Carajas o Jornal

Carajas o Jornal

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou no dia (12), em Brasília, a base de cálculo para a distribuição de tempo no horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão. O tempo é calculado conforme a representatividade dos partidos políticos na Câmara dos Deputados. 

De acordo com a tabela, o primeiro da lista é o União Brasil, com 81 deputados federais eleitos, seguido pela Federação Brasil da Esperança (Fe Brasil), composta pelo PT (Partido dos Trabalhadores), PCdoB (Partido Comunista do Brasil) e PV (Partido Verde), que possui 70; Partido Progressista (PP) com 38; Federação PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) - Cidadania com 37; PSD (Partido Social Democrático) (35); MDB (Movimento Democrático Brasileiro) (34) e PL (Partido Liberal) (33). Na última colocação estão Avante e PSC (Partido Social Cristão), ambos com sete deputados.       

Tempo de propaganda

Conforme a legislação eleitoral, 90% do tempo total de propaganda são distribuídos proporcionalmente pelo número de deputados. O restante (10%) é dividido igualitariamente. 

A portaria também traz a tabela de representatividade dos partidos para a realização de debates entre os candidatos. Nesse caso, o critério é a bancada no Congresso Nacional. 

A propaganda no rádio e na TV do primeiro turno começa no dia 26 de agosto e vai até 29 de setembro. 

O primeiro turno será no dia 2 de outubro, quando os eleitores irão às urnas para eleger o presidente da República, governadores, senadores, deputados federais, estaduais e distritais. Eventual segundo turno para a disputa presidencial e aos governos estaduais será em 30 de outubro. 

 

Edição: Kleber Sampaio

A brasileira Bia Haddad continua brilhando no WTA 1000 de Toronto (Canadá) e derrotou suíça Belinda Bencic, atual campeã da modalidade nos Jogos Olímpicos, por 2 sets a 1 (parciais de 2/6, 6/3 e 6/3), na noite de sexta-feira (12), para se classificar para as semifinais da competição.

“Desde a rodada inicial enfrento momentos difíceis em todos os jogos. O primeiro set foi especialmente duro. Hoje, quando entrei em quadra, iniciei errando muito, mas falei para mim mesma para continuar lutando, pois o jogo muda muito rápido”, falou a paulista de 26 anos sobre o seu triunfo de virada.

O próximo desafio da brasileira será a vencedora do duelo entre a tcheca Karolína Plíšková e a chinesa Qinwen Zheng.

A atual temporada tem sido especial para a paulista de 26 anos, que na última segunda (8) alcançou a 24ª posição do ranking da Associação Internacional de Tênis Feminino (WTA, sigla em inglês). Neste ano Bia faturou os dois principais títulos da carreira (os WTA 250 de Nottingham e Birmingham, ambos na Inglaterra), além de ser campeã no WTA 125 de Saint Malo (França). Já nas duplas a brasileira começou o ano levando o título no WTA 500 de Sidney (Austrália), ao lado da cazaque Anna Danilina. Em junho, além do título de simples levantou o troféu de duplas no WTA 250 de Nottingham, desta vez em parceria com a chinesa Shuai Zhang.

 

 

Edição: Fábio Lisboa

A Vale inicia neste mês, o primeiro pacote de obras do projeto da nova ponte sobre o rio Tocantins, em Marabá. O projeto vai contribuir com a mobilidade urbana do município e com a logística do transporte de minério e carga geral, como soja, milho e combustível. Nessa fase inicial serão realizados serviços preliminares de construção de canteiro, supressão vegetal e terraplanagem, atividades que antecedem a construção civil.

O projeto consiste na construção de duas novas pontes com 2,3 km de extensão cada uma, construídas ao lado da estrutura rodoferroviária atual. Uma ponte será exclusivamente rodoviária, o que irá desafogar o trânsito em Marabá e reforçar a ligação entre o sudeste do Pará e outros Estados. E outra ponte será ferroviária, a qual contribuirá com o aumento da capacidade da ferrovia Carajás.

O investimento total previsto é de R$ 4,1 bilhões. O prazo de construção da obra é de cinco anos. Nesta fase inicial, está planejada a contratação de cerca de 400 pessoas para o pico de obras em novembro deste ano. Já na etapa de construção civil, os trabalhos devem mobilizar cerca de 1.600 pessoas, o que deve ocorrer até o segundo ano das obras civis.

