UFC 260: antes de revanche com Ngannou, Miocic promete: "Não vai haver trilogia dessa vez"

UFC 260: antes de revanche com Ngannou, Miocic promete: "Não vai haver trilogia dessa vez" Foto: Getty Images

Desde julho de 2018, ou seja, há quase três anos, Stipe Miocic só teve diante de si um único adversário: Daniel Cormier. Foi uma trilogia que durou bastante tempo, e que terminou com duas vitórias do atual campeão peso-pesado (até 120kg). Neste sábado, no UFC 260, em Las Vegas, Miocic enfrentará mais um rival conhecido, o camaronês Francis Ngannou, mas dessa vez promete que não haverá um terceiro encontro.

- Não vai haver trilogia dessa vez porque vou ser o cara que vai sair com a mão erguida - disparou o americano de origem croata, em entrevista exclusiva ao Combate.

Miocic enfrentou Ngannou em janeiro de 2018, na luta que antecedeu a trilogia com DC, e venceu com domínio ao longo de cinco rounds, no UFC 220. Para este novo encontro, o americano acredita que terá um rival mais evoluído, mas lembra que ele também não parou no tempo.

- É como enfrentar alguém novo, porque seu adversário melhorou e você melhorou. Você trabalha nos seus pontos fracos, no que pode fazer diferente desde a última luta. Há vários aspectos diferentes. Ele definitivamente melhorou, mas também melhorei (...). Olho mais para o quanto ele mudou hoje, porque o soco dele é o mesmo, mas com certeza melhorou o jogo de chão e o jiu-jítsu. Também acho que ele tentou melhorar ainda mais os socos e a trocação, mas nada que não tenha visto antes. Acho que ele vai vir pronto, aprendeu a lição na nossa última luta, vamos descobrir. Mas ouça, não vou a lugar nenhum. Ele vai descobrir muito rápido que eu não vou cair em dois minutos.

No primeiro “reinado” de Miocic, ele defendeu o cinturão três vezes seguidas e bateu o recorde da categoria no quesito. Vindo de defesa contra DC, ele tenta iniciar um novo reinado emendando duas defesas seguidas.

- Tem sido ótimo, eu só queria que não tivesse perdido o título da primeira vez (risos), mas essas coisas acontecem e isso me fez um lutador e uma pessoa melhor. Acho que nada mudou, continuo melhorando sempre, sou como vinho: quanto mais velho melhor. Adoro quebrar recordes e por que não bater o meu próprio recorde de defesas?

Morador de Cleveland, no estado americano de Ohio, Miocic garantiu que a pandemia da Covid-19 não afetou seu treinamento, e ressaltou que montou sua própria bolha em casa.

- Não afetou minha preparação porque treino em casa metade do tempo, e foi a melhor coisa que fiz. Acho que muitos treinadores gostaram também porque não precisavam se preocupar com outras pessoas. Parecia o clube do bolinha, nós passávamos o dia juntos, treinávamos, falávamos besteira. Mas treinamos também na academia, usando máscara e tudo.

Aos 38 anos e dono de um cartel com 20 vitórias e apenas três derrotas, Stipe Miocic pode colocar seu nome na história como o maior peso-pesado de todos os tempos no UFC. No entanto, ele acredita que seu maior legado será a criação dos filhos.

- Essa é uma pergunta que respondi muito hoje, sobre meu legado. É óbvio que quero ter um legado de peso no esporte, que as pessoas lembrem: ah, aquele cara era durão, Deus o abençoe. Mas o que mais penso é nos meus filhos, tenho mais um chegando e quero que eles saibam que sou uma boa pessoa. Prefiro ser lembrado como uma boa pessoa, me preocupo em ser gentil com todo mundo, em criá-los assim e a ensiná-los a merecer o que querem. Para ganhar alguma coisa, eles precisam conquistar. Quero que eles entendam que conquistar algo é sempre mais precioso do que ganhar algo de mão beijada. Claro que gosto de coisas gratuitas, mas quando falamos do meu trabalho, do cinturão, é preciso trabalhar muito para conquistar. Você não entra lá e recebe de presente - completou Miocic, pai de Mila, de 2 anos e meio, e de um menino que vai nascer este ano.

Serviço do UFC 260

Combate transmite o UFC 260 ao vivo e com exclusividade neste sábado a partir das 20h (horário de Brasília). O SporTV 3 e o Combate.com mostram o "Aquecimento Combate" e as duas primeiras lutas ao vivo no mesmo horário; o site acompanha todo o evento em Tempo Real.

UFC 260
27 de março de 2021, em Las Vegas (EUA)
CARD PRINCIPAL (23h, horário de Brasília):
Peso-pesado: Stipe Miocic x Francis Ngannou
Peso-meio-médio: Tyron Woodley x Vicente Luque
Peso-galo: Sean O'Malley x Thomas Almeida
Peso-mosca: Gillian Robertson x Miranda Maverick
Peso-leve: Jamie Mullarkey x Khama Worthy
CARD PRELIMINAR (20h, horário de Brasília):
Peso-meio-pesado: Alonzo Menifield x Fabio Cherant
Peso-meio-médio: Jared Gooden x Abubakar Nurmagomedov
Peso-meio-pesado: Modestas Bukauskas x Michal Oleksiejczuk
Peso-pena: Shane Young x Omar Morales
Peso-médio: Marc-André Barriault x Abu Azaitar

 

Fonte: Por Evelyn Rodrigues — Las Vegas, EUA

Avalie este item
(0 votos)