Alunos finalistas do “Expedição Liberal” têm aulas práticas de audiovisual em Parauapebas Destaque

Alunos finalistas do “Expedição Liberal” têm aulas práticas de audiovisual em Parauapebas Fotos: Lucas Santos/Semed

Neste final de semana, dias 25 e 26 de junho, os cinco alunos finalistas do Projeto Expedição Liberal participaram das aulas práticas do projeto, que culminou em produções audiovisuais sobre a cidade de Parauapebas.

O Projeto Expedição Liberal é uma iniciativa do grupo O Liberal com o apoio da Vale, que contou também com o apoio da Prefeitura de Parauapebas. E visa fomentar a criação de conteúdo audiovisual por jovens do interior do Pará, evidenciando as belezas da Amazônia, a realidade do povo da floresta, pontos turísticos, eventos culturais e locais históricos.

Segundo o produtor Matheus Freire, além de Parauapebas, mais três municípios foram contemplados com a iniciativa: Bragança, Altamira e Soure, sendo que Parauapebas foi o segundo a ter o projeto executado.

Ainda segundo Matheus, em um curto espaço de tempo, os estudantes do município conseguiram absorver e colocar em prática os ensinamentos e técnicas que levarão para toda a vida.

“Em Parauapebas, nos deparamos com um time de alunos incríveis, super atenciosos, que assimilavam de forma rápida todo o conhecimento apresentado por nós: eu, Leonardo Neto e Elias Costa.  Eles estavam ansiosos para aprender a produzir o material”, destaca o produtor.

O aluno Jhonata Amorim teve seu projeto selecionado para virar vídeo (um dos conteúdos que serão exibidos sobre Parauapebas). Ele, que já é youtuber, agora poderá produzir conteúdos mais profissionais. “Foi uma experiência muito boa. Aprender mais sobre produção, iluminação e edição, com certeza gerou uma vontade maior de produzir”, afirma o estudante.

Para o secretário municipal de Educação, Leal Nunes, o curso resultou em muito conhecimento e inspiração. “Por meio do conhecimento adquirido, os alunos poderão produzir conteúdos de ótima qualidade sobre a nossa região, cultura, e o que mais acharem pertinente, além de se tornarem multiplicadores dessas práticas”, projeta o secretário.

Ao final do curso, o kit de equipamentos utilizado na gravação dos conteúdos foi disponibilizado para a Secretaria Municipal de Educação (Semed). Eles estarão à disposição e poderão ser utilizados pelos estudantes sempre que quiserem.

 

Texto: Messania Cardoso/Semed
Assessoria de Comunicação – Ascom/PMP
Avalie este item
(0 votos)
Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink