Carajas o Jornal

Carajas o Jornal

A Liga das Agremiação Juninas de Parauapebas (LIAJUP) realizará dia 30 de setembro a 1° Plenária Junina da cidade, que será na Av. dos Ipês Qd: 31 Lt: 05 Cidade Jardim, às 17h. A entidade convida todos os quadrilheiros e produtores culturais com o objetivo de discutir os projetos e apresentações de proposta para o plano de governo.

O festival junino Jeca Tatu recebe todos os anos um público estimado em cinco mil pessoas durante os dias de eventos. O festival que já possui os títulos de Utilidade Pública Estadual e Municipal, beneficia todos os anos mais de mil adolescentes e jovens com aprendizado e lazer cultural.

 

Fonte: Redação 

No início da noite de ontem terça-feira (22), a Polícia Civil de Parauapebas realizou a prisão do açougueiro IVANILTON SANTOS DA SILVA, 24 anos de idade, conhecido por "BHAIA" em cumprimento ao mandado de prisão preventiva expedido pela 2ª Vara Criminal de Parauapebas, dado o envolvimento dele nas mortes de JEILSON DE SOUSA COELHO e de WESLEY DA SILVA DE JESUS que ocorreram em maio de 2020.

Dias depois dos familiares de JEILSON e de WESLEY registrarem o desaparecimento deles, a Polícia Civil encontrou os corpos dos desaparecidos num sítio localizado depois da Vila Palmares II. Naquela oportunidade foi preso MATEUS ALVES CUNHA DE SOUSA, o MATEUS BIRO-BIRO, dada a sua participação na ocultação dos cadáveres.

O acusado é conduzido por Policial Civil de Parauapebas

Em razão da continuidade das investigações, BHAIA foi apontado como sendo um dos membros do PCC que estavam dentre aqueles que simularam ser da facção rival para fins de atrair JEILSON e WESLEY para um local que pudessem ser mortos e seus corpos escondidos. Diante isso, a autoridade policial representou pela prisão dele que foi deferida pelo Poder Judiciário.

Na manhã de quarta-feira 23, IVANILTON SANTOS foi submetido a exames de corpo delito e em seguida encaminho para o presídio de Parauapebas, da Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (SEAP), localizado no complexo VS-10, onde ficará a disposição da justiça.

 

Neide Folha

Como analisar um time que vai a campo com 11 desfalques - sete deles contaminados por uma doença pandêmica - em meio a uma situação caótica que, horas antes do jogo, não tinha claro se haveria ou não partida?

O Flamengo fez o que tinha que fazer: ganhou do lanterna do grupo, se recuperou na Libertadores e volta para casa com danos minimizados após sofrer uma goleada dolorosa do Independiente del Valle.

No fim das contas, o jogo contra o Barcelona era para isso mesmo. Seria difícil cobrar um desempenho encantador em condições atípicas. Mas a partida também serviu para ilustrar algumas questões que se repetem com a equipe rubro-negra.

Início animador

Muito criticado pela estratégia contra o Del Valle, Domènec Torrent voltou ao 4-2-3-1, até agora o esquema em que o Flamengo mais rendeu sob seu comando. Gerson, sempre coringa, virou ponta-esquerda, com Arrascaeta centralizado e Everton Ribeiro na direita.

A rearrumação foi suficiente para o time ter ótimo início de jogo. A saída de bola com Arão foi sempre limpa, Pedro se movimentava e dava opções, e Gerson fazia uma de suas melhores partidas recentes. Foi do Vapo a jogada e o passe para o gol de Pedro, partindo da esquerda e achando o centroavante livre na área.

O segundo gol veio em nova jogada rápida de ataque. Em poucos toques, Pedro fez o pivô, acionou Everton Ribeiro, e o camisa 7 achou Arrascaeta livre na área. Em que pese o bom futebol do Flamengo, também é preciso ressaltar a extrema fragilidade defensiva do Barcelona.

