Banco da Amazônia (Basa) disponibiliza mais R$ 8,6 bilhões para a Região Norte em 2022

 Os recursos são do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO) disponibilizados pelo Banco da Amazônia (Basa) para este ano
 
Mais de R$ 8,6 bilhões estão sendo disponibilizados pelo Banco da Amazônia (Basa) para a Região Norte por meio do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO). Essa previsão de valores está divulgada no site da instituição no Plano de Aplicação de Recursos do Fundo, documento publicado que apresenta o planejamento das contratações para o ano em exercício. Os R$ 8,6 bilhões estão disponíveis para todos os setores da economia, sendo R$ 2,5 bilhões para infraestrutura, R$ 1,5 bilhão para comércio e serviços, R$ 860 milhões para a agricultura familiar e os demais recursos para o agronegócio regional. A previsão para o Pará é de R$ 2,5 bilhões de recursos do FNO.
 
As novidades do Plano para este ano estão focadas na sustentabilidade da região com a ênfase em linhas verdes como Pecuária Verde e a flexibilização das linhas voltadas para a geração de energia solar para pessoas físicas.
 
Segundo o presidente do Basa, Valdecir Tose, neste ano o Banco continuará dando ênfase às linhas verdes como a pecuária verde, que é uma linha de crédito que vai contar com recursos próprios e do FNO. O presidente adiantou que neste ano o Banco vai flexibilizar as linhas de financiamento para produção de energia solar verde, voltadas para pessoas físicas. “Aquele que tem a sua casa na cidade ou na zona rural vai poder financiar com o FNO de uma forma muito mais rápida e simples. Até março, o Banco pretende financiar por meio de aplicativo”, informou.  
FNO Verde  
 
As linhas sustentáveis constantes no Plano de Aplicação de Recursos 2022 integram o conjunto do FNO Verde que disponibiliza linhas de crédito voltadas para inovações verdes como captação de água, certificações ambientais e utilização de energia renovável. No caso da agricultura, aqueles que fazem plantio direto, que fazem rotação de cultura, todos esses que atendem princípios legais, mais os adicionais de sustentabilidade.  
 
O Plano encontra-se em plena aderência às Diretrizes do Governo Federal e à legislação vigente, ao Plano Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR), ao Plano Regional de Desenvolvimento da Amazônia Legal (PRDA), e aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU).  
 
Recorde em contratações do FNO em 2021
 
O Basa fechou 2021 com um recorde histórico de contratações. De acordo com o presidente Valdecir Tose, foram mais de R$ 12,5 bilhões aplicados em toda a Região Norte com os recursos do FNO. “Do total aplicado, R$ 8 bi foram somente no setor do agronegócio, seja através de agroindústria, seja para os pequenos e médios produtores rurais. Cerca de R$ 2,5 milhões foram aplicados no setor de infraestrutura e o restante no setor de comércios e serviços”, comentou.
 
“Para 2022, teremos um volume menor de aplicação menor do que em 2021, porque o FNO está sendo aplicado acima do orçamento. Estávamos atuando em cima da disponibilidade do fundo dos anos anteriores que não tinham atingido as metas. Como neste ano, ultrapassamos a meta, em 2022, a expectativa é aplicar R$ 9,5 bilhões de FNO e com outros recursos, estimamos chegar a R$ 11 bi com recursos de fomento”, revelou.
 

O planejamento da aplicação dos recursos orçamentários do FNO para 2022 encontra-se no site www.bancoamazonia.com.br.

Avalie este item
(0 votos)
Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Novo_Projeto_-_2021-07-05T111350990gk-is-100.jpglink