A contratação de mão de obra e fornecedores locais é prioridade definida pela Vale. Nesse sentido, foram iniciadas junto à empresa contratada para o empreendimento, a articulação com o Sistema Nacional de Emprego (Sine) e com a Associação Comercial de Marabá (Acim). O empreendimento vai  movimentar a economia local, promovendo  a geração de empregos, aumento da arrecadação de impostos ao município e ao Estado e o consequente desenvolvimento do município e região.

 

Fonte: Tami Kondo

Em dois anos de existência, o Programa Partilhar alcançou resultados importantes que têm reforçado o compromisso da Vale, junto com sua cadeia de suprimentos, com as comunidades onde atua. Criada pela Vale em 2020, a iniciativa gerou, por meio das empresas terceirizadas fornecedoras Vale que aderiram ao Programa, mais de seis mil empregos e novas oportunidades de negócios e cerca de R$ 89 milhões em compras locais nos estados do Maranhão, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pará e Mato Grosso do Sul. Neste período, foram mais de 100 fornecedores com iniciativas acordadas, por meio do Programa, durante os processos de contratação.

Somente neste primeiro semestre de 2022, foram fechados 35 contratos por meio da metodologia, na qual a Vale gera uma pontuação para os fornecedores de acordo com a contribuição social e econômica promovida nas localidades. Em seis meses, o volume de contratações foi de aproximadamente R$1,5 bilhão incluídos na iniciativa e uma massa salarial total de aproximadamente R$ 258,7 milhões.

Para Marco Braga, Diretor de Suprimentos da Vale, os últimos dois anos demonstram que o programa, de fato, agrega para fornecedores e comunidades. “Saber que apenas nesse período mais de 100 empresas ingressaram no programa e mais de seis mil empregos foram gerados para as populações locais é ter a certeza de que estamos no caminho certo. Isso é transformar o futuro e melhorar a vida das pessoas, juntos”, conta.

O Diretor de Investimento Social e Diretor-Presidente do Instituto Cultural Vale, Fundo Vale e Instituto Tecnológico Vale, Hugo Barreto, comemora os bons resultados do programa junto à cadeia de suprimentos: “É gratificante ver que em dois anos de Partilhar já conseguimos promover tantas ações sociais em prol das comunidades onde atuamos. Levar o desenvolvimento social para os territórios junto com nossos fornecedores é parte do propósito da Vale”, afirma.

Balanço 1º semestre de 2022: mais de 50 ações sociais voluntárias realizadas

Incentivar os fornecedores a investirem social e economicamente nas comunidades onde a Vale atua é um dos objetivos principais do Programa Partilhar. Nos últimos dois anos, foram mais de 80 iniciativas sociais voluntárias realizadas, alcançando a marca de R$ 3,87 milhões executados. Deste valor, R$ 2,86 milhões foi somente nos primeiros seis meses deste ano. 

Um dos exemplos é a parceria do fornecedor Keda com a Fundação Vale para colaborar com o programa Territórios em Rede, iniciativa da Fundação que promove ações de combate à evasão escolar entre crianças e adolescentes de 4 a 17 anos. A adolescente Raiane de Oliveira Oliveira, de 15 anos, é uma das beneficiadas pelo programa em Canaã dos Carajás, no sudeste do Pará. A jovem buscou o Territórios em Rede após ver o cartaz de divulgação na cidade e, hoje, está no primeiro ano do Ensino Médio: “Eu tenho muito a agradecer, eu já estava até triste, mas com esse projeto eu tenho a oportunidade de estar estudando, de ir para a escola todo os dias. Assim como esse projeto me ajudou, ele vai ajudar muitos e muitos jovens, eu estou muito feliz”, afirma Raiane.

É também em Canaã dos Carajás (PA), que a Construtora Barbosa Mello está promovendo o Avance, programa de educação e capacitação profissional para moradores do município. Os alunos podem escolher entre as áreas de carpintaria, almoxarifado, mecânica e lubrificador industrial, informática, corte e costura e motorista de caminhão basculante. Ao todo, 90 alunos já se formaram nos últimos seis meses e a expectativa é de que outros 45 se formem até o final deste ano. Para Noemia Correia, aluna de Almoxarifado, o curso fez a diferença para sua carreira: “foi muito importante e eu, como cidadã canaãnense, só tenho a agradecer pela oportunidade, pois pretendo exercer essa função e o curso é um diferencial no meu currículo”, afirma.

“A Barbosa Mello acredita na transformação através da educação o Programa de Capacitação Profissional Avance é uma forma de investir no desenvolvimento de pessoas. A ideia é capacitar e empregar cada vez mais a mão de obra local”, afirma Rodrigo Vilela, gerente de Contrato da Barbosa Mello.