E, então, os problemas voltaram a acontecer. Já no fim do primeiro tempo, o Barcelona equilibrou o jogo e passou a ameaçar mais a área do Flamengo. A segunda etapa começou da mesma maneira, com um gol de Martínez numa falha até difícil de explicar da zaga, que se partiu ao meio num lançamento longo.

O segundo tempo foi um roteiro que se resume em uma defesa rubro-negra extremamente exposta e um ataque que, apesar dos generosos espaços pelo Barcelona, parecia não saber o que fazer. O time caiu muito de nível fisicamente, e isso ficou perceptível.

Problemas recorrentes

Os problemas apresentados foram os mesmos dos últimos jogos. Dois deles se destacam:

O primeiro problema foi abordado por Dome em entrevista coletiva. Ele voltou a pedir tempo para desenvolver seu estilo e afirmou que treinou com o elenco completo por apenas 10 dias. Por outro lado, concordou que o time precisa manter seu ritmo de performance, mas ressaltou que isso acontecerá conforme o trabalho avançar.

A grande questão é que é muito improvável que o técnico encontre mais tempo para treinar do que o que dispõe no momento, em meio a uma maratona de partidas. A rotina de viagens e trabalhos de regeneração será uma constante. Ele precisará encontrar uma maneira se adaptar a isso, por mais que seja compreensível sua frustração pelo pequeno número de treinos.

A transição defensiva é algo pontual, mas talvez até mais urgente para ser consertado. Se a linha de quatro defensores, em si, não está totalmente encaixada, isso se potencializa quando ela não recebe ajuda.

Por muitas vezes contra o Barcelona, os jogadores de ataque demoravam para recompor, e isso deixava a defesa completamente exposta. No futebol atual, a proteção começa na frente: se a pressão não é bem feita ou se não há auxílio na marcação, tudo estoura atrás.

Este é um problema que aconteceu também contra o Independiente del Valle, com efeitos mais devastadores, e em outros duelos, até mesmo em vitórias do Flamengo, e tem raízes que ultrapassam a parte tática. É o principal ponto fraco do time no momento.

O Flamengo volta ao Rio de Janeiro nesta quarta-feira e terá apenas alguns dias para trabalhar até voltar a campo contra o Palmeiras, no domingo - isso se o jogo não for adiado.

Esta falta de tempo será cada vez mais comum, e caberá a Dome lidar com ela e encontrar maneiras de driblá-la. E também caberá à diretoria e à torcida terem paciência para uma construção de equipe mais lenta do que talvez se imaginasse no início.

 

Fonte: Por Felipe Schmidt — Rio de Janeiro

Whindersson Nunes fez um desabafo em seu Twitter na madrugada desta quarta-feira (23). Primeiro, uma seguidora mandou uma mensagem para o humorista, perguntando como ele estava se sentindo.

"Espero que tudo esteja bem com você hoje", escreveu a pessoa. "Está não, bebê. Obrigado por perguntar", respondeu Whindersson, que luta contra a depressão há alguns anos.

Horas depois, ele fez um desabafo que deixou seus fãs preocupados. "Eu tenho saudade de quando eu era feliz o dia inteiro", declarou ele, que recebeu apoio de vários seguidores, entre eles uma chamada Vera Lucia. "Eu também tenho saudade. Um dia seremos felizes todos os dias, temos que acreditar. Amanhã será melhor que hoje. Fica bem, fica em paz!". "Gente boa demais a Vera Lúcia, Deus abençoe você do tamanho do seu coração", agradeceu Whindersson, compartilhando outras mensagens carinhosas dela.

Whindersson voltou ao foco dos assuntos mais comentados das redes no dia 10 de setembro, depois que sua ex-mulher, Luísa Sonza, com quem ele terminou o casamento de dois em abril, assumiu o namoro com Vitão. Os boatos de que os dois estariam juntos começaram em junho e, logo depois, eles anunciaram uma parceria, a música Flores, aumentando ainda mais os rumores.

