Imprimir esta página

Assaltantes invadem residência e faz família refém Destaque

O caso aconteceu na manhã desta quarta-feira, 05, no bairro Vila Rica, em Parauapebas, quando criminosos fortemente armados renderam e mantiveram uma família refém dentro da própria residência enquanto realizavam um limpa.

Segundo a vítima que preferiu não se identificar, o crime ocorreu por volta de 07hs da manhã, momento em que a mulher abriu a porta que dá acesso ao quintal da residência, foi surpreendida pela dupla que estava armada e invadiram a residência, onde haviam três pessoas, a dona da casa e os dois filhos.

Caminhonete foi apreendida

De acordo com a vítima, os criminosos entraram no local exigindo as chaves dos veículos, dinheiro e objetos de valor. A família foi colocada dentro de um quarto com pés e mãos amarradas. A dupla fugiu do local levando veículos, aparelhos celulares e outros objetos, o prejuízo causado com a ação criminosa ainda não foi calculado pela família.

Após deixar a casa, segundo a Polícia Civil que investiga o crime, os assaltantes deixaram a cidade com destino ao município de Curionópolis. A equipe da 20ª Seccional de Parauapebas acionou a Polícia Civil daquela cidade, que juntamente com a Polícia Militar realizou barreiras na PA 275, momento em que os policias conseguiram surpreender Robson Vaz dos Santos, que conduzia o veículo roubado da casa da família.

“para a polícia o motorista Robson Vaz dos Santos, disse ter sido contratado para conduzir o veículo até a cidade de Marabá. "Pelo que investigamos, trata-se de quatro criminosos, sendo que já conseguimos identificar um deles que participou do crime dentro da residência, o Robson é um deles que também participou da ação criminosa”, enfatizou o delegado Élcio de Deus, diretor da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas.

Marcelina abrigou Robson em sua casa e tinha conhecimento do roubo

Ainda de acordo com o policial, Robson Vaz estava em Parauapebas há poucos dias e que teria saído de Curionópolis para participar do assalto. Uma mulher também foi presa, Marcelina de Abreu Silva que é proprietária da residência, localizada no bairro dos Minérios em Parauapebas, onde o suspeito ficou até o dia do crime, e foi no endereço de Marcelina que os criminosos trocaram de motorista para a condução da camionete.

“Chegamos lá, ela negou a princípio que conhecia Robson, mas com as informações que a gente tinha, ela acabou entregando que realmente, ele passou a noite na residência dela e que a mesma teria conhecimento do assalto e também da troca de motorista para levar a camionete até o município de Marabá,” afirmou o delegado.

Segundo o delegado, Robson não possui ficha criminal, e seria o responsável para levar o veículo até Marabá. O casal foi conduzido para a delegacia, onde segue preso, a polícia trabalha agora para identificar o restante da quadrilha.

 

(Neide Folha)

Avalie este item
(0 votos)

Compartilhe na sua rede social...

Carajas o Jornal