Em fevereiro, a construtora Mascarenhas Barbosa Roscoe, em parceria com o Senai, realizou um curso de capacitação em Carpintaria de Obras para moradores de Itabirito e Ouro Preto (MG). Dos 17 alunos inscritos, doze alunos concluíram o curso com duração de 40 horas. Fabiane Marins, aluna do curso, já mexia com artesanato e achou interessante aprender um pouco mais sobre o ofício da carpintaria: “adorei muito, foi um grande aprendizado sobre carpintaria, aprender a mexer com madeira vai me ajudar demais nos meus processos artesanais”, afirma.

Ainda em Minas Gerais, a construtora SKIC Brasil – Sigdo Koppers tem implantado ações sociais em cada município onde realiza projetos para a Vale, como a “Congonhas Melhor”, que promoveu cursos gratuitos de capacitação para ampliar o conhecimento e a melhora da qualidade de vida de 130 alunos, moradores de Congonhas.

A SKIC também realizou, desta vez em Serra (ES), a iniciativa “Salas em Tecnologia”, na qual realizou a doação de 12 notebooks e uma mesa em formato de bancada para estimular o trabalho em equipe entre os jovens atendidos por instituições sociais dos municípios. Toda a infraestrutura permanece disponível para ser utilizada na melhoria da capacitação de crianças e adolescentes atendidos. Outro projeto realizado em Serra é o “Alavanca Educação”, que ajuda a combater a defasagem educacional de 160 crianças e jovens em vulnerabilidade social atendidos pela rede pública de ensino em matérias como português, matemática, inglês e conteúdos básicos de cidadania, além de contribuir no desenvolvimento de competências socioemocionais. Com duração de julho a novembro de 2022, a iniciativa contém quatro polos, todos em parceria com a Rede Aica, distribuídos nos bairros de Central Carapina, Novo Horizonte, Planalto Serrano e Ourimar.

“É de extrema importância para a SKIC Brasil atuar junto a clientes com os quais temos uma grande aderência de valores, como a Vale. O Programa Partilhar está totalmente alinhado aos nossos princípios e diretrizes de responsabilidade social corporativa, cujo objetivo é cuidar e impactar positivamente as vidas das pessoas nos locais onde atuamos”, afirma Robson Campos, CEO da SKIC Brasil. 

Metodologia própria e inovadora

Com o Programa Partilhar, além de analisar aspectos como preço e a capacidade técnica do fornecedor, compõe também a análise o Índice de Valor na Comunidade (IVC), indicador criado pela empresa que reflete a contribuição socioeconômica dos fornecedores para as comunidades. Uma pontuação alta no IVC representa um diferencial para o fornecedor nos processos de contratação.

A metodologia do IVC é baseada em critérios objetivos, com divulgação aos participantes de forma transparente.

Para conhecer mais detalhes sobre o Programa Partilhar, clique aqui.

 

 

Fonte: Nádia Farias - Relacionamento com a Imprensa Regional | Media Relations

Na manhã de sexta-feira, 12 de agosto, a Promotora de Violência doméstica e familiar contra a mulher, Francisca Paula Morais da Gama, participou do lançamento da 2ª Cartilha “Construindo caminhos de igualdade entre meninos e meninas”, realizada na E.E.F.M São Francisco, em Marabá.

A ação, promovida pela Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para a Mulher, vinculada à prefeitura do município, buscou implementar o projeto distribuindo cartilhas, trabalhando a consciência das crianças e dos pais e capacitando os professores.

Na ocasião, a promotora parabenizou os presentes, agradeceu a parceria e ressaltou a importância deste mês, marcado pela campanha “Agosto Lilás”, dedicada à conscientização pelo fim da violência contra a mulher.

Além das ações com estudantes, pais e professores, também foram realizadas diversas ações sociais, como atualização do CadÚnico, assessoramento jurídico, entre outros. O MPPA atuou na ação auxiliando nos casos de reconhecimento de paternidade que necessitavam de realização de exames de DNA.

 

PJ de Marabá, com edição da Ascom MPPA

A cantora e compositora Duda Beat volta a Palmas para apresentar o show da nova turnê, ‘On Tour’, no domingo, 14, no Ginásio Ayrton Senna, às 21 horas, no encerramento da Semana Municipal da Juventude, que também tem como atrações a Batalha de Rima, Dj Fran e a cantora Malusa.

Duda apresentará as músicas do disco ‘Te amo lá fora’, lançado em 2021, que inclui faixas como ‘Meu Pisêro’ e ‘Nem um pouquinho’, bem como os hits repaginados do primeiro álbum, ‘Sinto Muito’, como ‘Bixinho’ e ‘Bolo de rolo’, além das músicas mais aclamadas da cantora. O novo single, ‘Dar uma deitchada’, também deve marcar presença na nova apresentação. 