Com a revelação do namoro, a web resgatou um suposto print de Vitão comentando "meu casal" numa foto de Luísa e Whindersson -- o que a cantora garantiu ser fake. Pelo Twitter, um seguidor pediu para o humorista fazer o mesmo após curtir as fotos postadas pelo novo casal e ele respondeu: "Aí é muita moral".

 

Fonte: https://revistaquem.globo.com

 

Um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) celebrado nesta segunda (21) entre o Ministério Público do Pará (MPPA) e a Equatorial Energia S/A (Celpa), estabeleceu uma série de compromissos da empresa para garantir a regularidade no fornecimento e cobrança do consumo de energia elétrica em Igarapé-Miri.

O acordo foi assinado pelo promotor de Justiça de Igarapé-Miri, Nadilson Portilho Gomes, o diretor presidente da Equatorial Energia S/A, Marcos Antônio Souza de Almeida, e o Gerente de Operações Jurídicas, Armando de Souza Nascimento.

Ao celebrar o Termo de Ajustamento de Conduta, o promotor Nadilson Gomes cita a ‘’indesejável multiplicação de ações individuais e procedimentos administrativos relativos a assuntos decorrentes da prestação do serviço pela concessionária de energia, sobrecarregando a máquina judiciária’’. A atuação extrajudicial da Promotoria de Igarapé-Miri, neste sentido, é essencial para agilizar a prestação regular do serviço de energia elétrica

Cortes, cobranças do Consumo e ligações clandestinas

A Equatorial Energia S/A (Celpa), conforme o Termo de Ajustamento de Conduta, não pode realizar suspensões no fornecimento de energia elétrica sem o devido aviso prévio; não pode suspender o fornecimento de energia elétrica por Inadimplemento de CNR (consumo não registrado); bem como, não pode efetuar o lançamento, a título de acúmulo de consumo, nas faturas dos consumidores sem antes informar o valor a ser cobrado e as opções de quitação deste valor.

Outro compromisso assumido é referente a negociação de débitos. Ao propor formas de pagamentos, a concessionária deve levar em conta a realidade sócio econômica do usuário e sua família.  No momento em que o consumidor solicitar, por exemplo, o parcelamento da dívida, ao verificar o cadastro como baixa renda e for exigida entrada no pagamento, este valor não poderá ser superior a 15% do total da dívida negociada.

Em casos de flagrantes de ligações clandestinas ou furtos de energia, popularmente conhecidos como “gatos”, a concessionária deverá comunicar a Polícia Civil e a Promotoria de Justiça de Igarapé-Miri para as providências cabíveis.

Parte das obrigações assumidas no TAC pela Equatorial Energia S/A são temporárias e transitórias. Neste momento, são necessárias para pôr fim ao processo cível (nº. 0008806- 64.2018.8.14.0022) em tramite na comarca, da qual trata de várias reclamações dos consumidores, incluindo disponibilização de energia elétrica de qualidade, com cortes e cobranças em respeito as normas legais.

Obras de modernização e palestras

No Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta celebrado, a Equatorial Energia S/A (Celpa), se comprometeu em realizar uma Obra de Modernização da rede de distribuição de energia, bem como a instalação de sistema de mediação centralizada no município de Igarapé-Miri. O início para a obra é imediato, com prazo final para dezembro de 2021.

Além da obra, a concessionária também se comprometeu em promover palestras de educação ao consumidor e ações sociais.  Até dezembro de 2020 foi firmado a realização de 32 palestras sobre consumo consciente, atendendo a todos os protocolos de segurança para prevenção da covid-19. Seminário Virtuais sobre a Tarifa Social também foram estipulados para realização, com foco nas lideranças comunitárias. Será um evento a cada dois meses até dezembro de 2020.

Além de palestras, conforme previsto no TAC, serão realizadas ações sociais e culturais pela concessionária. Até dezembro de 2020, por exemplo, um mutirão de cadastramento de Tarifa Social será realizado mensalmente pela concessionária nos centros comunitários, inclusive com divulgação nos meios de comunicação local.  

