Comissão inicia estudos para retomada segura do trabalho presencial

Ainda não há uma data definida para a retomada das atividades presenciais do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA). Apesar disso, como ação preventiva ao retorno, o procurador-geral de Justiça, Gilberto Martins, criou uma comissão para analisar os riscos e planejar as medidas de aspecto sanitário e de educação comportamental de membros, servidores, estagiários, terceirizados e do público em geral.

A Comissão de Retorno ao Trabalho Presencial (CRTP) é vinculada à Subprocuradoria-Geral de Justiça para a área Técnico-Administrativa e é formada por membros e servidores do MPPA. O grupo, criado na segunda-feira (25) por meio da portaria nº 1.822/2020, já está desenvolvendo estudos sobre a forma mais segura de retomada das atividades presenciais. Um dos produtos do grupo será a formatação de um documento institucional com orientações técnicas para as novas formas de trabalho e de atendimento ao público.

Entre as providências em andamento, a comissão está planejando iniciativas voltadas à criação de mecanismos de sensibilização e disseminação de informações de medidas preventivas ao combate ao novo coronavírus. Também está realizando a classificação das áreas impactadas pela pandemia conforme nível de risco e a identificação dos riscos prioritários.

A comissão também está elaborando propostas de mudanças de hábitos e/ou rotinas no ambiente de trabalho para evitar e/ou minimizar a propagação do novo coronavíru. Outro eixo de trabalho é o planejamento da aquisição de insumos e realização de obras e/ou adaptações físicas nos prédios para evitar e/ou minimizar a disseminação da covid-19.

A CRTP foi criada a partir da necessidade de estabelecer novas diretrizes para o funcionamento e a prestação dos serviços pelo MPPA, de forma gradual, a fim de assegurar a efetividade no atendimento à sociedade paraense e de minimizar o risco de transmissão da covid-19. A expectativa é que nas próximas semanas a comissão conclua a elaboração do documento com as orientações gerais para a retomada segura do trabalho presencial. 

Suspensão do expediente presencial

O expediente presencial no MPPA está suspenso desde o dia 19 de março como medida preventiva à propagação do novo coronavírus. Desde então, os membros, servidores e estagiários da instituição estão trabalhando de forma remota, por meio do teletrabalho. O atendimento ao público está sendo realizado por meio dos canais de comunicação não presenciais.

  

Texto: Fernando Alves


Assessoria de Comunicação Social

 

Avalie este item
(0 votos)

Sul e Sudeste do Pará

Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016