 

Espetáculo

A parte visual do espetáculo aposta no conceitual e traz uma narrativa mais sombria. A luz e a cenografia estão muito integradas com a parte musical nessa nova turnê. Além de viajar o Brasil todo com a turnê, a artista já apresentou o ‘Duda Beat On Tour’ na Europa, onde seis países puderam contemplar a nova fase da cantora. Duda Beat também se prepara para sua apresentação no Rock In Rio em setembro. 

 

Encerramento

Na programação de encerramento da Semana da Juventude consta ainda a Batalha de Rimas com premiação em dinheiro e troféus, tendo vencedores escolhidos pelo júri técnico formado por profissionais do hip hop. E ainda a apresentação da cantora Malusa, que também é compositora.  Residente em Palmas há cerca de 22 anos, a artista tem no seu repertório MPB, pop rock e samba rock, e atua em apresentações em bares, festas particulares, eventos corporativos, entre outros.

A Semana Municipal da Juventude de Palmas teve programação pautada em três eixos: empreendedorismo, políticas públicas e cultura. A proposta foi de despertar no jovem palmense o interesse por um desenvolvimento integral de suas potencialidades.

 

 

Fonte: Deni Rocha/ Edição: Lorena Karlla

As inscrições para a 1ª Mostra de Troca de Experiências em Amamentação e Cuidados foram prorrogadas e os interessados têm até o dia 18 de agosto. O evento é voltado para profissionais da saúde que atuam na rede pública.

No dia 22 deste mês, serão divulgados os trabalhos selecionados e o evento com a mostra destes trabalhos acontecerá no dia 25 das 8h às 12h e das 14h às 18h, no auditório da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma).

Para realizar sua inscrição clique no link abaixo:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSc4mQ6IfTBiboTp5QOfvOV_TrRfQpR_e4tDQOUvRr_4RZ-14A/viewform?usp=sf_link


Assessoria de Comunicação

Prefeitura de Parauapebas

Na última quinta-feira, 11, a prefeitura de Parauapebas por meio da Secretaria Especial de Governo (Segov) assinou juntamente com representantes da região do Contestado e vereadores, a ordem de serviço (OS) que vai levar asfalto para região da Palmares I, compreendendo desde a Vila Carimã até a ponte do rio Itacaiúnas. Essa é a terceira OS assinada nos últimos meses, a primeira comunidade beneficiada e que já está em tempo de obras é Vila Três Voltas, logo depois, a Vila Rio Branco que também está em fase de asfaltamento, agora é a vez da Vila Carimã entrar no cronograma de ações.

“São quase 19 km de asfalto que vai beneficiar toda aquela região. O PMI não para, em seguida a gente assina a ordem de serviço da Valentim Serra e num futuro bem próximo, a ordem de serviço do novo Terminal Rodoviário. É pra isso que a gente tá aqui, entregar obras em benefício da sociedade a cada dia”, detalhou o secretário Especial de Governo, Wesley Costa.

O trecho da Vila Carimã representa grande valor comercial para o sul do Pará, já que esta região possui um dos maiores rebanhos bovinos que movimentam a balança comercial do Brasil e afeta de forma positiva a economia de Parauapebas, sem falar dos agricultores que ajudam a sustentar o comércio local. As obras de asfaltamento nesta localidade foi possível, devido ao empenho da atual gestão em assinar um Termo de Cooperação, viabilizando ações entre os municípios de Parauapebas e Marabá, por existir comunidades que pertencem às duas cidades.

O progresso que chegará às imediações da Carimã causou grande entusiasmo entre lideranças rurais. “Agradecer muito a Deus por mais essa oportunidade para nós, através do governo municipal e dizer que será mais um ponto de asfalto que dará acesso da Vila Carimã a mais a cinco PA, aumentando o progresso para a nossa produção do campo” afirmou o presidente da Associação da Vila Carimã, Juarez Pereira da Silva.

“É mais uma conquista da nossa região do Contestado. A gente espera melhora, inclusive para a produção que vem do Contestado, porque essa estrada é um corredor que vem lá de Novo Repartimento, Quatro Bocas e Marabá e ajuda a economia, então é gratificante”, pontuou o presidente da Associação da Vila Conquista João Batista

Através destes investimentos, a prefeitura tem levado até a zona rural, inúmeras obras de infraestrutura, como drenagem, terraplanagem e asfaltamento. Dentro do planejamento está 250 km de asfalto em toda a zona rural, conectando as vilas entre elas, até o centro da cidade, já foi assinada a ordem de serviço para a recuperação e manutenção de 1,5 mil km de estradas vicinais, além da substituição de todas as pontes de madeira por pontes de concreto.

