Há dois meses do prazo final para o recadastramento biométrico em Parauapebas, o município não atingiu nem 50% do eleitorado revisado, cerca de 80 mil eleitores ainda precisam procurar o posto de atendimento da Justiça Eleitoral na cidade.

Pensando na intensificação das atividades no município a Justiça Eleitoral programou dois itinerantes para este mês, um no Núcleo Urbano da Vale (14 e 15/10) e outro nas aldeias Ô-Ô-DJÀ, KATETÉ e DJUDJE-KÔ (20 a 23/10).

Além disso, no dia 14 de outubro, o Presidente do Tribunal Regional Eleitoral, Desembargador Raimundo Holanda Reais, estará no município cumprindo agenda para assegurar o direcionamento e a estrutura necessários ao bom andamento dos trabalhos de recadastramento. Ele deve, também, atender a imprensa e acompanhar o itinerante no Núcleo Urbano da Vale como forma de levar o TRE para mais perto do eleitorado.

A identificação biométrica é uma ferramenta que garantirá mais segurança na identificação do eleitor no momento da votação. “A partir da coleta biométrica a identificação do eleitor e o pleito ganham mais transparência, pois aliamos os dados biográficos já existentes aos biométricos como impressões digitais e fotografia” comenta Felipe.

Lembrando que, precisam fazer o recadastramento todos os eleitores dos municípios em revisão, sem exceção, sob pena de cancelamento do título eleitoral. O comparecimento deve ocorrer nos períodos indicados para cada um dos municípios no cartório eleitoral ou no posto que será instalado temporariamente nos municípios. “Hoje, nosso posto de atendimento está trabalhando com um número muito baixo de eleitores, portanto, ainda não há filas ou grandes períodos de espera, mas o eleitor que deixar para última hora com certeza terá problemas com isso”, alerta Felipe Brito, Secretário de Tecnologia da Informação do TRE-Pa.

Felipe lembra também que o Tribunal disponibiliza através do site www.tre-pa.jus.br a possibilidade de agendamento deste atendimento para facilitar a ida do eleitor e evitar filas, e concede ainda um documento de comparecimento para um dia de abono no ponto no local de trabalho.

 

Da: Redação

 

Através de denúncias anônimas, é cada vez maior a chegada de informações a respeito de criminosos que utilizam suposto vestuário das Centrais Elétricas do Pará – CELPA para cometerem assaltos a casas e transeuntes. A CENTRAL DISQUE DENÚNCIA SUDESTE DO PARÁ já registrou ocorrências oriundas dos municípios de Marabá e Parauapebas a respeito dessa modalidade de crime.

A desculpa utilizada pelos assaltantes é de que precisam fazer uma vistoria na residência, pois há suspeita de que exista um “gato” (ligação irregular) no local. Quando o morador autoriza a entrada dos supostos agentes, o assalto é anunciado.

A respeito dessa situação, a Celpa preparou um material informativo com todas as informações a respeito da identificação de colaboradores, funcionários terceirizados e veículos prestadores de serviço da concessionária de energia.

O executivo de Desenvolvimento de Parceiros da Celpa, Edson Naiff, explica que “…em situações que as ações das equipes sejam suspeitas, é importante que o cliente tome nota do número da placa do veículo que está conduzindo os colaboradores, do número da frota e do nome da pessoa que fez a abordagem…”

Segundo a coordenadora do Disque Denúncia, Hellen Araújo “é muito importante que o cidadão denuncie esse tipo de crime, pois assim podemos mapear a ação criminosa e indicar aos órgãos competentes as localidades e as características dos indivíduos envolvidos”.

 

 

 Uniformes e crachás padrão Celpa

 

Uniforme de agente de relacionamento.

 

Uniforme de eletricista padrão CELPA.

Desde que foi diagnosticado com o tumor no cérebro, José Tadeu Souza estava passando por tratamento na capital, Belém.

O corpo de Tadeu foi velado na Câmara Municipal na presença da família, de amigos e polticos de vários partidos, inclusive do Partido dos Trabalhadores.  

O presidente estadual do PT, Milton Zimmer, é um dos que lamentou a morte do líder político. “É uma grande perda, mas ele tinha uma contribuição importante na organização do movimento social. Acho que a cidade de Parauapebas perde uma liderança com uma capacidade incrível de dialogar, de paciência para buscar sempre a construção de projetos mais humanos. Nós lamentamos, mas prevalece o legado dele”, lamenta Zimmer, acrescentando que o PT de Parauapebas deve muito à contribuição de Tadeu.