O TAC passou a vigorar a partir da data da sua assinatura, segunda (21), e terá vigência de dois anos. Esse prazo pode ser menor, caso ocorra pleno e integral cumprimento das obrigações assumidas pela concessionária.

 

Texto: Renan Monteiro, Ascom MPPA

A Polícia Federal (PF) cumpre 25 mandados de busca e apreensão referentes a 75ª fase da Operação Lava Jato, na manhã desta quarta-feira (23) no Rio de Janeiro, São Paulo e Sergipe. Não há ordens de prisão expedidas.

A atual fase investiga se a empresa de navegação marítima Sapura, no Brasil, pagou US$ 40 milhões em propina por contrato de US$ 2,7 bilhões com a Petrobras envolvendo o fornecimento de três navios lançadores de linha. O contrato foi assinado em 2011 e está vigente nos dias atuais.

Esses navios são chamados de PLSVs e são criados para atuar em alto-mar, em águas com profundidade de até 3 mil metros.

Para a construção e o posterior uso em regime de afretamento dos navios por oito anos, os contratos totalizaram o valor bilionário, segundo o Ministério Público Federal (MPF). Os crimes investigados são corrupção e lavagem de dinheiro.

Em Sergipe, os mandados são nos escritórios da Celse - centrais elétricas de Sergipe , mas a empresa não possui nenhuma relação com os fatos investigados. Ela só foi alvo porque um dos investigados é conselheiro dessa empresa e queriam ter acesso aos computadores dele.

Conforme as investigações, os contratos foram celebrados pela diretoria de exploração e produção da Petrobras e há indícios de que Sapura contratou intermediários e operadores financeiros que, mediante o pagamento da propina, eram responsáveis por viabilizar a inclusão da empresa em certame da Petrobras e obter informações privilegiadas de dentro da estatal .

Após receberem seus pagamentos em contas bancárias mantidas em nome de offshores, os operadores transferiram parte dos valores a dois altos executivos da Sapura, um então vinculado à Sapura no Brasil e outro à Sapura Energy, sediada na Malásia, ainda conforme o MPF.

A Receita Federal abre nesta quarta-feira (23), a partir das 9h, a consulta ao 5º  lote de restituições do Imposto de Renda 2020. O crédito bancário para 3.199.567 contribuintes será realizado no dia 30 de setembro, totalizando o valor de R$ 4,3 bilhões.

Desse total, R$ 226.353.008,42 referem-se aos contribuintes que têm prioridade legal, sendo 7.761 idosos acima de 80 anos, 44.982 entre 60 e 79 anos, 4.685 com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 21.303 pessoas cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita Federal na Internet. No Portal e-CAC, é possível acessar o serviço Meu Imposto de Renda e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (IRPF) e situação cadastral no CPF. Com ele será possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no Portal e-CAC, no serviço Meu Imposto de Renda.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

 

Fonte: Agência Brasil

Nesta quarta-feira, 23 de setembro, a Caixa Econômica Federal libera uma nova parcela do auxílio emergencial de R$ 600 para quem nasceu em agosto e não está cadastrado no Bolsa Família. O depósito será feito pelo banco por meio de poupança digital, podendo ser de qualquer uma das cinco primeiras parcelas, a depender de quando a pessoa teve o cadastro aprovado pelo Ministério da Cidadania.

Hoje também está sendo liberado o saque da 6ª parcela, com valor reduzido para R$ 300, aos inscritos no Bolsa Família que têm o NIS (Número de Identificação Social) terminado em 5. Veja a seguir os calendários completos.

1ª, 2ª, 3ª, 4ª ou 5ª parcela?