“O Programa Municipal de Investimentos foi projetado para fazer investimento na zona urbana e também na zona rural. Estamos aqui assinando a ordem de serviço desse eixo, ligando a Vila Carimã à ponte do Itacaiúnas que é uma via de integração da região até as Quatro Bocas. Estaremos na próxima semana assinando também a ordem de serviço do restante que falta para completar a Vila Três Voltas e provavelmente da área do Valentim Serra. É o governo avançando naquilo que foi comprometido”, finalizou o vice-prefeito de Parauapebas, João Trindade.

No próximo sábado, 12, a partir das 9h30, a prefeitura convida a população para participar da assinatura da OS que contempla o segundo trecho entre Palmares II até a comunidade Três Voltas.

 

Texto Cleidi Rodrigues

Fotos Órion Lima

O Centro Cultural Parauapebas, em sua missão de contribuir com a arte-educação, a formação e a valorização dos artistas locais, lançou no mês de junho o FESTIVAL DE TALENTOS CCP, um evento competitivo, destinado exclusivamente a residentes em Parauapebas, com idade a partir de 12 anos e que não exerçam sua arte de forma profissional.

“Nosso objetivo, além de promover um bonito espetáculo para a cidade, é possibilitar que talentos ainda não conhecidos se apresentem e tenham a oportunidade de reconhecimento pelo público e produtores. Como Centro Cultural, nossa missão é contribuir com o crescimento do meio artístico e acima de tudo, atuar no desenvolvimento sociocultural, principalmente da nossa juventude”. Explica Cleide Sousa, coordenadora do Centro Cultural Parauapebas e idealizadora do projeto.

Serão aceitas no festival apresentações nas linguagens da música, teatro, dança e performance, esta última contemplando números como mágica, shows de humor, malabarismo, contorcionismo, entre outros que não se enquadrem nas demais modalidades previstas no regulamento.

De acordo com Maria Gil Duarte, coordenadora de eventos do Centro Cultural, o intuito é promover uma grande participação e absorver o maior número possível de apresentações artísticas. “Esperamos realizar um evento bonito e expressivo, onde o público possa apreciar uma variedade de talentos de qualidade, ao mesmo tempo em que proporcionamos estrutura e visibilidade para esses artistas anônimos, pois sabemos que Parauapebas dispõe desse potencial artístico, que por algum motivo, quem sabe a própria dimensão urbana que temos, ainda não conseguiu chegar até nós”. Declara.

A participação é gratuita, o Festival de Talentos acontecerá dias 23 e 24 de setembro e as inscrições estarão disponíveis até o dia 31 de agosto.

Confira o link de inscrição CLIQUE AQUI

 

Texto: Assessoria Centro Cultural

Fotos: Acervo Ascom

Tranquilos. Assim tem sido, no Centro de Desenvolvimento Cultural (CDC), os dois primeiros dias de entrega de documentação pelas pessoas pré-selecionadas a receber um lote urbanizado da Prefeitura de Parauapebas por meio da segunda fase do Programa Lar da Nossa Gente, da Secretaria Municipal de Habitação (Sehab).

São 1.530 candidatos a ganhar um lote, e eles têm dia e hora marcados pela Sehab para comparecer ao CDC até o dia 18 deste mês, entre 8 e 16 horas, conforme o Comunicado Público 003/2022 da secretaria divulgado na terça-feira, 9, e que pode ser acessado AQUI.

A convocação pública dos candidatos é para que eles apresentem os comprovantes de que atendem os critérios legais para receber o lote. Na lista, são dez documentos que os convocados precisam entregar à Sehab (cópia e original).

 

Os critérios para ser beneficiado

Para ter direito a um lote urbanizado da prefeitura, o candidato precisa:

  • Ter renda mensal líquida de até três salários mínimos;
  • Não possuir outro imóvel;
  • Estar inscrito nos programais sociais do município;
  • Residir há mais de três anos em Parauapebas;
  • Não ter sido beneficiado em outro programa habitacional em qualquer uma das esferas governamentais (municipal, estadual e federal);
  • Ser maior de 18 anos de idade.

 

Texto: Hanny Amoras
Fotos: Elienai Araújo
Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Novo_Projeto_-_2021-07-05T111350990gk-is-100.jpglink