Imprimir esta página

Pai se engana e registra suas duas filhas com o mesmo nome

Ocorreu um fato curioso na cidade de Nova Lima, em Minas Gerais. O pai e escultor Armando Bianchetti, de 39 anos, foi ao cartório, dias após o nascimento de sua segunda filha para fazer a sua certidão de nascimento.
 
O problema foi quando Armando pegou a certidão de nascimento emitida pelo cartório e se deparou com erro, ele registrou sua filha recém-nascida com o mesmo nome que a filha mais velha.
 
Armando não satisfeito com apenas um erro, ao preencher a ficha do cartório colocou que sua filha nasceu em 2022. Sua esposa, Carol Christo, de 32 anos, registrou essa história em um tweet, a sua postagem viralizou e já possui mais de 21 mil curtidas.
 
Carol também fez um vídeo, no qual Armando tenta explicar como cometeu o erro e conta como ficou surpreso quando viu a certidão com o nome errado. “Íamos ter duas Ninas”, brincou o pai.
 
A filha caçula, Mia, nasceu no dia 17 de maio. De acordo com a mãe, Carol, devido à pandemia o cartório para os recém-nascidos localizado dentro do hospital estava fechado. Os pais teriam um prazo de quinze dias para registrar a criança e o pai foi o responsável por fazer essa tarefa faltando 5 dias para o término do período máximo.
 
Como ficou o nome da criança?
 
A Mia já está com seu nome devidamente registrado. Mesmo registrando a filha com o nome errado, foi possível fazer a alteração da certidão no sistema. Foram emitidos um novo CPF e uma certidão, agora com o nome correto.
 
 
 
Fonte: https://www.ultimasnoticiasdobrasil.com
Avalie este item
(0 votos)

Compartilhe na sua rede social...

Carajas o Jornal