindima Pinto, informou ainda que ainda se sabe se o enterro será em Belém e em Parauapebas, mas que informará aos amigos, assim que a família decidir.

Pinto era presidente do Grêmio recreativo Mocidade Independente do Primavera e um dos percussores do samba em Parauapebas, Pinto fez história na cultura e deixa seu legado.

 

 

 

O estado de saúde do ator  Paulo Gustavo continua crítico e ele segue intubado na UTI de um hospital na Zona Sul do Rio. Nesta terça-feira (13), faz um mês que o humorista foi internado em decorrência da COVID-19 . Durante este período, o quadro clínico do artista apresentou altos e baixos e ele foi submetido a diferentes tipos de tratamento.

Internação

A hospitalização de Paulo Gustavo foi divulgada por sua assessoria  de imprensa no dia 15 de março e pegou os fãs de surpresa. Dois dias antes, ele compartilhou uma mensagem de feliz aniversário para o marido nas redes sociais, sem mencionar qualquer problema de saúde. Seguindo orientação médica, ele procurou assistência para acompanhar a evolução de seu quadro clínico. Na ocasião, não foram divulgados maiores detalhes sobre o estado do ator. Nas redes sociais, seu marido, Thales Bretas , afirmou que o ator melhorava a cada dia e agradeceu a artistas e fãs pelas mensagens de carinho.

Intubação

No dia 21 de março, oito dias após sua internação, o ator foi intubado, por precaução, após sentir certa dificuldade para respirar. O objetivo foi evitar uma piora mais grave e tratar de forma mais segura a Covid-19. Nas redes sociais, Thales falou sobre o estado de saúde do marido e explicou que o procedimento era "mais um passo na cura da infecção pelo COVID-19".

"Foi sedado e intubado para que a cura consiga se estabelecer nos seus pulmões sem cansá-lo tanto com a falta de ar que o incomodava. Estou calmo, confiante e tenho certeza de que será um passo importante pra melhora completa do nosso guerreiro!!! Ele que é jovem, saudável, sem comorbidades e supercuidadoso, está passando por isso", disse o dermatologista.

Sinais de melhora

O estado de saúde do ator  Paulo Gustavo continua crítico e ele segue intubado na UTI de um hospital na Zona Sul do Rio. Nesta terça-feira (13), faz um mês que o humorista foi internado em decorrência da COVID-19 . Durante este período, o quadro clínico do artista apresentou altos e baixos e ele foi submetido a diferentes tipos de tratamento.

Internação

A hospitalização de Paulo Gustavo foi divulgada por sua assessoria  de imprensa no dia 15 de março e pegou os fãs de surpresa. Dois dias antes, ele compartilhou uma mensagem de feliz aniversário para o marido nas redes sociais, sem mencionar qualquer problema de saúde. Seguindo orientação médica, ele procurou assistência para acompanhar a evolução de seu quadro clínico. Na ocasião, não foram divulgados maiores detalhes sobre o estado do ator. Nas redes sociais, seu marido, Thales Bretas , afirmou que o ator melhorava a cada dia e agradeceu a artistas e fãs pelas mensagens de carinho.

Sinais de melhora

''Nesse momento em que todo o planeta está tão triste, precisamos alavancar e elevar nossa fé! Nosso amigo Paulo Gustavo, está enfrentando uma árdua e dolorosa luta! Por isso, nesse domingo de Páscoa, abençoado, vamos unir nossa fé, com muita força e energia, às 18 horas, um horário muito forte num dia muito especial! Cada um com sua fé, religião, crença, mas principalmente muita energia! '', escreveu Júlio no Instagram.

Já no dia 3 de abril,  Thales Bretas postou uma foto 'idoso' com Paulo Gustavo, indicando que acreditava que os dois ainda irão envelhecer juntos.

"Eu falei que vamos ficar velhinhos juntos!!!", afirmou ele na postagem, feita na noite de sábado, dia 3. "E assim que vamos comemorar nossas bodas de ouro! Tenho certeza!!! Essa fase vai passar!!! E nós vamos ter mais essa história de superação pra contar, juntos! Só nos fortalece", disse Thales, que também fez um apelo aos fãs e pediu para que não acreditassem em fake news sobre uma suposta morte do marido.

Pleuroscopia e doação de sangue

No dia 3 de abril, Paulo Gustavo passou por uma pleuroscopia, procedimento que serve para a equipe médica ter uma melhor compreensão da situação dos pulmões do paciente. Nela, foi identificada uma fístula bronco-pleural, que impedia a adequada ventilação mecânica, tendo sido imediatamente corrigida.

Fístulas broncopleurais representam uma comunicação anormal entre os brônquios e a pleura, membrana que reveste os pulmões, o que ocasiona uma passagem de ar incorreta no organismo.

