Universitário é encontrado morto às margens da linha férrea próximo ao bairro Nova Carajás

A Polícia Civil através da divisão de Homicídio de Parauapebas instaurou inquérito policial, para apurar o assassinato por arma de fogo do universitário e funcionário público, Duane Silva Sousa, de 32 anos de idade, encontrado morto com um tiro no rosto, nas proximidades do viaduto da linha férrea a cerca de 800 metros da PA -275 após o bairro Nova Carajás.

A vítima era residente doo bairro Nova Vida II, e todas as noites trafegava pela rodovia com destino a UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA (UFRA), onde cursava engenharia de produção.

De acordo com informações, o corpo da vítima foi encontrado por volta das 23 horas de ontem, terça-feira, 17, na estrada de chão ao lado da nova linha de ferro recém-construída pela mineradora Vale S.A.. A vítima foi vista pela última vez por volta das 22 horas, quando teria deixado a universidade.

Como não chegou em casa como de costume, os familiares e amigos passaram a procurá-lo, momento em que acionaram a polícia; e minutos depois, seguranças que prestam serviço de monitoramento na área se depararam com um corpo de um homem caído no meio do barro e lama.

Em ato continuo a polícia militar foi acionada e, com base nas características repassadas pela família do estudante, constataram que se tratava-se de Duane Silva, instante em que o Centro de Controle Operacional, entrou em contato com os parentes de Duane Sousa para fosse até o local do achado.

A primeira hipótese é que o rapaz tenha sido vítima de latrocínio (roubo seguido de morte), uma vez que a moto POP que ele pilotava não havia sido localizada, nem tão pouca a carteira porta cédula com seus documentos nem a mochila que carregava com um notebook.

Entretanto, um dos objetos mais procurados por assaltantes, o celular, estava em seu bolso.

Até o presente momento não há informações precisas quanto ao que pode ter acontecido no local e se o rapaz foi em sua moto ou em outro veículo, se foi latrocínio ou crime por encomenda.

Pelas condições da estrada, outra hipótese levantada é de que não é possível entrar na área de moto, uma vez que havia chovido bastante, e o barro estava solto, o que poderia impossibilitar o funcionamento das rodas, tanto da moto dos assassinos como também da POP da vítima.

(Caetano Silva)

Avalie este item
(0 votos)

Sul e Sudeste do Pará

Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016