O ex-prefeito de Parauapebas, Darci Lermen, ressalta o companheirismo do então presidente petista, suas lutas sindicais e movimentos populares. “Ele participou do planejamento de grande ações, por exemplo, toda estrutura da região do Complexo Altamira. É uma perda muita grande para o nosso partido e para nossa cidade”, disse o ex-prefeito se referindo ao período que José Tadeu foi secretário de Planejamento de seu governo.

“Estamos de luto, mas ao mesmo que estamos triste com a morte dele, a vida que ele teve e o legado que ele deixou nos dá alegria. Preferimos pensar na vida”, disse Lermen.

.

 

José Tadeu Souza, tinha 61 anos de idade e faleceu em decorrência de um tumor da cabeça.

 

o ex-prefeito de Parauapebas, Darci Lermen, relembra as lutas de Tadeu e suas conquista
na história de Parauapebas.

 

O presidente estadual do PT ressalta a contribuição de Tadeu e lamenta sua morte.

 

Programar viagens e adquirir bilhetes para o trem de passageiros da Estrada de Ferro Carajás (EFC) ficará ainda mais prático. Como parte dos investimentos destinados à área, a Vale lança a venda on-line de passagens. Com essa inovação, a empresa busca oferecer ainda mais comodidade e praticidade às pessoas que utilizam o trem diariamente.

O serviço de compra on-line de bilhetes de viagem já está disponível no site do trem de passageiros da Vale, no endereço www.vale.com/tremdepassageirosefc. Ao acessar a página, o interessado deverá escolher a opção "compra online" no menu localizado no lado direito do site. A emissão de passagens on-line para a mesma data da viagem só poderá ser feita até três horas antes do horário do embarque.

Para retirar a passagem, o voucher gerado na efetivação da compra on-line deve ser impresso e apresentado pelo comprador na bilheteria da estação de embarque. "Para evitar contratempos, é importante que o passageiro chegue ao local com pelo menos 40 minutos de antecedência", orienta o supervisor do trem de passageiros, Italo Carvalho. Cabe destacar a compra de passagens pela internet poderá ser feita com pelo menos 45 dias antes da data prevista para a viagem.

Além da compra on-line, também será possível comprar com cartão nas estações de São Luís, Santa Inês, Açailândia, Marabá e Parauapebas. Neste caso, é necessária a presença do titular do cartão para que a venda seja efetuada. A previsão é que a venda com cartão nestas localidades sejam iniciadas a partir do dia 5 de outubro. Nos demais pontos de venda presentes nestas localidades e também em municípios como Miranda do Norte, Vitória do Mearim, Alto Alegre do Pindaré e Nova Vida, a previsão é que a venda com cartão seja iniciada a partir do dia 13 desde mês.

"Acreditamos que com essa medida, a compra de passagens ficará mais acessível, podendo ser feita a qualquer hora e em qualquer lugar, pela internet, e também nas bilheterias. Esta é uma das melhorias que a Vale está oferecendo para os usuários do trem de passageiros, lembrando que este mês iniciamos a operação de um novo trem, com funcionalidades que oferecem maior conforto e comodidade para os passageiros", declara o gerente do trem de passageiros da EFC, Gustavo Mucci.

O interessado em obter mais informações sobre o trem de passageiros da Estrada de Ferro Carajás (EFC) pode entrar em contato com o canal de atendimento gratuito Alô Ferrovias (0800 285 7000) ou acessar o site do trem de passageiros no endereço www.vale.com/tremdepassageirosefc. Pela internet, os passageiros encontram dicas de viagem e de embarque, além de informações sobre seus direitos e deveres.

Cabe destacar que o embarque de menores de idade no trem de passageiros da EFC só é permitido mediante a apresentação da certidão de nascimento ou da carteira de identidade, conforme previsto em lei. Pais ou responsáveis também têm de apresentar o documento de identidade no momento do embarque como forma de comprovar o parentesco com a criança.

 

O indivíduo Edvanilson Silva, marido da vereadora Eliene Soares (PT), agrediu verbalmente nesta terça-feira (6) o jornalista Zinho Bento, diretor do Jornal de Parauapebas, usando contra o mesmo palavras ofensivas, bem como o ameaçando de agressão física e tentando lhe impedir de exercer a função de fotógrafo, quando o mesmo fotografava a vereadora no meio da plateia da Câmara Municipal de Parauapebas.

