Uma bomba prestes a explodir a qualquer momento, assim é situação da Carceragem Municipal que fica localizada no bairro Rio Verde em Parauapebas. O local é inadequado para receber um número tão grande de presos da Justiça e os problemas estão por todos os lados.

Na semana passada, membros do Conselho Municipal da Comunidade de Parauapebas, que é composto por várias entidades e instituições públicas, fizeram uma visita de rotina nas dependências da carceragem e viram de perto que a situação do prédio e outras várias questões não é a das melhores.

Munidos de documentos para acompanhamento na vistoria, os membros do Conselho da Comunidade foram recebidos pela diretora da Susipe em Parauapebas, Nilcélia de Souza Silva, mais conhecida como Mayra, conversaram com funcionários da carceragem, ouvirem detentos e conheceram de perto as celas usadas pelos presos de Justiça.

De acordo com os representantes do Conselho da Comunidade, as visitas à carceragem serão mensais.

A Polícia Militar de Palmares prendeu na noite desta quarta-feira (25), em Catende, na Mata Sul de Pernambuco, um agricultor de 34 anos, após receber a informação de que ele estaria passando notas falsas em um estabelecimento da cidade. Ao abordar o suspeito, a polícia encontrou com ele R$ 3.800 mil em cédulas falsas.

O homem foi levado para a Superintendência Regional da Polícia Federal no Recife. Ele foi autuado em flagrante por colocar em circulação moeda falsa e caso seja condenado poderá pegar de 3 a 12 anos de reclusão. O suspeito foi encaminhado ao Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel) e ficará a disposição da Justiça.

Este ano a PF contabiliza a apreensão de R$ 11.441,00 mil em notas falsificadas e a prisão de onze pessoas envolvidas.

Cerca de três toneladas de drogas foram incineradas na manhã desta quinta-feira (9) em Lages, na Serra catarinense. A quantidade é referente ao material apreendido em operações da Polícia Federal (PF) nos últimos 12 meses em diversos municípios do estado. Mais de 2,5 toneladas correspondem a apreensões feitas em Florianópolis. Incinera drogas Lages (Foto: Reprodução RBS TV) Material foi apreendido em várias cidades de SC (Foto: Reprodução RBS TV) De acordo com a PF, as cidades de Joinville, no Norte, e Lages também tiveram um número expressivo na apreensão de drogas e entorpecentes. Segundo o órgão, a maior parte dos produtos é composta por maconha, cocaína, lança-perfumes, ecstasy e LSD. Conforme o delegado da Polícia Federal, Gustavo Trevizan, o material apreendido foi transportado para Lages porque uma empresa termoelétrica do município tem fornos com maior capacidade de queima dos produtos. Os frascos de lança-perfumes foram destruídos de forma separada para evitar explosões dentro dos fornos devido ao seu alto grau inflamável.

O ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa disse em depoimento à Justiça que o esquema de corrupção na estatal financiou partidos políticos na campanha eleitoral de 2010. O PT, oPMDB e o PP seriam os beneficiados.

Antes de embarcar de volta para casa, no Rio de Janeiro, Paulo Roberto Costa deixou o prédio da Justiça Federal no banco traseiro de um carro, escoltado por policiais federais. O ex-diretor da Petrobras falou duas horas sobre o esquema de propina e desvio de dinheiro na refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. Uma obra que, segundo o Ministério Público Federal, foi orçada inicialmente em R$ 2,5 bilhões e já custou mais de R$ 20 bilhões.

Paulo Roberto Costa citou empreiteiras, deu detalhes sobre contratos e planilhas que registravam operações ilegais.

Quem também deu informações importantes para a Justiça Federal foi o doleiro Alberto Youssef, que respondeu a várias perguntas do juiz Sérgio Moro. Segundo o advogado do doleiro, esse foi um depoimento decisivo para selar o acordo de delação premiada de Youssef com a Justiça.

O advogado de Youssef disse que tanto o ex-diretor da Petrobras quanto o doleiro deram depoimentos muito parecidos. Segundo ele, Paulo Roberto Costa afirmou que o esquema de desvio de dinheiro na Petrobras ajudou a financiar a campanha eleitoral de 2010. Os partidos beneficiados seriam PT, PMDB e PP.

“Paulo Roberto e Alberto agiam em nome dos políticos. O que foi dito é que isso financiava um esquema político, inclusive o Paulo deixou bem claro que esse esquema financiou a campanha de 2010. Não posso dizer de quem, mas de muita gente”, afirmou Antonio Figueiredo Basto.

O PT e o PP, por enquanto, não vão se manifestar sobre a denúncia. A assessoria do PMDB não teve acesso ao conteúdo da delação e disse que não vai comentar o assunto.

Página 10 de 10

Sul e Sudeste do Pará

Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.galpogk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016