Parauapebas: Pastor é acusado de violência física contra a mulher

 

No último sábado (17) a Policia Militar se deparou com uma mulher em estado de choque, ela solicitou uma corrida de UBER, mas estava sem dinheiro para pagar, ao ver a guarnição ela fez um pedido de socorro, um CABO da Policia Militar pagou ao motorista o valor de R$:13 reais. Tatiane da Conceição de 28 anos Alves, acusa o marido: Ramiro Silvestre da Silva Pinto de agressões físicas, de acordo com ela, o mesmo que é pastor, portava armas de fogo na casa localizada no Bairro Jardim Canadá.

Os dois não possuem filhos juntos, mas conviviam com filhos de relacionamentos anteriores. A mulher tem uma filha menor, já o acusado tem 16 filhos, entre eles 2 menores que moravam com o casal.

Na delegacia, Tatiane relatou que o marido foi buscá-la no Salão, por volta das 19h. Já, em casa, os dois iniciaram um discursão, pois Ramiro teria colocado uma visita dentro de casa sem avisar, momento que o acusado passou a dizer que tudo que ele possui na casa foi o mesmo quem deu a esposa, em seguida, o “pastor” a agrediu a mulher a socos na região da boca, a vítima relatou que depois caiu por cima de uma moto e ficou com lesões pelo corpo. Sem Demora, Tatiane colocou as malas para fora de casa, momento em que o suposto agressor saiu na moto e teria dito: “Isso não vai ficar assim. Eu vou te matar”

Nesse instante, um dos filhos do “pastor” teria chegado na companhia de um amigo, os dois entraram na casa e levaram as armas, nesta ocasião, a vítima aguardava um UBER.

Ainda de acordo com Tatiane, a cerca de uma semana, uma outra “briga” entre o casal, teria acontecido; Ramiro teria pressionado o cotovelo e a garganta da mulher, o mesmo teria dito que se não a matasse, teria quem fizesse isso por ele, caso ela abandonasse a relação.

Após, o depoimento da mulher, a Policia Militar foi até o local relatado, mas nenhuma arma de fogo foi encontrada com o acusado, o mesmo disse aos policiais que é Militar Oficial da Reserva do Exército. No entanto, o acusado foi encaminhado para Seccional de Policia Civil de Parauapebas.

 

Tatiane da Conceição solicitou Medidas Protetivas de Urgência:

Suspensão da posse ou restrição do porte de armas, proibição de aproximação entre a vítima e o acusado seus familiares e testemunhas, Proibição de contato por qualquer meio de comunicação entre a ofendida, familiares e testemunhas; proibição de frequentar determinados lugares a fim de preservar a integridade física e psicológica da ofendida.

A Policia Civil investiga o caso de agressão física, caso seja constatado que houve lesões corporais, o acusado pode pegar de 3 meses há dois anos de prisão de acordo com a lei Maria da Penha.

 

Por Neide Folha

Avalie este item
(0 votos)

Sul e Sudeste do Pará

Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016