Comercialização de produtos da agricultura familiar será fortalecida em Parauapebas Destaque

Comercialização de produtos da agricultura familiar será fortalecida em Parauapebas Foto: Arquivo Sempror

Solar Cultural da Terra Maria Firmino, Centro de Artesanato, Feira de Artes e Feirinha São Luís – considerada a maior feira de rua da capital do Maranhão. Esses foram alguns espaços que a equipe da Diretoria Técnica e Social da Secretaria Municipal de Produção Rural (Sempror) visitou no último final de semana. O objetivo da visita técnica foi adquirir informações para implementar iniciativas que melhorem a experiência dos produtores rurais, feirantes, consumidores locais e turistas que visitam as feiras de Parauapebas.

A equipe também participou de várias reuniões institucionais para entender como os setores públicos realizam a gestão compartilhada das feiras. Representantes da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (SEMAPA), Secretaria de Cultura, Secretaria de Estado de Agricultura Familiar do Maranhão e do Centro de Referência Estadual em Economia Solidária receberam a comitiva de Parauapebas e compartilharam como funciona a logística, processos de compra de produtos da agricultura familiar e iniciativas que fortalecem a comercialização desses produtos nas feiras municipais em todo estado do Maranhão.

“Ficamos lisonjeados com a visita e parabenizamos a iniciativa desta honrosa secretaria ao delegar essa missão à sua equipe técnica com o objetivo de adquirir conhecimentos das ações desenvolvidas em São Luís. Gestos como estes são louváveis, pois possibilitam o compartilhamento de experiências que estão dando certo e tendem a atender melhor o público, de forma comprometida e responsável”, disse o secretário-adjunto da SEMAPA, Dilmar Araújo.

A engenheira agrônoma e membro da Diretoria Técnico Social da Sempror, Sinara Albuquerque, coordenou a comitiva e fala quais serão os próximos passos. “Essa visita nos mostrou a importância da gestão compartilhada dos espaços públicos de comercialização. Agora vamos apresentar aos gestores da secretaria as ações que podem ser implementadas em Parauapebas. Após a avaliação deles faremos um projeto técnico com base nas propostas aprovadas”.

A coordenadora da Diretoria Técnico Social e secretária-adjunta da Sempror, Suely Guilherme, falou sobre a importância da ação: “Foi importante conhecer as experiências que tiveram êxito em São Luís, verificar o funcionamento das várias feiras itinerantes e atividades que vão desde atividades socioculturais à venda direta pelos produtores rurais. A ideia é implementar isso em Parauapebas, já que temos uma extensão rural com vários produtores que já comercializam seus produtos na Feira do Produtor e no shopping”.

 

Texto: Rayssa Pajeú

Assessoria de Comunicação – Ascom/PMP

Avalie este item
(0 votos)
Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/00.Novo_Projeto_-_2021-09-24T142218530gk-is-100.jpglink