A parcela do auxílio de R$600 liberada para saque ou transferências depende de quando o cadastro foi aprovado, conforme os critérios:

  • 1ª parcela: quem se cadastrou com ajuda de funcionários dos Correios entre 8 de junho e 2 de julho
  • 1ª parcela: quem foi aprovado depois de contestar o cadastro entre 3 de julho e 16 de agosto
  • 2ª parcela: quem teve o cadastro aprovado em julho
  • 2ª parcela: quem foi aprovado depois de contestar o cadastro entre 24 de abril e 19 de junho
  • 3ª parcela: quem começou a receber o auxílio entre o final de junho e o começo de julho
  • 4ª parcela: quem começou a receber o auxílio em maio
  • 5ª parcela: quem começou a receber o auxílio em abril

Calendário 

Ciclo 2

Depósito do dinheiro 

  • 28 de agosto – nascidos em janeiro
  • 2 de setembro – nascidos em fevereiro
  • 4 de setembro – nascidos em março
  • 9 de setembro – nascidos em abril
  • 11 de setembro – nascidos em maio
  • 16 de setembro – nascidos em junho
  • 18 de setembro – nascidos em julho
  • 23 de setembro – nascidos em agosto
  • 25 de setembro – nascidos em setembro
  • 28 de setembro – nascidos em outubro e novembro
  • 30 de setembro – nascidos em dezembro

Liberação de saque e transferência

  • 19 de setembro – nascidos em janeiro
  • 22 de setembro – nascidos em fevereiro
  • 29 de setembro – nascidos em março
  • 1º de outubro – nascidos em abril
  • 3 de outubro – nascidos em maio
  • 6 de outubro – nascidos em junho
  • 8 de outubro – nascidos em julho
  • 13 de outubro – nascidos em agosto
  • 15 de outubro – nascidos em setembro
  • 20 de outubro – nascidos em outubro
  • 22 de outubro – nascidos em novembro
  • 27 de outubro – nascidos em dezembro

Ciclo 3

Depósito do dinheiro

  • 9 de outubro – nascidos em janeiro e fevereiro
  • 16 de outubro – nascidos em março e abril
  • 23 de outubro – nascidos em maio e junho
  • 30 de outubro – nascidos em julho e agosto
  • 6 de novembro – nascidos em setembro e outubro
  • 13 de novembro – nascidos em novembro e dezembro

Liberação de saque e retirada

  • 29 de outubro – nascidos em janeiro e fevereiro
  • 3 de novembro – nascidos em março e abril
  • 10 de novembro – nascidos em maio e junho
  • 12 de novembro – nascidos em julho e agosto
  • 17 de novembro – nascidos em setembro e outubro
  • 19 de novembro – nascidos em novembro e dezembro

Ciclo 4

Depósito do dinheiro

  • 16 de novembro – nascidos em janeiro e fevereiro
  • 18 de novembro – nascidos em março e abril
  • 20 de novembro – nascidos em maio e junho
  • 23 de novembro – nascidos em julho e agosto
  • 27 de novembro – nascidos em setembro e outubro
  • 30 de novembro – nascidos em novembro e dezembro

Liberação de saque e retirada

  • 26 de novembro – nascidos em janeiro e fevereiro
  • 1º de dezembro – nascidos em março e abril
  • 3 de dezembro – nascidos em maio e junho
  • 8 de dezembro – nascidos em julho e agosto
  • 10 de dezembro – nascidos em setembro e outubro
  • 15 de dezembro – nascidos em novembro e dezembro

Calendário da 6ª parcela

O Governo Federal liberou entre 17 e 30 de setembro o pagamento do auxílio emergencial, já com o valor de R$300, para os beneficiários do Bolsa Família. Quem for mãe chefe de família, o pagamento será dobrado, com valor de R$600.

As famílias beneficiárias do programa Bolsa Família não têm alteração nas datas de pagamento de seus benefícios. Dessa forma, quem se encaixa nas regras do auxílio emergencial e recebeu a primeira parcela logo em abril terá direito ao saque da sexta parcela.

O cronograma de pagamento segue o Número de Identificação Social (NIS) final do beneficiário. Quem não é cadastrado no Bolsa Família ainda não tem datas de pagamento. Para quem não recebe o Bolsa Família, o governo não divulgou as datas de pagamento.