Jovens sem futuro

Usando seu tempo regimental dentro da Câmara, Eliene fez pronunciamento criticando a saúde no município e durante sua fala foi vaiada por um grupo de jovens que se encontrava na plateia portando cartazes ofensivos à sua pessoa.

Depois de fazer o pronunciamento na tribuna, chamando alguns jovens de “sem futuro”, a vereadora deixou o plenário e se dirigiu para o auditório, onde a reportagem achou que poderia haver algum confronto entre a vereadora e os manifestantes, resolvendo acompanhar a mesma para registrar os fatos.

No momento em que realizava o seu trabalho, surgiu Edvanilson Silva tentando impedir o trabalho do jornalista, fazendo agressão com palavras ofensivas e ameaças de agressão física que foi assistida por inúmeras pessoas que estavam no local.

O marido da vereadora, ao ver que o repórter estava tirando diversas fotos da vereadora no meio da plateia, se colocou na frente da câmera e usou palavras de intimidação, tentando evitar que as cenas fossem registradas.

“Estava fazendo apenas meu trabalho, cobrindo a sessão da Câmara e ao ir fotografar a Vereadora, o seu companheiro veio a me empurrar, ameaçar e tentar me agredir, graças ao amigo e companheiro de imprensa Bariloche Silva a situação foi controlada”, relatou o jornalista Zinho Bento.

Em momento algum houve qualquer cena que pudesse comprometer a reputação da vereadora, mas o marido da mesma assim não entendeu e quis fazer prevalecer a sua condição de “segurança” de sua esposa, empurrando por várias vezes e profissional de imprensa.

Imprensa revoltada e solidária

A desavença foi notada por alguns colegas de imprensa, que estavam no local e logo quiseram se informar do que estava acontecendo, censurando o comportamento do marido da vereadora, que não teve como explicar o seu procedimento.

Deve ser proibido

O marido da vereadora Eliene Soares, segundo informações de dirigentes do Legislativo, não é funcionário da Casa e nem lotado no gabinete da mesma como assessor, e por isso sua presença dentro do plenário da Câmara, servindo de “segurança” para a vereadora, não é permitida, segundo determina o Regimento Interno.

O elemento faz questão de permanecer durante todo o tempo da sessão da Câmara sentado bem próximo à vereadora, e volta e meia chega a interferir nas ações que a mesma pratica.

Este tipo de comportamento não deverá ser mais permitido, segundo afirma o presidente da Câmara de Parauapebas Ivanaldo Braz Simplício (SDD).

Vereadora pede desculpa

Ao final de sessão, a vereadora Eliene Soares pediu um minuto na fala do seu colega, vereador Pavão, para se desculpar com o jornalista Zinho Bento e pedir relevância com relação ao ocorrido.

Presidente esclarece

Ivanaldo Braz em coletiva à imprensa manifestou sua insatisfação com o ocorrido, esclarecendo que pessoas não credenciadas não podem permanecer no plenário da Casa, bem como pediu a todos os vereadores que não deixem o plenário para ir ao auditório encontrar-se com a plateia, a fim de evitar possíveis confusões e fatos imprevisíveis.

Aicop se manifesta

Em nota, a Associação de Imprensa e Comunicação de Parauapebas (AICOP), lamentou a intimidação e agressão sofrida pelo Jornalista Zinho Bento e cobrou da presidência da Câmara de Parauapebas respostas para que o marido da vereadora não permaneça mais na área restrita para vereadores e imprensa.

 

Fonte: Portal Pebinha de Açúcar 

Aconteceu no último domingo (4) em 20 polos da cidade e da zona rural a eleição que definiu os cinco conselheiros tutelares que vão atuar no Conselho Tutelar I de Parauapebas, localizado no Bairro Rio Verde, além de definir seus respectivos suplentes.

Apesar de o voto é facultativo, muita gente fez questão de comparecer nas urnas para registrar a escolha. Como é o caso do senhor Fortunato Dias Neto que acha importante decidir quem vai cuidar das crianças e adolescentes. “É bom ter um pessoa responsável pelas crianças no município. Eu nunca fiquei sem votar, toda eleição eu voto e voto consciente. Para o conselho tutelar é a primeira vez”, declara o eleitor.

Quem também fez questão de escolher os conselheiro foi Thalita da Silva. “É importante escolhermos conselheiros competentes, pessoas que quando precisarmos estejam de portas abertas. Eu como filha de Parauapebas não estou satisfeita com os atuais conselheiros e espero renovação com esta nova eleição. Que eles tirem as crianças do mundo das drogas, coloquem num abrigo e deem mais proteção”, enfatiza Thalita.

