Que o esporte é sinônimo de saúde todo mundo sabe, e melhor ainda se vier com informações que possam ajudar a combater o câncer de mama.  Foi esse o objetivo da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel) em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) com uma ação do Outubro Rosa voltada às mães dos alunos matriculados na escolinha esportiva da Semel e as servidoras.  

No evento, realizado no ginásio poliesportivo Islander Souza foi disponibilizada a van da Semsa com atendimento médico e consultas ginecológicas e nutricionais. Estiveram presentes o secretário adjunto de Saúde, Paulo Vilarinho, o secretário adjunto de Esporte, Jorge Guerreiro, a coordenadora do Projeto Esporte e Cidadania (Pec), Rosânia Correia, a enfermeira da saúde da mulher, Cleice Reis, além da  participação da coaching motivacional Cleidi Rodrigues que realizou um bate papo com as convidadas sobre autoestima, cuidados com a saúde mental e emocional.

Esse ano, a orientação para as mulheres é manter uma saúde equilibrada por meio de uma alimentação saudável, a prática de atividades físicas, atenção redobrada quanto ao consumo de drogas ilícitas, cigarros e bebidas, sedentarismo, obesidade e o controle dos níveis de estresse, fatores que podem contribuir para disseminação das doenças cancerígenas. 

“Em 2020, mais de 2,3 milhões de mulheres no mundo foram diagnosticadas com câncer de mama, desse quantitativo cerca de 24,5% são brasileiras, por isso é importante alertarmos as mulheres. O Outubro Rosa é também para os homens que podem ser tão vítimas quanto as mulheres, por isso o autoexame ainda é uma ajuda precoce no diagnóstico”, alertou a enfermeira Cleice Reis.

“O esporte é uma grande ferramenta de combate ao câncer e quanto mais propagarmos isso, mais pessoas buscarão uma vida saudável. A Semel está de parabéns por essa ação”, declarou o secretário adjunto da Saúde, Paulo Vilarinho.

Na ação houve ainda apresentações de capoterapia, prática terapêuticas da capoeira para movimentações das articulações do corpo, do grupo Dandara Bambula. As alunas de ballet fizeram uma coreografia especial para o momento. A zumba não poderia faltar e sob o comando dos professores Marliete Sídio e Leandro fizeram as mamães suarem a camisa, com o apoio dos professores convidados, Adilson Fernandes e Belek.

“É sempre maravilhoso participar desses encontros, eles nos oferecem sempre informações que na correria do dia a dia não nos atentamos.  Com essa atitude, a mulher que tiver com baixa autoestima e deprimida sai daqui renovada”, declarou Ires, aluna da zumba,    

 “Hoje resolvemos trazer as mães dos alunos do Pec e as servidoras para esse momento. Temos certeza de que muitas que vieram, saíram daqui com uma bagagem recheada de informações para cuidar e prevenir quem ama.   A Semel não tem medido esforços para mostrar a importância do esporte, que é vida, saúde e transformação para as famílias”, finalizou a coordenadora do Pec, Rosânia Correia.

 

Texto: Comunicação Semel

Para quem estava com saudades de um bom futebol, a Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel) voltou com os tradicionais campeonatos de futebol do município.  No último domingo, 26, ocorreu a abertura do Torneio Início da 4ª Copa Interbairros de Futebol que reuniu 33 equipes no Complexo Esportivo do Rio Verde.

“Esse torneio início é apenas uma disputa para que as equipes possam se conhecer, dentro da programação.  Todos os jogos acontecerão às terças e quintas à noite, e aos sábados e domingos a partir das 16h, no Complexo Esportivo. Estamos felizes que após esse período de pandemia estamos conseguindo voltar com as atividades e eventos”, afirmou Leandro Gambeta, secretário de Esporte e Lazer.

Os jogos aconteceram de forma simultânea nos campos 1 e 2.  Já na decisão entre os bairros Minérios e Caetanópolis, a partida terminou nos pênaltis e quem levantou o troféu de campeão foi o bairro dos Minérios, que conquistou o título pelo Torneio Início da 4ª Copa Interbairros de Futebol. Ficando o Caetanópolis como vice-campeão e as premiações para os destaques, Lucas Pitú, o troféu de goleiro revelação, enquanto Gabriel foi eleito como o atleta revelação do Torneio Início.

Para as competições, todos os times receberam o uniforme completo e serão premiados. A rodada classificatória começa  no próximo final e as disputas terão  as participações dos bairros : Altamira, Alto Bonito, Betânia, Amazonas, Maranhão, Da Paz, Bela Vista, Dos Minérios, Tropical, Bom Jesus, São Luís, Caetanópolis, Casa Branca, Cidade Nova, Califórnia, Cidade Jardim, Chácara do Sol, Jardim Planalto, Jardim América, Liberdade, Nova Vitória, Nova Carajás, Novo Parauapebas, Nova Vida, Primavera, Panoramas, Parque das Nações, Parque dos Carajás, Rio Verde, Santa Luzia, Vale do Sol, Vale dos Sonhos e Associação dos Moradores do Complexo VS10.

 

Campeonato Rural de Futebol

Já no campeonato rural que participam 34 comunidades, os jogos estão marcados para os cinco polos das comunidades rurais:  Valentim Serra, Pontilhão, Carimã, Vilão Sanção, e o Onalício Barros, com as partidas previstas para iniciarem sempre a partir das 9h.

O 14º Campeonato Rural de Futebol terá a semifinal agendada para 31 de outubro e a grande final prevista para 06 de novembro, os jogos devem acontecer no Estádio Rosenão.

 

CONFIRA OS RESULTADOS DOS JOGOS QUE MOVIMENTARAM A ZONA RURAL

CAMPO  VALENTIM SERRA

Gameleira 02 x 02 Valentim Serra

Carajás 01 x 01 Rio Branco

Tapete Verde 02 x 01 Alto Bonito

 

CAMPO PONTILHÃO

Vale do Liberdade 00 x 04 Rio Novo

Três Voltas 01 x 01 Palmares II

Pontilhão 01 x 01 Palmares Sul

 

COMUNIDADE CARIMÃ

Cachoeira Preta 01x 00 Conquista

Jardim 00x 01 Estrela Dalva

 

CAMPO DA VILÃO SANÇÃO

Vila Sansão 04 x 01 Garimpo das Pedras

Gelado 09 x 01 Parques das Cachoeiras

Paulo Fonteles 07x 00 APA

 

CAMPO ONALÍCIO BARROS

Carajás II 00x 02 Onalício Barros

Parque Verde 00 x 00 Barra do Cedro

Cedere I 01 x 00 Nova Esperança

 

 

Texto:  Cleidi Rodrigues / Comunicação Semel

 

A 7ª edição da Taça Parauapebas de Vôlei promete movimentar as equipes da cidade. O torneio pretende revelar talentos e apresentar aos atletas o nível de experiência exigida nos grandes campeonatos. A Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel) inicia o calendário de campeonatos com equipes amadoras de vôlei com a intenção de oferecer ainda mais espaço no cenário onde os saques, manchetes, cortadas, bloqueios, levantamentos são os destaques.

As inscrições foram realizadas em julho. Quatro equipes femininas e 9 masculinas entrarão em quadra na busca pelo título. Pelas regras, o feminino disputará em chave única e as duas equipes que tiverem maior soma de pontos vão direto para a final.

Pelo masculino, o cronograma será divido em duas chaves e cada uma será composta por cinco equipes, onde buscarão vagas para a semifinal, o resultado será por meio do cruzamento olímpico, ou seja, o vencedor da chave A, enfrenta o segundo colocado da chave B e o primeiro colocado da chave B disputará com o segundo colocado da chave A.

Na categoria masculina, os três primeiros lugares se classificam para o Intermunicipal de Vôlei que está marcado para o mês de outubro em Parauapebas, onde foram convidadas equipes de Marabá, Paragominas, Tucuruí, Ananindeua, Bom Jesus do Tocantins e Goianésia.

O trio de arbitragem da Taça Parauapebas de Vôlei será composta por Biratan Palmeira, Fábio Holanda e Síria Lima, eles são integrantes da Federação Paraense de Vôlei e já apitaram competições como Super Liga Nacional de Vôlei e amistosos internacionais.

 

Descoberta de Talentos

A Semel tem buscado cada vez mais apresentar seus alunos para o cenário nacional de competições, como por exemplo, Kayon Max, que joga atualmente pelo Aero Clube de João Pessoa no estado da Paraíba, outro nome a ser mencionado é Max Lima, que também começou na escolinha de iniciação esportiva e integra o Clube Uberlândia Azulim de Minas Gerais, e vai disputar a Super Liga A, que ocorrerá em outubro durante a temporada 2021/ 2022. Já a atleta Dayane Maria, que também foi aluna Semel, agora faz parte do Sesi de Ribeirão Preto – São Paulo e ainda o Kelvin Rian que se prepara para uma pré-convocação onde a vaga terá o destino a Seleção Brasileira Infanto de Vôlei.

“Quando realizamos competições como a Taça, sempre será com o intuito de colhermos frutos e Parauapebas é um berço de atletas do vôlei. É importante torneios como esse para encontrarmos esses talentos, afinal o maior orgulho da Semel é saber que os ex-alunos estão encaminhados”, destacou o técnico Geral Base da Semel, Dutó Hungria.

Além desses destaques, o professor ainda comenta sobre o destaque da seleção masculina Sub-23 de Parauapebas que foi campeã estadual em 2017, onde disputou contra entre seis clubes da capital Belém.

Outro exemplo de atletas que se consagram fora do munícipio, é a Seleção Master Feminina de Vôlei Parauapebas, que se prepara para disputar o bicampeonato Sulamericano em Lima no Peru, em novembro, e boa parte das atletas começaram na escolinha da Semel.

Para vários atletas da modalidade, a 7ª Taça Parauapebas de Vôlei, será uma grande oportunidade. “Estamos ansiosos para mostrarmos e vermos outros talentos, o vôlei de Parauapebas precisa ter reconhecimento e se depender de nós os atletas, isso vai acontecer, porque isso é a nossa paixão, comentou o atleta Kelvin Rian.

A abertura das competições começa nessa sexta-feira, 13, a partir das 20h, no ginásio poliesportivo Islander Souza. Os jogos seguem até domingo 15, e a novidade para essa competição é que será a presença da torcida, que deverá seguir os protocolos de prevenção da covid-19, fazendo o uso de máscaras e mantendo o distanciamento social.

 

Texto: Cleidi Rodrigues / Comunicação Semel

O projeto social desenvolvido pela Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel), chega esse ano reformulado com novo nome, Projeto Esporte e Cidadania (Pec). O objetivo além da inclusão social, é preparar os alunos ao longo da caminhada para no futuro quem sabe, se tornarem atletas com reconhecimento nacional e até mundial.

A Semel está em ritmo de volta às aulas. Começam nesta terça feira, 10, algumas modalidades que fazem parte da escolinha de iniciação esportiva. “Estamos realizando treinamentos e reuniões de nivelamento juntos aos instrutores. A preocupação da Semel, é que tudo ocorra dentro dos protocolos de segurança e para isso alguns cuidados precisam ser respeitados. Como o distanciamento durante a permanência em sala de aula, o uso de máscaras, tanto professores quanto alunos. Não será permitido o compartilhamento de objetos pessoais, garrafas de água”, explicou a coordenadora do PEC, Rosânia Correia.

O Pec vai preparar crianças e adolescentes de 6 a 17 anos para o cenário das modalidades do karatê, judô, jiu-jitsu, capoeira, balé, bicicross, xadrez, vôlei, futebol, handebol e futsal. Além da zumba, que esse ano abriu espaços para jovens a partir de 16 anos. Devido à pandemia, apenas algumas modalidades foram liberadas e devem funcionar somente em dois, dos dez polos, que estão sendo preparados para o retorno total, mas até lá precisam ser liberados pelos órgãos de saúde.

Polos e modalidades que voltam as aulas nesta terça feira:

GINÁSIO POLIESPORTIVO ISLANDER SOUSA.

Modalidades: Karatê, capoeira, judô, jiu-jitsu, balé, voleibol.

PRAÇA DA JUVENTUDE

Modalidades: Judô, capoeira, karatê, balé.

 

Para os dois polos as modalidades de futsal e zumba tem previsão de iniciar no final de agosto.

“Muitas pessoas têm nos perguntado se o futebol vai voltar ainda esse ano. Sim, estamos nessa expectativa, porém as modalidades de equipe queremos observar melhor o cenário em relação à pandemia. Aguardamos também os processos licitatórios que ainda estão em tramitação para a aquisição de equipamentos para iniciarmos o futebol e outras modalidades.  Precisamos pensar na proteção de todos, por isso vamos voltar com as aulas aos poucos” declarou o secretário de Esporte e Lazer,  Leandro Gambeta.

No total, a Semel realizou cerca de 2 mil inscrições, porém apenas 40% desse número está programado para recomeçar as atividades juntamente com 40 instrutores. Para os alunos da faixa etária de 6 a 17 anos, as aulas devem acontecer das 8h às 17 horas. Já os alunos matriculados na zumba, as aulas inicialmente serão às 19h, sempre de segunda a sexta-feira de acordo com seu respectivo polo a partir da próxima terça feira, 10.

 

Texto Cleidi Rodrigues 

Inclusão esportiva esse é o termo que define a 1ª Copa Xikrin do Kateté de Futebol Indígena. A competição inédita idealizada pela prefeitura, por meio do Departamento de Relações Indígenas (DRI) e da Secretaria de Esporte e Lazer (Semel) proporcionam aos indígenas a oportunidade de mostrarem o talento para o futebol.

A estreia ocorreu no último fim de semana e deve seguir até o próximo dia 25. Os jogadores são indígenas que fazem parte das aldeias da região de Parauapebas. “O objetivo é promover a cultura esportiva entre os índios, por isso decidimos realizar esse campeonato em cumprimento às diretrizes do governo municipal. A ideia é promover o esporte amador, valorizar a cultura indígena” declarou o coordenador do DRI, Girlan Silva.

Os times receberam toda estrutura necessária para as competições. O governo municipal entregou uniformes completos aos jogadores, chuteiras e bolas. E os campos e quadras foram revitalizados. Segundo o coordenador de esportes rurais e comunidades indígenas da Semel, Abreu Lima, uma das vontades dos caciques é que seja construída uma escolinha de futebol na aldeia Ôôdjã.

“Nós enquanto governo, temos o interesse em promover o esporte aqui nas aldeias, mas precisamos sentar e conversar sobre a possibilidade de irmos além dessa Copa. O futebol assim como outras modalidades é uma forma de união, é nisso que a Semel tem trabalhado, para buscar a inclusão daqueles olham para o esporte como uma alternativa de vida”, comentou o coordenador.

O torneio realizado na aldeia Ôôdjã. O time que é anfitrião nas competições chegou mostrando a que veio, Pokamrôre-Kuikô venceu por 3 x 2, o Pratinho Puru. A primeira partida de acordo com a tabela do campeonato seria entre Kamkrokrok e Moi-ndõk, porém, o time Moi-ndõk não compareceu de acordo com o regulamento a vitória foi dada ao Kamkrokrok que venceu por W.O (é a sigla para a palavra em inglês walkover, que traduzido para a língua portuguesa quer dizer vitória fácil).

No domingo, 20, mais oito equipes entraram em campo, o Serra Quebrada enfrentou o Pykatiôkrãi, o Clube Ô.Ôdjã disputou com o Krimei.  Em seguida, o Kana- Parauapebas tentou derrotar o Krimeityk  e por último o Clube Karaikapot ficou  cara a cara com o Bamdjukore.

Nos times femininos também se apresentaram pelo futsal, o Clube Kamet-Kore foi pra cima do Clube Krimei, o Clube Kenhorao duelou com o Clube Serra quebrada, o time  Ôôdjã foi pra cima do Pratinho Puru,  o Clube RoitidJam  enfrentou  o Clube Kateté,  o Clube Djudekô  disputou  ao lado do Clube Pokrô e pra encerrar o  último o Clube Kamkrokrok e Clube Bamdjukô se enfrentaram em  quadra .

Na segunda-feira, 21, os clubes Roítdjam e Kenhhor, Pôkro e Kamêt’Kore e Bomkrainoro e Kamkrokrok-kit encerram a primeira fase. Nesta terça-feira, 22, inicia a segunda fase das competições, e serão oito clubes que devem participar dos quatro jogos de futebol. Na quarta-feira, 23, ocorre uma partida extra em busca da repescagem, já na quinta-feira, 24, será a vez de quatro times disputarem pela semifinal em busca de vaga para a grande final marcada para dia 25. O campeão e vice-campeão receberão o troféu Bep Karoti Xikrin em homenagem ao ex- cacique Bep Karoti que faleceu no dia 31 de maio do ano passado vítima da Covid-19, a cerimônia de entrega de títulos está marcada para sábado, 26.

“A Copa Xikrin marca a valorização dos indígenas dentro do esporte, é isso que o governo municipal tem buscado levar as aldeias políticas públicas de investimento em todos os segmentos”, afirmou o secretário de Esporte e Lazer, Leandro Gambeta, destacando ter como planos a continuidade das realizações esportivas nas aldeias.

 

Texto: Cleidi Rodrigues 

Aqueles que sonham em começar a prática de alguma modalidade e quem sabe um dia se tornar atleta profissional, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel) oferece a oportunidade com o projeto social Esporte e Cidadania. 

A expectativa é atender inicialmente cerca de 5 mil alunos dentro das modalidades de vôlei de quadra e de areia, futsal, futebol, futebol society, jui-jitsu, karatê, judô, ballet e capoeira, e aqueles que gostam do movimento da zumba.

Os pais ou responsáveis precisam estar atentos à documentação exigida como cópias da declaração escolar, documentos pessoais da criança e do responsável, cartões do Bolsa Família (se houver), vacinação atualizada, cartão do SUS e comprovante de endereço.

Segundo o secretário de esporte e lazer, Leandro Gambeta, a Semel preparou dez polos e a novidade é a inclusão da zona rural. “Além dos polos já conhecidos, vamos oferecer matrículas também no bairro Novo Brasil, uma das maiores unidades da Semel, já na região da Palmares Sul e Palmares II, Vila Sansão, Cedere I e Vila Onalício Barros. De início a zona rural terá o futebol que foi o pedido dos moradores dessas regiões”, declarou o secretário.

A previsão que as aulas iniciem no mês de agosto e para que os novos alunos tenham conforto durante as aulas, o primeiro semestre desse ano, a gestão vem desde o mês de abril montado uma força tarefa para revitalizar os campos, e elaboração de projetos de construção para  mais espaços esportivos de   acordo com o coordenador geral de Esporte, Dinho Marcos.

“Queremos que nossos alunos sejam recebidos com carinho, o departamento de obras e reformas tem cuidado da manutenção dos polos, da capacitação dos nossos instrutores com vários treinamentos para garantir o melhor para o público que vamos atender”, pontuou o coordenador de Esportes.

Você sabia?

A escolinha da Semel já fez parte da história de atletas mundiais como Thiego Marques que atualmente é integrante da Seleção Brasileira Paralímpica de Judô. Ele está em fase classificatória para as Paralimpíadas de Tóquio que vão acontecer no Japão no mês de agosto desse ano. Além do judoca, no esporte de quadra Max Lima que está se preparando para compor a  Super Liga A de vôlei da cidade de Urbelândia/ MG, uma das maiores equipes da modalidade do Brasil .  

A Semel chega com uma nova proposta ao lançar o Projeto Esporte e Cidadania (PEC). “Queremos que nossos alunos não só pratiquem o esporte porque gostam, mas se tornem profissionais do futuro em busca do rendimento e alto rendimento, nossa meta sempre foi e continuará sendo a inclusão dos nossos alunos em competições nacionais e internacionais”, declarou o titular da Semel, Leandro Gambeta.

As matrículas das escolinhas seguem até o próximo dia 18 de junho para crianças e adolescentes entre 06 e 17 anos e para a zumba a partir de 16 anos de idade.

Para mais informações acesse a página do facebook/semelparauaebasoficial ou o Instagram @semelparauapebas e pelo site da Prefeitura de Parauapebas ou pelo telefone - 94 3346-7268

 

Texto: Cleidi Rodrigues/Semel

Iniciam na próxima segunda-feira, 7 de junho as matrículas para as escolinhas esportivas da Secretaria de Esporte e Lazer (Semel). As modalidades atendem o público-alvo de crianças e adolescentes de 06 a 17 anos de idade.  Já as modalidades de ballet, capoeira e jiu-jitsu para idade de 04 a 17 anos e a zumba é aberta ao público.

As inscrições seguem até 18 de junho e a previsão das aulas para o início de agosto de 2021.

Saiba onde e quais modalidades funcionam em cada polo:

Ginásio Poliesportivo localizado na avenida Rio Grande, bairro Beira Rio I funcionam as seguintes modalidades: bicicross, jiu-Jitsu, judô, futsal, voleibol, karatê, ballet, capoeira e zumba.

- Complexo Esportivo Rio Verde, na Rua JK,  quadra especial, bairro Rio Verde - Futebol, Voleibol de areia, Futebol de areia e Futsal.

- Complexo Esportivo VS 10 – Esquina com Rua José Maria Caetano na VS 10 atendem as modalidades de: futebol, judô, jiu-jitsu, karatê, capoeira, ballet e zumba.

- Complexo Esportivo Novo Brasil localizado na Rua Buriti, quadra especial, bairro Novo Brasil funcionam as atividades: futebol society, voleibol, handebol, futsal, capoeira e zumba.

- Praça da Juventude na Rua Majé, quadra especial - Casas Populares II: judô, handebol, capoeira, futsal, karatê, ballet e zumba.

- Complexo Esportivo Palmares Sul (Av. Boa Vista, QD Especial – Palmares Sul): futebol.

- Vila Sanção, Cedere I, Onalício Barros: futebol

As vagas são limitadas.  Os pais e/ou responsáveis deverão procurar o polo esportivo mais próximo de sua residência no horário das 8h30 às 17h de segunda a sexta feira observando os protocolos de saúde (uso obrigatório de máscara) e munido dos seguintes documentos necessários:

                    - Declaração Escolar

                    - Cópia da Certidão de Nascimento ou RG

                    - Cópia do Cartão do SUS ou Plano de Saúde

                    - Cópia do Cartão Bolsa Família

                    - Cópia do RG do Responsável

                    - Comprovante de residência

                     - 01 (uma) Foto 3x4

 

 Ascom / PMP

Depois de meses sem realizar qualquer tipo de atividade relacionada ao esporte, o governo municipal inicia neste final de semana as programações da 14ª edição do Copão de Futsal. A programação ocorre após a mudança para o bandeiramento laranja em relação à Covid 19, divulgada pelo governo do estado, Decreto nº 800/2020.

A Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel) estreia seu calendário esportivo com a 14ª edição do Copão de Futsal. Ao todo, 72 equipes estarão em quadra disputando a competição, 64 times na categoria masculina e 8 da feminina. 

As inscrições aconteceram no início do mês de maio via redes sociais e WhatsApp.  A estreia da competição será na sexta feira, 14, a partir das 19h, no Ginásio Poliesportivo Islander Sousa, mas será de portões fechados e sem a presença de público, apenas os jogadores e comissão técnica terão acesso. Cada equipe precisará respeitar o tempo de permanência no local, entre o horário determinado para a chegada dos times e a saída do local dos jogos.

Segundo os organizadores, a determinação se faz necessária em cumprimento aos protocolos de segurança recomendados pelos órgãos de saúde que ainda restringem aglomerações de pessoas. O primeiro time a se apresentar será o da categoria feminina, Ajax X Atlético Futebol Clube, logo após serão os jogadores da categoria masculina.

Participarão do Copão neste final de semana os seguintes times: Ajax, Atlético Futebol Clube, Center Futsal, Papo Reto, A.E Nova Vida, Pernambucana, RD Badalados, W9 Futsal, Premiere Futebol Club, o Popular, PEC, Salobar, o Parma e Negativos F.C.

Para a estreia serão 27 jogos que marcam a 14ª edição do Copão de Futsal entre os dias 14 a 16, 21 a 23 e de 27 a 29 de maio.  A final está marcada para o dia 29.

Os torcedores poderão acompanhar as tabelas do campeonato e todas as disputas via rede social através da página oficial da Semel no link disponível: facebook.com/semelparauapebasoficial.

 

Texto: Cleide Rodrigues

 

A equipe da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Semel) continua trabalhando na elaboração do calendário das atividades para o ano de 2021, foi nesse o objetivo que o adjunto da Semel, Jorge Guerreiro, representou o titular da pasta, Leandro Gambeta, durante reunião na capital do Estado com o secretário estadual de Esportes, Arlindo Silva.

Na oportunidade, foi apresentado todo o plano de trabalho que o município pretende desenvolver. A solicitação da construção de um polo da Secretaria Estadual de Esportes em Parauapebas, conhecer novos programas para áreas esportivas e buscar apoio do Estado quanto sua participação nos grandes eventos do município, foram alguns dos assuntos abordados no encontro. 

Um dos projetos mencionados foi o Vida Ativa, programa idealizado pelo Governo do Estado, por meio da Seel, onde o público atendido é a melhor idade. Para apresentação, o Jorge Guerreiro utilizou os dados expostos pelo Cadastro Único em Parauapebas.

Atualmente cerca de 7.250 idosos entre 60 e 65 anos de idade estão cadastrados no CadÚnico no município. “A realidade é que esses números podem ser bem maiores, muitos idosos não participam de atividades e programas de inclusão, por isso o interesse de Parauapebas é que os idosos sejam bem assistidos pelo poder público municipal.  O programa Vida Ativa tem dado certo aqui na capital e nas cidades do entorno, então vamos fazer o possível para que chegue até Parauapebas”, enfatizou Jorge Guerreiro.

Também esteve presente na reunião o presidente da Federação Paraense de Desportos para Deficientes Visuais – FPDV, Thiago Silva que desenvolve em Parauapebas o Futebol de 5, uma modalidade esportiva adaptada para deficientes visuais. Ele aproveitou a conversa para solicitar apoio na execução dos Jogos Paralímpicos que a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer pretende lançar como novidade dentro do calendário de atividades, mas só podem acontecer após a liberação dos órgãos de saúde em relação à pandemia. 

“Fico muito contente quando vejo o interior do estado caminhando na mesma perspectiva que a capital. Parauapebas é uma cidade visionária, estamos aqui de portas abertas para os diálogos, e queremos novas conversas para uma construção em conjunto”, destacou Arlindo Silva, gestor da Seel.  Ele aproveitou para deixar pré-agendado um workshop que deve ocorrer em Parauapebas, no período de 29 de abril a 02 de maio. A ideia é realizar um treinamento detalhado para os técnicos da Semel, além de aproveitar a viagem ao município para conhecer a área que será construído o primeiro polo da Seel que será referência na região.

Respeitando o último Decreto Municipal 254/2021, sancionado pelo prefeito Darci Lermen, que determinou a suspensão de toda e qualquer atividade que favoreça a aglomerações de um público com mais dez pessoas. Os eventos da Semel permanecem temporariamente suspensos, sendo realizada apenas atividades internas e o planejamento anual.

 

Texto e fotos: Cleidi Rodrigues/ Comunicação Semel

As Organizações da Sociedade Civil (OSCs) que atuam nas modalidades esportivas em Parauapebas, interessadas em firmar convênio com a prefeitura, já podem procurar a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel) para requerer a parceria. A expectativa do novo titular da pasta, Leandro Gambeta, é de que 29 entidades celebrem convênio neste ano contra 14 que foram contempladas em 2020, sendo que três delas estão agora impedidas por irregularidade na prestação de contas.

Para dirimir todas as dúvidas das organizações sobre o processo de tramitação do convênio, na semana passada foi realizada uma reunião no plenarinho da Câmara Municipal para os presidentes das entidades. Além do titular da Semel, participaram do encontro o adjunto da secretaria, Jorge Guerreiro; a diretora do Setor de Convênios, Denize Costa, acompanhada por técnicos; e o vereador Francisco Eloécio (PR), escolhido como representante do esporte, lazer e ações sociais na Câmara.

Para as OSCs, foram repassadas todas as orientações necessárias sobre a documentação que precisa ser entregue à Semel e que deve estar em conformidade com os critérios exigidos pela Lei Federal nº 13.019/2014 e Instrução Normativa Municipal 02/2019. O alerta é para que as organizações fiquem atentas às alterações do decreto nos últimos anos, para evitar impedimentos legais do repasse de recursos.

Criada há mais de cinco anos, a União dos Ciclistas de Parauapebas (UCP) deverá celebrar o convênio pela primeira vez. A presidente da entidade, Márcia Cléia, aproveitou a oportunidade para agradecer a gestão do prefeito Darci pelo compromisso com o esporte, especialmente com o ciclismo. “Eu só tenho a agradecer ao prefeito. Agora, nós temos ciclovias para a prática do nosso esporte. A cidade está linda, ruas amplas, podemos pedalar sem medo. Conseguimos agora regularizar toda papelada necessária para buscarmos mais apoio. Estou muito feliz, então venham os campeonatos”, disse ela.

O mestre Josberto Girão, presidente da Associação Girão de Artes Maciais (Agam), também se mostrou otimista em relação aos apoios que as artes marciais têm recebido da prefeitura. “Tenho certeza que temos muito a ganhar. Nosso prefeito Darci e nosso secretário são pessoas de diálogo e comprometimento. Tenho certeza de que o esporte não só da minha modalidade, mas de todas, vão ganhar muito embora ainda existam muitas burocracias, mas por isso estamos aqui, estamos juntos para fazer o esporte de Parauapebas ser algo tão sonhado”, assinalou Girão.

Novo secretário: junto à comunidade

Leandro Gambeta aproveitou o momento para se apresentar formalmente como o novo secretário de Esportes e Lazer. E reafirmou o compromisso em gerenciar as demandas de forma humanizada e democrática. “A participação de todos os envolvidos na construção dessa nova gestão, incluindo também as OSCs, será fundamental para que o esporte de Parauapebas seja referência. Pretendo estar junto às comunidades. Já estamos fazendo levantamentos, indo em todas as localidades de responsabilidade da Semel para conhecer de perto o que a população precisa. Só assim vamos atingir objetivos e melhorar o esporte local”, pontuou Gambeta.

Na ocasião, o secretário apresentou algumas ideias de projetos que planeja implantar em Parauapebas, como o Bolsa Atleta e o Bolsa Técnico. Também estão no planos a reforma estrutural do Ginásio Poliesportivo e a construção de uma sede própria para a Semel, além da construção de duas quadras poliesportivas para os bairros.

Ao secretário, os presidentes das OSCs manifestaram sobre a necessidade da implantação de projetos que reforcem a inclusão social, em todas as modalidades, a fim de elevar o esporte do município para outro patamar. Para isso, defenderam as organizações, é preciso que as periferias de Parauapebas estejam dentro das prioridades do governo.

Serviço: Conforme informado por Leandro Gambeta, desde esta segunda-feira, 18, todas as OSCs interessadas em assinar convênio com a Semel podem procurar a recepção da secretaria a partir das 14 horas, para prévio agendamento junto ao Setor de Convênios e ainda para receber novas orientações sobre a documentação, em caso de mais dúvidas. A Semel funciona no Ginásio Poliesportivo, no bairro Beira Rio.

 

Texto: Comunicação Semel
Assessoria de Comunicação – Ascom/PMP
Página 1 de 2

Sul e Sudeste do Pará

Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Novo_Projeto_-_2021-07-05T111350990gk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016