Veja o calendário:

  • 17 de setembro: NIS terminado em 1
  • 18 de setembro: NIS terminado em 2
  • 21 de setembro: NIS terminado em 3
  • 22 de setembro: NIS terminado em 4
  • 23 de setembro: NIS terminado em 5
  • 24 de setembro: NIS terminado em 6
  • 25 de setembro: NIS terminado em 7
  • 28 de setembro: NIS terminado em 8
  • 29 de setembro: NIS terminado em 9
  • 30 de setembro: NIS terminado em 0

 

Fonte: 

A Vale acredita no poder transformador da cultura. Há mais de duas décadas a empresa investe e fomenta múltiplas manifestações culturais brasileiras. Em linha com sua trajetória como apoiadora da cultura, a mineradora global lança hoje (22/09) o Instituto Cultural Vale, com o propósito de democratizar o acesso e fomentar a arte, a cultura e o desenvolvimento das expressões artísticas regionais.

 

"Com a criação do Instituto Cultural Vale, a companhia consolida sua trajetória como uma das principais incentivadoras da cultura no país e avança no propósito de fomentar as múltiplas manifestações e expressões culturais brasileiras, em toda a sua diversidade e potencial", afirma Luiz Eduardo Osorio, diretor-executivo da Vale e presidente dos Conselhos Estratégico e de Curadores do Instituto Cultural Vale e da Fundação Vale. "A Chamada Vale de Patrocínios Culturais, com lançamento simultâneo ao do instituto, tem enorme potencial para estimular a produção artística e impulsionar a indústria criativa em todo o Brasil, especialmente nas áreas tradicionalmente menos privilegiadas pelos investimentos em cultura", complementa Osorio.

O Instituto Cultural Vale terá um painel de especialistas, que apoiará a diretoria e o conselho da instituição, a partir de diferentes perspectivas.  Entre os nomes já confirmados estão acadêmicos e representantes do meio cultural como a escritora Heloísa Buarque de Hollanda e a fundadora da Redes da Maré, Eliana Sousa Silva.

"O Instituto Cultural Vale chega em um momento desafiador para a produção cultural brasileira, em um cenário extremamente impactado pela pandemia, com o fechamento de centenas de equipamentos culturais, cancelamento de atividades e retração de patrocínios. É nesse contexto que reafirmamos o nosso compromisso com este setor fundamental para formação da nossa própria identidade", afirma Hugo Barreto, diretor-presidente do Instituto Cultural Vale e diretor de Sustentabilidade e Investimento Social da Vale.

Chamada Vale de Patrocínios Culturais


O Instituto Cultural Vale nasce simultaneamente à 1ª Chamada Vale de Patrocínios Culturais. O edital inédito da Vale busca projetos que valorizam os patrimônios e identidades brasileiras, ao mesmo tempo em que contribuam para o desenvolvimento socioeconômico nos locais onde são realizados. Partindo do conceito de que onde existe a cultura existe transformação, serão aceitos projetos de proponentes de todo o país dentro da diversidade de manifestações culturais brasileiras.  As inscrições vão do dia 22 de setembro ao dia 14 de outubro e devem ser feitas no site do Instituto Cultural Vale.  

No site também estão disponíveis o regulamento do edital e o manual do proponente. A seleção destinará um total de R$ 20 milhões em recursos incentivados pela Lei Federal de Incentivo à Cultura a projetos culturais em quatro faixas de valor: até R$ 250 mil, até R$ 500 mil, até R$ 1 milhão e até R$ 2 milhões. A divulgação preliminar dos resultados será feita no dia 25 de outubro e a final no dia 1º de dezembro, no site do Instituto Cultural Vale.  

O Instituto Cultural Vale tem sob sua gestão mais de 60 projetos criados, apoiados ou patrocinados pela Vale em mais de 50 municípios brasileiros em 2020. Dentre eles, uma rede de espaços culturais próprios. São quatro museus e centros culturais abertos ao público, com visitação gratuita, atuação junto a escolas e organizações sociais, com identidade e vocação próprias: Casa da Cultura de Canaã dos Carajás (PA),  Centro Cultural Vale Maranhão (MA), Memorial Minas Gerais Vale (MG) e Museu Vale (ES).

Fechados temporariamente desde março de 2020 em função da pandemia da Covid-19, estes espaços mantêm programação online gratuita em seus canais próprios, para conservar vivo o diálogo com seus públicos. Juntos, desde sua inauguração, os museus e centros culturais próprios já receberam mais de 3,3 milhões de visitantes e realizaram cerca de 165 exposições.

A empresa apoia, com patrocínio e como parte da estrutura de governança, a reconstrução do Museu Nacional; patrocina, entre outros projetos, o Museu do Ipiranga, o Museu de Arte do Rio, o Theatro Municipal, o Instituto Inhotim, o Museu de Congonhas, a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais; apoia também a conservação do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, do Museu de Congonhas, em Minas Gerais, da Basílica de Nazaré, no Pará, e das fachadas do centro histórico de São Luís, no Maranhão. O Instituto Cultural Vale fomenta ainda a Rede Nacional do Artesanato Cultural Brasileiro, festividades e ações de circulação como o Círio de Nazaré, no Pará.

Desde o início dos anos 2000 a Vale cria oportunidades para estudantes participarem de formações musicais e desenvolverem seus talentos nos estados do Espírito Santo, Minas Gerais, Pará e Mato Grosso do Sul. Em 2019, a empresa criou o Programa Vale Música, uma rede colaborativa de ensino e aprendizagem composta pelos projetos musicais dos quatro estados e as maiores orquestras do país. Ao todo, a rede envolve mais de 240 profissionais e mais de 1.000 estudantes. São parceiras do Programa Vale Música a Orquestra Sinfônica Brasileira, a Orquestra Ouro Preto e a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, patrocinadas pela Vale por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

 

Fonte: Vale 

 

 

  

 

  

 

  

 

 

 

O hábito de utilizar aparelhos celulares enquanto estão carregando a bateria na tomada, principalmente entre os jovens, que passam muito tempo conectados ao celular pode trazer sérios danos. O perigo é causado porque quando um aparelho está ligado a tomada, a bateria aumenta a temperatura automaticamente, e é esse superaquecimento, que pode levar à explosão.

O ideal é não utilizar o celular se o aparelho estiver em condições de calor extremo, o carregador funciona como um transformador de energia que se falhar, pode acontecer uma descarga da rede elétrica podendo fazer com que leve choque, o risco é maior ainda em dias de chuva devido a possíveis descargas elétricas intensas.

Foi o que infelizmente levou a estudante Viviane Alves Barroso, de 11 anos, a óbito, a adolescente sofreu uma descarga elétrica do aparelho celular que carregava em uma tomada de sua casa. O acidente aconteceu no início de desse mês de setembro, na Agrovila Nova Jerusalém, zona rural de Canaã dos Carajás. 

Esse foi mais um dos casos em 2020, de crianças e jovens que após sofrerem descargas elétricas por conta de seus aparelhos celulares vieram a óbito. Os que sobrevivem podem ter graves consequências como queimaduras cutâneas, lesões a órgãos internos e outros tecidos brandos, arritmias cardíacas e parada respiratória.

Um alerta feito por especialistas, em relação ao uso de carregadores reforça; os produtos originais, como os carregadores são homologados pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) que tem o propósito de assegurar os usuários de tais objetos que requeiram eletricidade, sendo assim faz com que o uso seja mais seguro, mas isso não permite que aparelhos celulares sejam utilizados em quanto estiverem carregando.

Também é recomendado se atentar para que o local em que o celular ficará carregando não seja próximo a superfícies inflamáveis. O Corpo de Bombeiros costuma informar que essas situações aumentam a chance de um incêndio. Ao colocar para carregar, é importante que o celular fique a uma distância segura.

 

Fonte: Redação 

Sul e Sudeste do Pará

Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.galpogk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016