A disputa foi acirrada, os 27 candidatos tiveram menos tempo para fazer a campanha e conquistar a confiança dos eleitores por causa da anulação da primeira prova.

A apuração aconteceu ainda no domingo no Centro Universitário de Parauapebas (CEUP), devido a votação ter sido por cédula manual e não por urna eletrônica o resultado só saiu por volta das 23h.

Os eleitos são:

Marcia Aguiar Barros - 1.134 votos;

Vaurismar Santos -  1.038 votos;

Mara da Farmácia – 942 votos;

Nil – 797 votos e

Adangêla – 559 votos.

Seus suplentes são:

Arlete Sacramento – 534 votos;

Rone Moreno – 482 votos;

Leide – 437 votos;

Márcia de Jesus- 433 votos;

Alverlene Girão - 413 votos.

A posse dos novos conselheiros tutelares está prevista para acontecer em janeiro de 2016.

Desde o final do primeiro semestre desse ano a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) vem se preparando para realizar a implantação do Centro Especializado em Reabilitação (CER), que vai atender a população do município que carece desses serviços de saúde, em especial aqueles atendidos pela Apae.

Durante uma reunião ocorrida nesta quarta-feira (23), o secretário de saúde, João Luiz Ribeiro, apresentou para uma comissão formada por integrantes da Apae e do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CMDPDP) o local em que vai funcionar a estrutura do CER, assim como realizou outros encaminhamentos.

“A instalação do CER será no mesmo prédio do Centro de Especialidades Integradas (CEI), que conta com um amplo espaço. Vamos iniciar a partir dessa reunião de hoje os trabalhos da parte técnica, dentre elas a definição de horários de atendimento, durabilidade, contratação de equipe, e vamos submeter tudo isso ao Conselho Municipal de Saúde”, disse João Luiz.

A oferta dos serviços de reabilitação por meio do poder público é uma demanda antiga da Apae Parauapebas, que atende em média 110 usuários. “Essa reunião é um divisor de águas, pois constatamos que a Prefeitura realmente está trabalhando para ofertar esse serviço tão importante para nossa população, estamos muito felizes pelas decisões encaminhadas nesta reunião”, destacou Vanilda Queiroz, presidente da instituição.

Segundo a presidente, a instituição atende atualmente usuários apenas na faixa etária entre zero e 14 anos, com a oferta do serviço de reabilitação por meio da Semsa esse atendimento será irrestrito. “A Apae não vai fechar, vamos continuar desenvolvendo nosso trabalho, porém voltado ao público adulto”, informou Vanilda Queiroz.

Centro Especializado de Reabilitação - A habilitação e reabilitação visam garantir o desenvolvimento de habilidades funcionais das pessoas com deficiência para promover sua autonomia e independência, nesse sentido os Centros Especializados de Reabilitação são estruturas compostas por equipamentos e profissionais preparados para atender esse público com serviços de reabilitação física, visual, auditiva e intelectual.

Segundo o Ministério da Saúde em todo o país existem 124 CER habilitados e outros 77 projetos de construção aprovados. Eles são classificados pela portaria nº 1.303 d0 Ministério da Saúde em CER II, III ou IV, dependendo do tipo de atendimento realizado.

O tipo que será implantado em Parauapebas está em definição. Uma equipe técnica formada por profissionais da Semsa e da Apae trabalham juntos na elaboração de processos de trabalho.

 

Da: Redação

 

Após módulos de formação com foco em Língua Portuguesa e Matemática, o Ministério da Educação (MEC) optou por expandir o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Pnaic) para as demais áreas do conhecimento. O novo ciclo de capacitação enfatiza a alfabetização multidisciplinar. Em Parauapebas, o segundo ciclo de formação, com foco em Matemática, encerrou em dezembro de 2014, tendo alcançado 429 educadores, com mais de 11 mil alunos beneficiados. A nova etapa de formação, que deverá atender um número maior de educadores, começou agora em setembro e se estende até janeiro de 2016. Artes, Ciências da Natureza e Ciências Humanas são alguns dos temas que estão sendo trabalhados com os professores.