Em linguagem resumida, quando há a detecção de uma fístula bronco-pleural significa que foi identificado, no paciente, um vazamento de ar dos brônquios para a pleura, local no corpo onde não deve haver ar.

Nos dias 4 e 9 de abril, ele foi submetido à toracoscopia, procedimento para correção dos problemas apresentados. Neste intervalo de tempo, Paulo Gustavo precisou realizar transfusões de sangue e seu marido pediu aos fãs e amigos que ajudassem a abastecer os bancos de sangue com doações em nome do ator. Diversos famosos aderiram à campanha, como as atrizes Claudia Raia e Monique Alfradique .

Estado crítico

O último boletim médico sobre o estado de saúde de Paulo Gustavo foi divulgado no último domingo (11), e dizia que o quadro do ator havia piorado, indicando complicações pulmonares e hemorrágicas. Através das redes sociais, Thales Bretas afirmou que o caso de Paulo era muito difícil, mas que acredita na melhora do marido.

"O quadro clínico do meu amor está difícil, mas para ele nada é impossível, e nem pra Ele, nosso Deus, e essa dupla poderosa vai trazer ele de volta pra casa".

Diante da situação grave do ator, artistas e fãs se uniram em uma corrente de oração por sua melhora. Tatá Werneck postou uma foto com o humorista, pedindo por sua recuperação:

"Hoje é dia de Vitória! Hoje é dia de cura! Para o Paulo Gustavo. Para todos que precisam. Senhor, meu amor pelo senhor é tremendo! É inabalável! Paulo com os filhos no colo, em sua casa, com sua mãe, sua irmã, seu marido, sua amiga fiel e todos nós vibrando sua vitória e seu milagre! Esse é meu final de copa do mundo! Está chegando esse dia", compartilhou a atriz.

Além dela, outros artistas como Marcos Veras, Ingrid Guimarães, Maria Flor, Leandro Hassum e Débora Nascimento se manifestaram na postagem em prol da superação do ator.

 

Fonte: Por Agência O Globo 

A vítima Ana Thaís Oliveira da Silva de 21 anos de idade, natural de São Domingos do Araguaia, (PA), mãe de três filhos foi executada com vários tiros de pistola 38, na noite de sábado 10/04, na frente dos filhos, no interior de sua residência, localizada no bairro Alto Boa Vista.

Informações que estão sendo investigadas pelo Departamento de Homicídio da 20° Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, levantou a hipótese de que a execução da mãe de família esteve relacionada ao assassinato do eletricista Cleiton Moreira Rodrigues, de 30 anos morto com um golpe provavelmente de madeira na cabeça. O corpo do mesmo foi encontrado por populares na esquina da casa de Ana Thaís, ele pode ter sido morto na madrugada de sexta-feira 09, para o sábado 10.

Cleiton era natural de São Mateus (MA), e trabalhava de eletricista em uma empresa em Parauapebas, quando foi encontrado o mesmo estava na sarjeta no meio fio, horas mais tarde, Ana Thais, moradora da esquina da rua onde o corpo de Cleiton Moreira foi encontrado também foi morta.  Um morador que por medo pediu para não ser identificado relatou, que era por volta das 20h quando foi observado um veículo escuro e um indivíduo saindo do mesmo e se dirigindo até a casa de Ana Thais que se encontrava na sala dando o jantar de seus três filhos.

Onde a vítima caiu morta, havia um prato com a comida que a mesma colocava na boca dos filhos, a polícia local não deu muitas informações

Ainda segundo informações após efetuar quatro tiros na porta e a arrombando em seguida o pistoleiro invadiu a casa matando Ana Thais na frente das crianças. A filha mais velha da vítima de seis anos de idade, correu até a casa de uma vizinha falando que um homem tinha acabado de matar sua mãe.

Sobre uma mesa no quanto da sala próximo a tv, onde a vítima caiu morta, havia um prato com a comida que a mesma colocava na boca dos filhos, a polícia local não deu muitas informações. Porém existe a hipótese que Ana Thais pode ter sido morta por represália por ter falado com a polícia sobre o que viu e ouviu na madrugada quando Cleiton Moreira fora morto.

Outra informação é que a Thais Oliveira tinha passagem pela polícia em sua cidade natal, quando era adolescente, porém, as duas mortes estão em grande mistério. O marido da vítima disse para a polícia que estava para igreja que fica a duas quadras de casa e que sua esposa, havia ficado em casa dando comida para seus filhos, e logo que terminasse iria também para a igreja onde participaria de um sorteio.

Em um relatório da guarnição da PM que esteve no local, consta que a viatura foi acionada pelo Centro de Controle Operacional (CCO), para averiguar a informação de um homicídio tendo como vítima uma mulher, que havia acabado de ocorrer no bairro Alto Boa Vista, praticamente no mesmo local onde mais cedo havia ocorrido outra morte, com a diferença que a mulher foi executada dentro de casa. Com base na solicitação a VTR se deslocou para o logradouro onde confirmou a veracidade dos fatos, encontrando o corpo de uma mulher no local com várias marcas de tiros.

