Além de se destacar com o estande mais visitado no Brazil Travel Market (BTM), evento foi realizado em Fortaleza/CE nos dias 22 e 23 de outubro, Parauapebas firmou parcerias estratégicas para ampliar a visibilidade e a comercialização do destino junto às operadoras de turismo e agentes de viagens, entre elas, a Masterop, uma das maiores operadoras do país.

“Nossa base é em Maceió, com filiais em todo o nordeste. Estamos expandindo para todo o país, atendendo as regiões centro-oeste, sudeste e sul. A nossa reunião aqui foi muito importante, porque startou o trabalho para que a gente viabilize essa exposição e comercialização do município de Parauapebas como destino turístico”, explica Artur Francisco Filho, diretor da Masterop.

A reunião foi intermediada pelo diretor do BTM, Breno Mesquita. “Trazer a Masterop para um projeto com Parauapebas e o BTM é muito interessante. Saio dessa reunião muito contente, porque traçamos algumas diretrizes e temos certeza que vamos alcançar sucesso dessa grande parceria para que Parauapebas ganhe o público nordestino”, pontua.

O secretário adjunto de Turismo, Celso Valério, e o secretário de Desenvolvimento, Manoel de Souza, representaram Parauapebas nas reuniões. “Eventos de grande porte como o BTM nos ajudam a divulgar nossos atrativos turísticos e dão a chance de convencer grandes investidores a conhecerem e apostarem em Parauapebas”, afirma.

Visita ilustre

O cônsul da Suíça no Brasil e diretor de turismo do país estrangeiro, Fabien Clerc, visitou o estande, conheceu algumas gemas e joias do Garimpo das Pedras, recebeu a revista do BTM em que Parauapebas foi a capa e foi informado sobre os atrativos turísticos do município.

“Para nós, Parauapebas foi uma descoberta muito importante. Aprendemos um pouco mais deste destino maravilhoso. Eu acho que vai ser o início de uma amizade muito forte com esse destino. E a gente vai desenvolver algumas ideias juntos”, destaca Clerc.

Balanço da participação de Parauapebas no BTM

A presidente do Conselho Municipal de Turismo de Parauapebas, Aglaudene Tomé, ajudou na divulgação de Parauapebas durante o BTM. “Estamos muito felizes por ter participado desse evento em Fortaleza, um destino consolidado. Nossa intenção também foi de buscar conhecimentos para alcançar essa consolidação do turismo em nosso município”, explica.

“O conselho vem apoiando a gestão e acredita que vale muito a pena os investimentos em feiras e eventos como BTM, Abav e Festuris, somente assim a gente consegue apresentar o nosso destino ao mundo e colocar nosso produto nas prateleiras para comercialização das grandes operadoras e agentes de viagens”, acrescenta Aglaudene.

A Secretaria Municipal de Turismo (Semtur) coordenou a organização do estande de Parauapebas no BTM, que contou com a participação também das secretarias municipais de Desenvolvimento (Seden) e Cultura (Secult).

 

Texto: Karine Gomes

Assessoria de Comunicação – Ascom/PMP

Mais de 200 servidores da segurança pública municipal participam nesta semana de uma qualificação em turismo. Ministrada pela secretaria municipal de Turismo (Semtur), o curso “Conhecendo as Rotas Turísticas” vai capacitar os servidores da Guarda Municipal (GM) e do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte (DMTT) para a recepção e orientação de turistas e moradores de Parauapebas.

A iniciativa da Semtur faz parte de um pacote de medidas que estão sendo implantadas este ano para alavancar o turismo na cidade. Além dos investimentos em qualificação de pessoal, outras ações já foram adotadas no primeiro semestre com o objetivo de consolidar Parauapebas como um polo turístico na região de Carajás.

Dentre os conteúdos ministrados na qualificação estão as rotas turísticas já estruturadas, a apresentação do trade turístico e de conceitos importantes para o desenvolvimento do setor. Ao todo, quatro turmas já participaram com mais de 30 servidores já certificados.

Para Darles Zabitosk, inspetora da GM e participante do curso, com a realização do treinamento as informações podem ser passadas imediatamente para as pessoas nas ruas, agregando mais valor ao atendimento prestado aos turistas e moradores de Parauapebas com relação as rotas turísticas.

De acordo com o secretário de Turismo, Rodrigo Mota, os investimentos em turismo na cidade são completos. “O trabalho que está sendo desenvolvido vai desde a implantação de estruturas turísticas, como os Pits, até a qualificação de pessoas para atender os turistas que chegam aqui. Com o curso, vamos oferecer aos agentes de trânsito e guardas municipais um maior conhecimento sobre os atrativos turísticos de Parauapebas. Com isto, a população terá mais uma porta de acesso às informações para localizar os pontos turísticos da cidade”, afirma o secretário.


Medidas para o desenvolvimento do Turismo

Desde a criação da secretaria, em dezembro de 2020, a Semtur já implantou diversas atividades para o desenvolvimento do turismo na cidade. Entre as medidas está o relacionamento com órgãos de governo como Ministério do Turismo e Secretaria de Estado de Turismo. Além disso, a sinalização turística de Parauapebas está em fase de implantação e foram instalados seis Postos de Informações Turísticas em pontos estratégicos da cidade.

Para o segundo semestre, a agenda da Semtur está recheada de ações incluindo a participação em feiras nacionais e internacionais para divulgação das potencialidades turísticas de Parauapebas.

 

 

Texto: Márcia Machado

Assessoria de Comunicação/PMP

Atrativos turísticos, como trilhas, cachoeiras, lagoas, observação de aves e cavernas ferríferas com vestígios arqueológicos, agora estão mais acessíveis ao conhecimento de parauapebenses e visitantes. A prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Semtur) instalou Postos de Informações Turísticas (PITs) em seis locais de maior circulação de pessoas na cidade: rodoviária, Partage Shopping, aeroporto, Center Cidade Nova, Karajás Shopping e Feira do Produtor.

A inauguração dos PITs foi realizada em dois momentos - na Feira do Produtor, no último sábado, 10, e no Partage Shopping, segunda-feira, 12, com a presença do prefeito Darci Lermen, do vice-prefeito João do Verdurão, e também de vereadores, secretários municipais, servidores públicos e do Conselho Municipal de Turismo (Comtup).

De acordo com o vice-prefeito João do Verdurão, os PITs vão agilizar o acesso às rotas turísticas. “O visitante, quando chega em uma cidade que tem um posto de informação, ele se sente bem acolhido, recebido. O oposto ocorre quando não tem informação; o turista vai pra lá, vem pra cá, e perde tempo. Então, parabéns à gestão municipal por essa iniciativa”, destaca.

Para o repasse das informações nos PITs, a Secretaria Municipal de Turismo (Semtur) conta com 29 servidores, que receberam capacitação para atuarem nos postos. “Eles passaram 30 dias em um treinamento intensivo, para aprenderem sobre nossas rotas; estão bem capacitados, bem treinados para atender o turista e passar as informações que ele necessita”, explica Rodrigo Mota, gestor da Semtur.

Com cinco rotas turísticas - Rota Carajás, Rota Indígena, Rota das Águas, Rota City Tour e Rota do Búfalo, Parauapebas desponta no cenário nacional como destino certo para quem pratica o ecoturismo e recebe apoio do Ministério do Turismo.

“Quero dizer a todo mundo de Parauapebas que conte com o Ministério do Turismo. O Brasil será o país com maior potencial de recuperação após a pandemia. O turismo de natureza é o que o mundo quer e nada se iguala ao nosso país no tocante a isso”, destaca o ministro Gilson Neto.

O superintendente do Partage Shopping, Everson Cardotte, elogiou a iniciativa.

“Parabéns, porque o quiosque ficou muito bonito. Com o trabalho que a prefeitura vem desenvolvendo, não tenho dúvida que quando se falar em turismo no Brasil, Parauapebas vai estar entre as grandes cidades do nosso país. O shopping também é considerado um ponto turístico e isso é algo extremamente importante e de muito orgulho para todos nós. E que venham mais projetos como este”, ressalta Cardotte.

Além dos PITs, a população também pode obter informações sobre as rotas turísticas no Centro de Atendimento ao Turista (CAT), localizado na rua E, quadra 50, lote 8, Cidade Nova. O telefone para contato é o 94 3346-3395.

Novos projetos turísticos

Durante o evento de inauguração dos Postos de Informações Turísticas (PITs), o prefeito Darci Lermen anunciou a criação de novos projetos para ampliar ainda mais o turismo no município.

“Serão três pontos principais para o turismo em Parauapebas: o primeiro, são as águas dançantes, que vamos fazer em frente ao prédio da prefeitura”, comenta o gestor municipal.

- Águas dançantes

O projeto das águas dançantes será composto por grandes chafarizes que jorram água em diversos formatos - todas as noites, serão realizados shows culturais. Além disso, no local, em frente à prefeitura, ainda terá o grande lago, praças e teleférico.

- Casas em árvores

Outro projeto também anunciado pelo prefeito Darci é a construção de cerca de 30 casas em árvores, na área de entorno à Cachoeira de Águas Claras, dentro da Floresta Nacional de Carajás. No local, também terá um restaurante e uma tirolesa, com velocidade de até 100 km por hora. O projeto já está em estudo pela gestão municipal e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

- Parque Jeca Tatu

De acordo com Darci, a prefeitura já está em processo de aquisição de uma área também dentro da floresta de Carajás, mas perto dos bairros Nova Carajás, Apoena e Amazônia, onde será feito o Parque Jeca Tatu.

O parque será um ambiente para apresentações juninas com um grande galpão de dança, onde o forró vai se encontrar com o carimbó e o siriá.

O conceito do Parque Jeca Tatu será o encontro da cultura nordestina com a cultura amazônica. Os restaurantes terão comida do Nordeste e comidas da Amazônia.

“Com essas atividades turísticas, a gente vai continuar gerando emprego e renda para o nosso povo, para a nossa gente. Estou feliz com isso, porque Parauapebas vai se consolidar como uma cidade turística”, enfatiza o prefeito Darci Lermen.

 

Texto: Sara Dias

Assessoria de Comunicação/PMP

Mais de 30 servidores participam do curso de formação para operadores dos PITs, Postos de Informações Turísticas, um projeto da Secretaria Municipal de Turismo (Semtur) que vai implantar pontos de informações sobre serviços turísticos em locais estratégicos da cidade.

A capacitação dos servidores tem duração de um mês. Iniciado na última segunda-feira, 17, o treinamento terá uma carga horária de 80h. Para Taylom da Costa, servidor público que está sendo capacitado para atuar nos PITs, o curso oferece uma oportunidade única de participar da divulgação das belezas e atrativos de Parauapebas, tanto para o público de fora, como também para os próprios moradores do município.

Inicialmente, os PITs serão instalados nas principais portas de entrada dos turistas na cidade, como aeroporto e rodoviária, além de outros lugares de referência. De acordo com o secretário municipal de Turismo, Rodrigo Mota, a atividade turística em Parauapebas será um vetor de grande importância para a economia. “Estamos trabalhando para que o Turismo seja uma das matrizes econômicas do município e um grande gerador de emprego e renda”, finalizou o secretário. 

Os PITs serão implantados a partir de junho e fazem parte de um pacote de ações em desenvolvimento para alavancar o turismo no município. Além da participação em feiras pelo Brasil, Parauapebas também investe na melhoria da infraestrutura turística local, da qual fazem parte a rede municipal de atendimento ao turista, hotelaria, gastronomia, agências de viagens e turismo, empresas de transporte, entre outras.

 

 

Texto: Márcia Pajeú

 

Parauapebas participa ao longo de cinco dias (de 24 a 28 de maio) da BNT Mercosul, um evento nacional para promoção do turismo.

O evento terá atividades presenciais e on-line onde agentes de viagem, companhias de transporte, hotelaria, destinos turísticos e imprensa terão uma programação com feira de negócios virtual, capacitações, rodadas de negócios e painéis com líderes de diferentes segmentos do turismo de todo o Brasil.

O objetivo da participação de Parauapebas é promover o município como destino turístico nacional. Para isso, a Secretaria Municipal de Turismo (Semtur) montou um estande virtual para que a apresentação da cidade esteja a altura das belezas naturais locais.

De acordo com o secretário municipal de Turismo, Rodrigo Mota, a participação de Parauapebas em eventos como este agrega valor ao município, uma vez que dá visibilidade para a cidade. “A divulgação constante do município gera interesse em investidores, grupos de turistas e agências de viagens e nos coloca cada vez mais como uma das rotas turísticas mais procuradas da região”, afirma Mota.

Para prestigiar o município no evento é necessário realizar inscrição no site do BNT Mercosul, clicando aqui.

 

Texto: Márcia Pajeú

 

A Secretaria de Estado de Turismo (Setur) enviou integrantes da sua equipe para uma visita técnica às rotas turísticas de Parauapebas, nesta semana. A missão dos profissionais foi avaliar a estrutura do município para que, posteriormente, sejam viabilizadas visitas de agências e profissionais de comunicação especializados em turismo, nacional e internacional.

“O foco principal era a Rota Indígena. A Setur identificou agências interessadas em comercializar esse produto. Porém, em função das condições climáticas, não foi possível fazer a rota. Conhecemos a Rota das Águas e a Rota Carajás, fiquei surpresa e encantada. Não tinha ideia da estrutura turística que a cidade já conta”, destacou Rosana Mourão, gerente de Turismo de Natureza da Setur. 

“Além dos atrativos turísticos, me chamou atenção o nível de qualidade da rede hoteleira de Parauapebas, que não fica atrás da que temos na capital e, em alguns pontos, até supera”, comparou Rosana.

Agenor Neto, gerente de turismo de Praia e Sol da Setur, também participou da visita e compartilhou da mesma opinião positiva da gerente. “Como Parauapebas é o anfitrião da Feira Internacional de Turismo da Amazônia (Fita), que ocorrerá em abril na capital, atrairá ainda mais atenção. A Setur quer dar suporte para a realização de um presstur aqui em Parauapebas, por isso o André (secretário estadual de Turismo) nos enviou para conferirmos as rotas e a estrutura da cidade. Nossa avaliação é muito positiva”, assegura Neto.

Presstur é uma ação de marketing voltada a jornalistas e agências de produção de conteúdo especializado em turismo. O objetivo é conquistar esses formadores de opinião e contar com o trabalho deles na divulgação dos destinos turísticos de interesse de quem realiza o presstur.

Reunião com agências de turismo

A equipe da Setur se reuniu com representantes das agências de turismo de Parauapebas no Centro de Atendimento ao Turista (CAT), na manhã desta sexta-feira (06), para levantar demandas e entender a dinâmica de comercialização dos produtos e do trabalho de receptivo de turistas.

A reunião contou com a presença do coordenador do Departamento de Turismo (Detur) de Parauapebas, Marcos Alexandre, que prestou informações sobre as iniciativas do governo municipal para colocar o município na rota do turismo nacional. É um trabalho que começou em 2017 quando o prefeito Darci Lermen criou o departamento.

Para quem trabalha nas agências, são ações que vêm dando resultado. “Cada vez mais o turismo de Parauapebas avança, e receber uma equipe de turismo do Estado em uma visita técnica, e ter o retorno que a gente teve, é um sinal de que estamos no caminho certo”, diz Leia Silva, da agência ElShaday Tur.

Naomy Takahashi, da agência Skyway Turismo, conta que começou a trabalhar recentemente com o trabalho de receptivo de turistas e acrescentou: “Toda vez que tem um incentivo do governo, a gente avança um pouco mais. Alguns anos atrás o turismo de Parauapebas estava sozinho. Agora, temos mais incentivos; a coisa está andando”.

(ASCOM PMP)

Parauapebas no sudeste paraense, por várias décadas é conhecida como a ‘Capital do Minério’, título este concedido desde descoberta da maior mina de minério de ferro a céu aberto do mundo, em 1967, o que hoje é conhecida como a província mineral de Carajás, operada pela mineradora multinacional, Vale.

O município lidera à produção de minério de ferro no país e no ano passado [2018] foi o 3º maior exportador do país totalizando de U$$ 6,25 bilhões de dólares, gerando o saldo comercial para o país de U$$ 6,15 bilhões de dólares, de acordo com Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, pasta hoje integrada ao Ministério da Economia.

Tendo ainda a extração mineral com carro chefe da economia local, nos últimos anos o ecoturismo tem ganhado destaque na cidade: águas termais, enormes cachoeiras, e diversidade na fauna e flora com espécies únicas que não são encontradas em outro lugar do mundo, reforçam ainda mais este potencial.

Catalogadas como ‘rotas’, os diversos pontos turísticos de Parauapebas apresentam uma grande variedade de atrações que podem proporcionar uma agradável conexão com a natureza. Reunimos aqui as mais importantes que para você possa conhecer um pouco mais sobre as riquezas naturais de Parauapebas.

Rota Carajás - principais atrativos e curiosidades (Fonte: Departamento Municipal de Turismo)

Parque Zoobotânico Vale - Com área equivalente a 30 campos de futebol, possui cerca de 270 animais entre mamíferos, aves e répteis, de 75 a 80 espécies diferentes soltos no parque, em um habitat muito próximo do natural, em regime de semi-cativeiro. A distância da Portaria de entrada da FLONA Carajás até o Parque é de 26km

Trilha Lagoa da Mata - Esta é uma trilha de fácil acesso, com cerca de 800mts que dá acesso a uma lagoa sazonal (Que surge no período chuvoso), formando um espelho d’água de 2 metros de profundidade com uma vegetação que lembra uma floresta sob a água.

Savana Metalófila e Cavernas De N1 - Esta é uma região impar, onde o visitante pode observar dois tipos de bioma, sendo a floresta ombrófila densa e área de vegetação rasteira, conhecida por canga ou savana Metalófila, que é formada devido ao alto índice de ferro no solo, o que impossibilita o crescimento de vegetação densa e alta. Neste atrativo podemos observar a Flor de Carajás (Período chuvoso) que é uma flor endêmica, só vista neste ambiente do planeta. Neste local também é possível visitar duas cavernas ferríferas, que é uma particularidade da região que concentra a maior quantidade de cavidades ferríferas do planeta, sendo mais de 1.000 (mil) cavernas catalogadas. Atrativo distante cerca de 50km a partir da portaria da FLONA Carajás.

Águas Claras - Este é um atrativo que possui duas trilhas (Peito de Aço e Timborana) de fácil acesso com cerca de 750 metros de comprimento que levam a bela cachoeira de Águas Claras. No percurso pode-se observar aves e ouvir os sons da floresta, como é o caso do pássaro Peito-de-Aço. Na localidade há uma base rústica que serve de apoio, cedida gentilmente pelo ICMBio – Que é um dos parceiros do ecoturismo em Parauapebas. (Este atrativo está dentro da área do PARNA Campos Ferruginosos, Unidade de Conservação Federal, criada em junho de 2017. A base fica cerca de 90 km da Portaria da FLONA.

Pedra da Harpia - Uma formação rochosa em granito que permite uma exuberante vista da floresta numa altitude de cerca de 600 metros. Para acessar este atrativo é necessário um veículo do tipo 4x4. (Atrativo também localizado no PARNA Campos Ferruginosos) Este atrativo está distante cerca de 110 km da portaria da FLONA Carajás.

Rota das Águas - principais atrativos e curiosidades (Fonte: Departamento Municipal de Turismo)

Garimpo das Pedras – comunidade e piscina e águas termais - A vila de Garimpo das Pedras está localizada em uma região conhecida como contestado, cerca de 80km do centro do município. Atualmente há um termo de cooperação entre os dois municípios que fazem divisa nessa região, Parauapebas e Marabá. Neste atrativo o visitante pode conhecer um pouco sobre a história da comunidade, a forma rustica como extraem pedras semipreciosas e trabalham para criar peças. Há uma lojinha de souvenires na Vila. O principal atrativo é uma piscina de água termal, localizada a poucos metros da vila, com água em temperatura que varia entre 35 e 40 graus, dependendo do horário do dia.

Estância Águas de Maria - Um recanto encravado na mata. Assim podemos definir este atrativo localizado em uma área particular na comunidade de Vila Sanção, situada a cerca de 65 km da cidade. Piscinas com águas vindas de uma pequena cachoeira, comida típica da roça e chalés para pernoite fazem do local um atrativo a parte na Rota das Águas.

Espaço da Família - Atrativo em área particular, com espaços voltados ao lazer em família, com lagos artificias, quiosques, canoas e cavalos, onde o visitante pode desfrutar de um dia de tranquilidade e muita diversão. O espaço está localizado cerca de 20 km do centro de Parauapebas, na estrada que liga as comunidades de Palmares I e Palmares II.

Balneário do Jóca - Este Balneário localizado em área particular, distante cerca de 16 km do centro do munícipio, alia lazer a preservação da natureza. No local há piscinas de águas captadas do igarapé que corta o local. Há quiosques, churrasqueiras, restaurante, vestiários, sombra e muita água para diversão dos visitantes.

Sítio Cachoeira - Atrativo localizado na Área de Proteção Ambiental do Igarapé Gelado – APAIG, um local simples, mas com gastronomia que agrada, e um banho com uma pequena cachoeira de águas limpas e temperatura agradável. O sítio está localizado cerca de 50 km do centro da cidade.

Parque das Cachoeiras - Este atrativo está sendo prospectado pela equipe técnica do Departamento de Turismo. Por ser uma região rica em biodiversidade, águas e alguns sítios, deverá em breve ser mais ponto turístico dentro da Rota das Águas. Cerca de 20 km da cidade.

Rota do Búfalo - principais atrativos e curiosidades (Fonte: Departamento Municipal de Turismo)

Sítio Boa Esperança (Abacaxi – Mel De Abelha) - Nesta propriedade particular, onde uma família inteira divide os cuidados da terra, temos uma plantação de abacaxi com cerca de 300 mil pés, tornando-os um dos maiores produtores da região. Nesta propriedade também há produção de mel de abelha da espécie sem ferrão, conhecidas como “Meliponíneos”. Os visitantes são recebidos com um farto café da manhã, servido pelos simpáticos irmãos que cuidam da propriedade. Ali o visitante pode se deliciar com produtos da roça. O sítio está distante cerca de 30km do centro da cidade, na localidade de CEDERE I.

Sítio Açaizal - Nesta propriedade particular o grande atrativo é a criação de búfalos, animais de grande porte, porém dóceis, podendo inclusive o visitante chegar bem próximo, e até mesmo acompanhar a ordenha. No sítio há também uma Queijaria que produz queijos derivados do leite de búfala, sendo a Mozzarella de Búfala considerada a melhor do Brasil. Um dos grandes atrativos deste sítio é o Rock in Roça, evento dedicado aos amantes do Rock, que reúne pessoas de todas as idades, tendo o objetivo de gerar oportunidades de valorização de artistas locais e regionais de vários ramos. O evento acontece sempre no segundo fim de semana de dezembro. O sítio está localizado distante cerca de 22km do centro da cidade.

Balneário e Restaurante Fogão de Minas - Um espaço aberto ao público que tem como principal atrativo a culinária. Com pratos diversificados da comida típica da roça, servidos em um espaço agradável às margens do rio Parauapebas. Neste local há um trapiche, mesas e locais para redes na margem do rio. Piscina, vestiários, e uma boa infraestrutura para receber os visitantes. O espaço fica localizado no Complexo VS10, distante cerca de 16km do centro da cidade.

Rota indígena - principais atrativos e curiosidades (Fonte: Departamento Municipal de Turismo)

Terra indígena Xikrin do Cateté - Esta é uma rota voltada exclusivamente para a cultura do povo indígena. Parauapebas possui uma terra indígena dividida em três aldeias, Ô-odjá, Djudjêkô e Cateté. Neste atrativo o visitante faz uma imersão na cultura indígena.

A visita acontece na aldeia Djudjêkô e lá o visitante além de conhecer como vivem os índios, tem acesso às pinturas, artesanato, bijuterias, banho de rio e passeio de canoa pelo rio Cateté, que banha a terra dos xikrins.

Este passeio tem duração de dois dias devido a distância da cidade, sendo necessário pernoite. O acesso é feito partindo de Parauapebas seguindo pelos municípios vizinhos de Canaã dos Carajás e Água Azul do Norte, logo em seguida voltando para a área do município de Parauapebas. A distância é de cerca de 360km do centro de Parauapebas.

Rota City Tour - Principais atrativos e curiosidades: Prédios públicos, cultura, artesanato, história (Fonte: Departamento Municipal de Turismo)

Esta Rota tem como finalidade mostrar ao visitante a história de Parauapebas. Com visitação em alguns atrativos públicos, que é o caso do prédio da Prefeitura Municipal, Pórtico Jubileu de Prata, onde há uma capsula do tempo, Praça da Bíblia e Centro de Abastecimento, o visitante é levado a conhecer um pouco da história do município.

Um ponto interessante desta rota é o Centro Mulheres de Barro, onde os visitantes tem a oportunidade de conhecer de perto o trabalho destas mulheres artesãs que produzem peças baseadas em achados arqueológicos e tem um trabalho social muito importante. Ali o visitante conhece desde o showroom, ao preparo da argila e a fabricação das peças até o momento de irem ao forno.

Nesta rota há também a possibilidade de visita ao Citypark Tênis Clube, ou ao Núcleo Urbano de Carajás com o Doce Norte Esporte Clube. Nesses dois últimos atrativos a distância do centro da cidade é de 8 e 25 km respectivamente. 

 

(Por Fernando Bonfim com informações do Departamento Municipal de Turismo)

A Prefeitura de Parauapebas vai promover um Workshop com agências de viagens de São Paulo, em setembro. O objetivo é capacitar os novos agentes que irão comercializar em suas plataformas os produtos turísticos de  Parauapebas. Essa ação é fruto da  participação do município na WTM Latin America, que garantiu a Parauapebas, além da promoção de seus produtos e atrativos turísticos, a oportunidade de gerar negócios para fomentar essa nova matriz econômica que se desenvolve. 

O estande do município recebeu mais de quatro mil visitantes durante o evento, que ocorreu de 2 a 4 de abril, no Expo Center Norte, em São Paulo. Foram realizadas cerca de 350 rodadas de negócios, além de 15 grandes reuniões com operadoras de viagens, entre elas a CVC Corporativo, Manchester, Soar, Huapi, Casual Free,  Schultz e Confiança. Também foram realizadas reuniões com agentes de viagens do Brasil, com destaque para a Casa dos Agentes, que possui cerca de mil agências associadas.  

Vale destacar as 10 reuniões com agentes internacionais, que expressaram claramente o desejo por comercializar o destino. “Parauapebas é uma maravilha, o paraíso do Brasil. Vi que muitas agências estão interessadas em visitar o município. Será uma honra e um prazer firmar essa parceria”, disse o sócio proprietário e diretor de vendas da Travel Corner (uma agência do Egito), Haitham Mohamed.

“Fiquei surpreso! A parceria com os índios, águas termais, minas, trilhas, é um universo muito grande. Vai ser um prazer mudar a ideia do Brasil, que só fica no Rio e São Paulo e agora começar a abrir um monte de coisas novas para os estrangeiros”, comentou o operador de viagem da Travelander Group, Raul Benitez. De acordo com Raul, os destinos comercializados pela empresa atende clientes do México, EUA, Singapura, Perú, Colômbia, Guatemala e Índia.  

Encantada com os roteiros turísticos do município, a operadora de viagens da Indonésia, Sinta Stepani, pretende oferecer o destino aos seus clientes, “Parauapebas despertou meu interesse. O Brasil é vasto e sempre tem coisas novas para conhecer. Nunca fui para o Pará e espero visitar Parauapebas em breve. Espero também levar vários grupos de turistas tanto do Brasil quanto do exterior para conhecerem as rotas turísticas do município”.

A diretora da WTM, Luciane Leite, elogiou a participação do município no evento. “O estande de Parauapebas ficou lindo. Vocês trouxeram empresários a até representantes indígenas. A WTM ganhou muito com a presença de vocês. Parabéns pelo trabalho e pela visão do prefeito. Teve um trabalho técnico muito bom. Espero tê-los no próximo ano”, disse.

Para o prefeito de Parauapebas, Darci Lermen, “a participação de Parauapebas nessa feira foi um sucesso”. Agora o município se prepara para colher os resultados. “Com certeza isso vai trazer um resultado extraordinário para nosso município e principalmente para a nossa gente. O governo acredita que essa pode ser uma matriz econômica significativa a ser desenvolvida”, frisou.

Texto: Rayssa Pajeú

Na terça-feira, 8, o prefeito Darci Lermen e o superintendente da Caixa Econômica Federal, Paulo Cunha, assinaram um contrato de repasse de recurso federal no valor de R$ 4.050.000,00, celebrado entre o Ministério do Turismo (MTur) e a Prefeitura de Parauapebas. O recurso do convênio, que tem a Caixa Econômica como agente financeiro, será destinado à construção do Centro de Eventos de Parauapebas.
 
O projeto de infraestrutura do Centro de Eventos que já foi apresentado ao MTur será apresentado para a Caixa Econômica. “O recurso conquistado pelo Prefeito Darci Lermem, está vinculado a uma conta na Caixa Econômica Federal e só pode ser usado especificamente para a construção desta obra, que será executada por empresa contratada por meio de processo licitatório”, explicou o coordenador do Departamento de Turismo do Município (Detur), Marcos Alexandre. 
 
Anualmente, o MTur abre um processo de seleção entre os municípios que fazem parte do Mapa de Regionalização do Turismo Brasileiro. Os contratos de repasse de verba são divididos por categorias, dentre elas: Estruturação Turística, Promoção, Qualificação, Gestão Turística e outras.  Foram quase dois anos de trabalho junto ao MTur a fim de atender a várias exigências para que o município conseguisse alcançar todos critérios para receber o repasse de recursos federais. 
 
A instituição e posse do Conselho Municipal de Turismo (COMTUP), a criação do Fundo Municipal do Turismo e do Plano de Desenvolvimento do Turismo, realizados em 2018, foram alguns dos critérios atendidos para que o município recebesse esse investimento do governo federal e para que o projeto de consolidação do município no mapa turístico nacional pudesse acontecer. Hoje, Parauapebas se enquadra na categoria B do Mapa do Turismo, o que possibilita uma captação maior de recursos para investimento na área turística. Em 2018, somente 5 município do Pará conseguiram captar esses recursos.
 
Além disso, outras ações foram realizadas para fomentar o turismo local, como o início do processo licitatório de Sinalização Turística e do Plano Estratégico de Marketing Turístico. Também foram criadas 4 Rotas alternativas à Rota Carajás, que agregaram mais opções de visitação (Rota Indígena, Rota City Tour, Rota do Búfalo e Rota das Águas). A criação das novas rotas iniciou um processo de aproximação do governo com a comunidade e o trade turístico. 
 
“Essa aproximação é fundamental, pois é um meio de conscientizar a população sobre a importância do turismo como matriz econômica. Nós já realizamos famtours com agencias do eixo Rio-São Paulo e nos próximos meses esses agências vão comercializar as rotas turísticas do município e consequentemente aquecer o comércio local. A construção deste Centro de Eventos é mais um ganho para a população, que também vai ter mais uma possibilidade de movimentar a economia por meio do Turismo de Negócios e Eventos”, finalizou o coordenador do Detur.
 
Veja  aqui a integra do convênio.
 
Assessoria de Comunicação - Ascom | PMP
 

Quem reside na ‘capital do minério’, certamente também conhece os famosos ‘três de minério da Vale’. Com aproximadamente 330 vagões, essas máquinas são consideradas os maiores trens do mundo e são a principal forma de transporte do Minério de Ferro que é extraído nas minas do Corredor Norte. Mas e o Trenzinho  da Tia Vivi? Você conhece? Já ouviu falar?

A ideia criativa de casal de parauapebenses, Antônio João Valamiel e Viviane Oliveira Valamiel, já está se tornando a mais nova atração turística do município. Com menos de um mês, o Trenzinho das Tia Vivi já arranca sorrisos de milhares de pessoas de todas as idades em seus passeios noturnos, proporcionando um agradável passeio pelas principais ruas de Parauapebas.

Homem Aranha, Pantera Negra, Superman e outros: Todos os dias, Antônio Valamiel, que também é o “maquinista” do Trenzinho, usa uma fantasia diferente. Viviane também não fica para trás e vestida de Mulher Maravilha, Chiquinha e inúmeras outras personagens é quem anima os passageiros abordo do trem.

Em uma entrevista ao portal de notícias, Carajás o Jornal, o casal falou que foram aproximadamente 10 meses de planejamento até a primeira viagem e que, a ideia surgiu durante uma caminha, enquanto falavam sobre as poucas opções de lazer que a cidade oferece. “A gente queria algo que fosse bom para a gente e para Parauapebas, e que, ao mesmo tempo, fosse viável. Foram 06 meses para o transformar o caminhão em um trem”, disse Antônio Valamiel.

Já Viviane, conta que a ideia das fantasias é propor uma forma de lazer em família, com brincadeiras para todas as idades. “O sorriso é a chave do negócio e o nosso intuito sempre foi esse; proporcionar um local onde as pessoas pudessem passear com a suas famílias e resgatar esse elo familiar importantíssimo”, disse Viviane.

Além de alegria e diversão, o Trenzinho da Tia Vivi também é símbolo de segurança e acessibilidade e conta, inclusive, com vagas para cadeirantes. Os passeios duram em média de 40 a 50 minutos e a rota percorre as principais ruas de Parauapebas.

Para ficar informado sobre os dias, horários e percurso, é só entrar em contato com  a Tia Vivi ou o herói maquinistas do trenzinho, através dos contados (94) 981151131 (94) 984072707 / Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou através do instagram do Trenzinho da Tia Vivi

Diariamente centenas de pessoas participam das viagens pelas principais ruas da cidade.

 

    

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Todos os dias o casal veste uma fantasia diferente.

 

 

 

Antônio João Valamiel e Viviane Oliveira Valamiel, são casados e moram em Parauapebas há mais de 20 anos.

 

 

 

 (Reportagem: Fernando Bonfim)

 

Página 1 de 3

Sul e Sudeste do Pará

Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Novo_Projeto_-_2021-07-05T111350990gk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016