 

Na rodada de formação realizada no último sábado (19), pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), participaram educadores que lecionam para os 1º, 2º e 3º anos do ensino fundamental. Segundo a coordenadora municipal do Pacto, Rosinalva Alves, os educadores têm participado ativamente das formações e os resultados são satisfatórios. “Quase cem por cento dos professores dos ciclos iniciais participam das formações e o resultado de todo esse trabalho pode ser visualizado em nossos índices de aprendizagem. Dos nossos 3.916 alunos do 3º ano, 87% estão alfabetizados e, até a conclusão do ano letivo, pretendemos universalizar esse índice”, afirma a coordenadora.

De acordo com Edson de Oliveira, um dos orientadores de estudo municipal, o Pacto amplia o conhecimento que o município já tem em relação às formações continuadas. “O programa trouxe aprofundamento e ampliação do conhecimento docente, seja metodológico, linguístico, matemático ou mesmo dos outros componentes curriculares. Em 2015, trouxe a questão da interdisciplinaridade, com conexão entre os componentes curriculares. São temáticas que estão em alta e são resignificadas com a ampliação do conhecimento docente”, ressalta.

Jozelina Soares Lima é uma das professoras da rede municipal de ensino beneficiadas com as formações do Pacto desde a primeira etapa, iniciada em 2013. Atualmente, leciona para uma turma de 3º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Irmã Laura. Ela afirma que os resultados obtidos são muito positivos.

“O Pacto me proporcionou a aquisição de novos conhecimentos e melhorou minhas práticas em sala de aula. Alguns de meus alunos apresentavam bastante dificuldade na aprendizagem de Matemática, mas com o uso do material disponibilizado e confeccionado, inclusive jogos, a aprendizagem fluiu. O desempenho deles hoje é outro, muito melhor”, observa Jozelina.

Para a professora Ana Cleide da Silva Leal, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Machado de Assis, um dos grandes diferenciais do Pacto é justamente a metodologia utilizada. “Essa iniciativa nos dá a possibilidade de apresentar o conteúdo às crianças de forma mais gostosa, com materiais concretos. Assim, elas se interessam mais e aprendem brincando”, enfatiza a educadora, que leciona para os pequenos estudantes do 1º ano do ensino fundamental.

 

SOBRE O PNAIC

 

Criado em 2012, o Pnaic busca assegurar que todas as crianças estejam alfabetizadas até os 8 anos de idade (3º ano do ensino fundamental). A metodologia do programa propõe estudos e atividades práticas para atualizar ou aprofundar a formação dos alfabetizadores da rede pública.

 

 

Textos e fotos: Messania Cardoso - Semed

O período mais seco do ano e a falta de chuvas traz uma péssima notícia: o nível dos reservatórios estão cada vez mais vazios.

A equipe de reportagem na companhia do diretor administrativo do Sistema Autônomo de Água e Esgoto de Parauapebas (SAAEP), Sérgio Barbosa visitou a Estação de Tratamento de Água (ETA) e o reservatório que abastece os bairros do Tropical I, II e Jardim Ipiranga.

Já é possível perceber que o nível de água da barragem é bem abaixo do ideal e que a falta de consciência das pessoas em relação ao desperdício faz aumentar as chances de um possível racionamento.

De acordo com Sérgio, apenas uma barragem manda água para a ETA e a mesma já está com nível crítico.

“Já estamos trabalhando em um plano B para trazer água de outro lugar. O racionamento deve ser global, para todos. A população está aumentando e a água diminuindo”, diz ele informando que o consumo em Parauapebas é superior a 220 litros diários por pessoa, enquanto a média mundial é 115, ou seja, quase o dobro.

O diretor administrativo detalhou as etapas que a água tem que passar até está própria para o consumo. “A água é retirada do rio (Parauapebas e do reservatório), levada por adutora até à ETA onde ela recebe um produto químico chamado sulfato de alumínio, em seguida ela passa por dois filtros (ascendente e descendente) até chegar na caixa de contato onde recebe o cloro e é encaminhada para as residências prontas para o consumo com qualidade”, detalhou.

Parauapebas conta com quatro Estações de Tratamento de Água para suprir cerca de 180 mil diariamente.

Apesar do consumo cada vez maior, nem todos os consumidores pagam pela água que chegam em suas torneiras todos os dias. O débito somado chega a bagatela de 16 milhões de reais, dinheiro esse que seria investido na melhoria e ampliação do abastecimento de água.

O diretor pediu ainda a colaboração da comunidade para procurar o SAAEP, fazer a regularização ou quitar o débito. “Todo esse dinheiro vai voltar como investimento para o próprio consumidor”, ressalta ele.

 

Por: Stéfani Ribeiro

 

Sul e Sudeste do Pará

Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.galpogk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016