Na porta da casa da vítima também haviam outras 4 perfurações de tiros. Cerca de 9 capsulas de 38 foram recolhidas pela polícia dentro da casa da vítima e na rua.  Após levantamento de praxe realizado pela Polícia Civil e Militar, o IML realizou a remoção do corpo. Caso alguém saiba de alguma informação sobre o caso e queira ajudar a polícia a elucidar esses crimes, basta ligar para o disque denúncia 181, sua identidade será mantida no mais absoluto sigilo.

 

Fonte: Neide Folha

A empresa REIS EVENTOS E ALUGUEL DE EQUIPAMENTOS EIRELI CNPJ N° 17.398.537/0001-54 com sede na RUA KANINDE, SN QD.010 LOTE 019 LOJA 001 BAIRRO: PARQUE DOS CARAJAS   - PARAUAPEBAS – PA

Convoca a funcionária KALINE GOVEIA DE ARAUJO, a retornar ao trabalho no prazo de 48 horas a contar da data dessa publicação.

Ausente desde o dia 12 /03/ 2021.

E o seu não comparecimento ou a falta de justificativas implicará em rescisão contratual por abandono de Emprego, conforme o Artigo 482, Letra I, da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

 

 

Quem está concluindo o ensino médio em Parauapebas e já pensa em abrir um pequeno negócio terá neste mês uma ótima oportunidade para aprender os passos que levam ao empreendedorismo de sucesso.

Por meio da Secretaria Municipal da Juventude (Sejuv), a prefeitura fechou parceria com o Sebrae para realização do projeto “Passos para Empreender”, que irá oferecer 160 vagas voltadas principalmente para os jovens.

O lançamento será na próxima quarta-feira, 14, às 16 horas, de forma on-line, com participação do titular da Sejuv, Yuri Sobieski, e da gerente regional do Sebrae em Parauapebas, Ana Suzi Rego. Os interessados podem participar por meio do link http://bit.ly/passos-para-empreender.

Serão seis meses de curso a distância, mas com possibilidade de aulas presenciais em laboratório de informática, com os cuidados de prevenção exigidos em tempo de pandemia. “As aulas presenciais serão optativas e irão funcionar de segunda a quinta-feira, com cinco participantes por turmas, atendendo a todos os protocolos de segurança”, frisa Yuri Sobieski.

As turmas terão tutores para acompanhar os alunos, presencialmente, e formar grupos de whatsApp para acompanhar o andamento das atividades. As inscrições estão previstas para serem abertas no início da próxima semana em plataforma disponibilizada pelo Sebrae.

“O projeto é excelente e ocorrerá em forma de trilhas de empreendedorismo. Os jovens que participarem serão certificados a cada etapa. A ideia é despertar nossa juventude para o empreendedorismo”, diz o titular da Sejuv.

 

Texto: Hanny Amoras
Assessoria de Comunicação – Ascom/PMP

A partir de agora, os pais ou responsáveis pelos mais de 47 mil alunos da rede municipal de ensino de Parauapebas já podem acessar o link  disponível no site da prefeitura https://www.parauapebas.pa.gov.br e agendar o recebimento do novo cartão do programa Merenda em Casa.

O agendamento pode ser realizado a qualquer hora e de qualquer lugar, utilizando celular, tablet ou computador conectado a internet. Já os atendimentos começam a partir de quarta-feira, 14, de acordo com os dias e horários definidos.

Para realizar o agendamento, os pais ou responsáveis precisarão informar nome completo, CPF, endereço, e-mail e número de telefone. Ao informar estes dados já aparecerá o nome do aluno (com sua respectiva escola, série e turma). Para continuar clica na confirmação agendamento e escolhe do dia e horário, o que gerará o comprovante, que deve ser apresentado no ato do recebimento, seja impresso ou no celular, junto com documento oficial com foto.

Os pais que possuem mais de um aluno matriculado na mesma escola poderão realizar o agendamento para receber todos os cartões de uma só vez. Eles devem comparecer no ato do recebimento utilizando máscara e portando a própria caneta.

NOVO VALOR DA RECARGA

Uma das novidades do novo cartão é o valor de recarga, que passa de R$ 50,00 para R$ 80,00. O crédito continuará sendo disponibilizado no inicio de cada mês, enquanto durar a suspensão das aulas em virtude da pandemia do novo coronavírus.  

Ele continua sendo destinado exclusivamente para a aquisição de gêneros alimentícios e contará com dezenas de estabelecimentos cadastrados para a aquisição dos alimentos, entre supermercado, açougues, padarias e lanchonetes. 

 

Texto: Messania Cardoso/ Semed

Assessoria de Comunicação/ PMP

Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink