Prefeitura de Parauapebas discute parceria para fortalecimento da Guarda Municipal Destaque

A Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão (Semsi), deu mais um importante passo para o armamento institucional da Guarda Municipal (GM).

Na manhã de segunda-feira, 17, uma equipe técnica da Semsi, esteve no Instituto de Ensino de Segurança do Pará (Iesp), órgão que compõe a Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), em Belém, para tratar sobre a realização do curso de armamento e tiro para a Guarda Municipal. O curso é um dos pré-requisitos necessários no processo de liberação do armamento.

A intenção de armar institucionalmente a Guarda Municipal de Parauapebas foi manifestada ainda no ano passado por meio de oficio expedido para Polícia Federal. Além do curso preparatório, outros procedimentos devem ser realizados antes do armamento institucional, como a estruturação da base da Guarda Municipal para o recebimento das armas, adoção de corregedoria e ouvidoria própria. Os GMs também deverão passar por avaliação psicológica, dentre outros requisitos que serão avaliados pela Polícia Federal.

Durante a reunião na Secretaria de Segurança do Estado também foi tratado o Termo de Cooperação Técnica que será celebrado entre o município de Parauapebas e a Segup para  prosseguimento de todo o processo de armamento institucional da Guarda Municipal de Parauapebas.

O secretário de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão, Denis Assunção, destaca que outros assuntos também foram abordados para o fortalecimento da Guarda Municipal e da segurança de Parauapebas. “Discutimos sobre a disponibilização de coletes balísticos pelo Governo do Estado à Guarda Municipal de Parauapebas. Reunião bastante proveitosa, onde ficou garantido que a SEGUP irá fornecer este EPI de segurança aos nossos GMs. Também tratamos do CAD (Centro de Atendimento e Despacho) através do 190 e 193 aliado ao videomonitoramento já existente em nosso município, onde garantirá mais agilidade aos munícipes no atendimento de ocorrências”, explica o gestor da Semsi.

Para a comandante da Guarda Municipal, Mônica Caldas, a visita para alinhar o termo de cooperação técnica, vem contribuir ainda mais com o trabalho já realizado no município. “É um curso muito esperado e desejado pelos agentes da GMP uma vez que é um elemento fundamental para o armamento institucional, que garantirá respaldo na atuação do efetivo da Guarda Municipal, estamos a disposição para atender todos os requisitos estabelecidos”, finaliza.

 

Texto e foto: Comunicação Semsi

Avalie este item
(0 votos)
Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink