Carajas o Jornal

Carajas o Jornal

Nesta sexta feira 02/09 aconteceu uma grande caminhada do 45 em Curionópolis, o arrastão que percorreu as principais ruas da cidade saiu do centro indo até o Bairro Jardim Panorama,  toda a coligação  esteve presente, todos os candidato falaram e propuseram suas metas, o deputado federal Zé Geraldo e deputado estadual DirceuTen Caten, ambos PT, falaram da forma que o PT engajou nesta coligação com o PSDB, e deixaram claro as suas satisfações em fazerem parte deste grupo em apoio a professora Amparo Costa e Ediley Lopez, candidatas a prefeita e vice, e prometeram continuar dando uma atenção especial ao povo de Curionópolis.

A Professora Amparo  falou do quanto esta disposta a melhorar a vida de cada morador desta cidade juntamente com sua vice e todo corpo administrativo, indo além dizendo que este é o momento de todos unirem as forças e arregassarem as mangas,  pois estamos na direção certa.

 

Estudantes de todo o país podem testar, a partir deste sábado (3), seus conhecimentos para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), fazendo o terceiro simulado no portal Hora do Enem. O teste é gratuito, tem 80 questões com a mesma metodologia de elaboração do Enem e pode ser feito até as 20h do dia 11 de setembro.

Para acessar a página por computador, telefone ou tablet, é preciso fazer um cadastro no site e acessar o teste na aba de simulados. A partir do momento em que o aluno acessar a prova, terá quatro horas para resolver as questões. Mais de 1 milhão de pessoas acessaram as duas primeiras edições do teste em todos os estados do Brasil.

Nesta terceira etapa, 75% das questões aplicadas serão inéditas. Os estudantes que fizerem o simulado pelo aplicativo android terão acesso a um ranking, onde poderão comparar sua nota com a de outras pessoas que disputam uma vaga no mesmo curso universitário. Os candidatos podem ainda verificar se seu desempenho é compatível com a nota de corte do curso e da instituição em que desejam estudar.

A quarta e última edição do simulado em 2016 terá início em 8 de outubro. A prova do Enem será nos dias 5 e 6 de novembro.

A nota do Enem é usada na seleção para vagas em instituições públicas, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), bolsas na educação superior privada por meio do programa Universidade para Todos (ProUni) e vagas gratuitas nos cursos técnicos oferecidos pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec).

O resultado do exame também é requisito para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e para  maiores de 18 anos, o Enem pode ser usado como certificação do ensino médio.

(Agência Brasil)

As respostas aos exercícios físicos entre homens e mulheres são diferentes, principalmente por questões hormonais. Enquanto a testosterona permite aos homens uma formação muscular mais acentuada, o estrógeno dá ao corpo das mulheres um arredondamento da camada de gordura.

Apesar disto, muitas mulheres vêm se dedicando à prática da musculação, com o objetivo de esculpir o corpo, conseguindo uma maior definição muscular. Na verdade, o conceito de beleza mudou muito e ter um corpo definido é um indicativo de saúde e vitalidade.

Homens e mulheres (normalmente) têm objetivos distintos quando começam a fazer musculação. A maioria dos homens quer aumentar a massa muscular e definir abdômen, braços, costas e conseguir pernas com maior volume. Já a maior parte das mulheres se assusta com a idéia de aumentar os músculos, procurando apenas consertar o que está flácido ou manter o que está bom.

Veja abaixo alguns benefícios:

  • Melhora a postura.
  • Previne as dores na coluna.
  • Melhora a autoconfiança.
  • Aumenta a força para as atividades cotidianas.
  • Aumenta a proteção das articulações e dos ossos.
  • Ajuda no processo de queima de gordura, modificando o metabolismo basal (reserva de energia), acelerando-o.
  • Evita várias doenças, entre elas a Osteoporose, a Artrose e a Diabetes.
  • Torna o coração mais saudável, principalmente para esforços intensos.
  • A musculação rejuvenesce e mantém você jovem, diminuindo a perda de massa muscular, além do ganho de força.
  • Melhora o desempenho esportivo.

Embora muitas atividades físicas colaborem para o aumento da massa muscular, o treinamento resistido (exercícios com peso, onde há uma resistência, como na musculação) é o estímulo mais eficiente para essa finalidade.

Tanto o aumento de massa muscular, quanto à diminuição da gordura corporal, varia de pessoa para pessoa, pois cada organismo responde de uma forma à atividade física e a dietas alimentares. Uns conseguem resultados mais rápidos. Outros demoram mais tempo, levando em conta a atividade, freqüência e intensidade da atividade física, dieta, genética, problemas hormonais etc. Insista e tenha muita disciplina que os resultados aparecerão.

Para que haja um aumento da massa muscular, o processo mais significativo é a hipertrofia (crescimento de uma célula ou órgão devido ao aumento do tamanho dos componentes da célula). Após o treino de musculação, há uma sobrecarga tensional nos músculos, o faz com que ele se contraia contra a resistência oferecida, alterando a permeabilidade da membrana celular aos íons de cálcio que migram para dentro da fibra muscular.

Quando fazemos exercícios, ocorre a destruição das miofibrilas causada pelo aumento da concentração de cálcio ativa proteases miofibrilares, filamentos protéicos que compõem a maior parte da estrutura muscular. Mas, durante o descanso (muito importante para o aumento da massa muscular e para evitar a fadiga muscular) as miofibrilas são refeitas por síntese protéica, numa proporção maior do que a destruição das mesmas, ocorrendo o aumento do volume muscular.

A síntese de proteínas após o exercício é estimulada pelos hormônios anabólicos do nosso organismo, que são:

G.H.(hormônio do crescimento): formado por aminoácidos e estimulados pelos exercícios intensos, pelo sono e pela hipoglicemia.

Testosterona (hormônio sexual masculino): sintetizado a partir do colesterol e estimulado pelo treino pesado.

Insulina (hormônio que atua na absorção de glicose pelas células): formado por aminoácidos e estimulados pela ingestão de carboidratos.

Um treinamento correto, bem orientado e o descanso adequado aliado a uma dieta balanceada darão excelentes resultados. Se os resultados conseguidos não forem os esperados, dificilmente poderá ser melhor com suplementos e anabolizantes.

Treino sugerido para ganho de massa muscular:

  • Avaliação física (disponível nas melhores academias).
  • Treinos de musculação, bem orientados, de acordo com a sua necessidade.
  • Obedeça o tempo de descanso.
  • Duração dos exercícios de, no máximo, 1 hora.
  • O sono noturno deve ser suficiente para recuperar as energias.
  • A dieta deve ser balanceada de acordo com a orientação da nutricionista, pois a alimentação faz toda a diferença na hora de conseguir resultados com um trabalho muscular.
  • Não esqueça dos alongamentos antes e depois dos treinos.
  • Leve a sério a musculação, pois ela, sem dúvida, pode trazer muitos benefícios e, se você quiser, realmente aumentar a massa muscular.
  • Tenha disciplina, siga as dicas acima e supere os seus próprios limites.

Fonte: vilamulher.com.br

Bota e calça jeans é um look muito amado pelas brasileiras. Pode-se dizer que é o look que mais vemos pelas ruas durante o inverno. Mas é preciso ficar de olho em alguns detalhes para não transformar fashionismo em desastre no visual.

É muito comum usar a calça jeans com a bota por cima. É aí que reside nosso problema. Essa combinação fica boa se alguns detalhes forem respeitados como, a calça jeans precisa ser skinny para quem não fique com dobras ou empapado nas canelas.

Outro detalhe importante botas de cano muito alto por fora da calça jeans podem achatar a sua silhueta. Se você for alta pode usar o comprimento que quiser, mas se for baixinha prefira canos mais baixos e médios.

Na hora de comprar sua bota prefira uma que não seja muito justa, assim ela serve melhor na perna e fica tudo mais bonito. O look vai ficar em cima.

 

Fonte: vilamulher.com.br

BRASÍLIA - O Ministério do Trabalho estuda conceder duas parcelas adicionais do seguro-desemprego aos demitidos sem justa causa no primeiro semestre deste ano. Segundo nota técnica do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo aos Trabalhadores (Codefat), a estimativa é que meio milhão de pessoas sejam beneficiadas, a um custo total de R$ 500 milhões.

A crise econômica e a demora para conseguir voltar ao mercado de trabalho é a justificativa da proposta, encabeçada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) e endossada pelos representantes das outras centrais no Codefat. O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, confirmou ao GLOBO que a medida está em estudo. Ele tratará do assunto com as entidades sindicais no próximo dia 20:

— Estamos estudando o pleito das centrais. Mas, na verdade, o que nós temos que fazer é combater o desemprego.

EM 2008, MEDIDA FOI USADA

A medida foi adotada na crise financeira internacional em 2008. Agora, seriam beneficiados trabalhadores dos 43 subsetores da economia que mais demitiram. Entre eles, telecomunicações por satélite; siderurgia; fabricação de automóveis, caminhões e ônibus; transporte aéreo de passageiros; fabricação e refino de açúcar. A lista foi elaborada em colaboração com o Dieese, e os ramos incluídos respondem por 28% do emprego total e 24% dos demitidos sem justa causa, segundo dados oficiais.

As parcelas do seguro-desemprego variam entre três e cinco salários mínimos, dependendo do tempo no serviço. Caso a proposta tenha o aval da equipe econômica, quem recebeu três, por exemplo, ganharia mais duas; quem ganhou cinco chegaria a sete. Quem for beneficiado com a medida será notificado pelo governo.

Para ter direito ao benefício adicional, o trabalhador não pode ter sido contratado e precisa estar inscrito nas agências do Sistema Nacional de Emprego (Sine). Também será necessário se matricular em curso de formação gratuito na área de atuação profissional, caso haja essa possibilidade, num raio máximo de 20 quilômetros do local de moradia.

A nota cita pesquisa sobre desemprego do IBGE do primeiro trimestre do ano, quando o contingente de desempregados chegou a 11,8 milhões. No mesmo período de 2015, eles eram 7,93 milhões.

O documento destaca que o prazo médio de busca de emprego subiu de 22 semanas, em média, em abril de 2014 para 34 semanas em 2016. Segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho, no primeiro semestre do ano, o país perdeu 531.765 empregos com carteira assinada.

A estimativa de gasto com o auxílio neste ano é de R$ 37,679 bilhões — de acordo com o Boletim Financeiro do FAT. O Fundo é deficitário e depende de aportes do Tesouro Nacional para fechar as contas.



Fonte: O Globo

Brasília - Com um contingente de 11,6 milhões de desempregados e 623 mil vagas formais fechadas só este ano, a equipe do presidente em exercício Michel Temer estuda formas de tornar viáveis duas novas modalidades de contrato de trabalho: o parcial e o intermitente.

As propostas fazem parte da reforma trabalhista que será, ao lado da previdenciária, uma prioridade da agenda econômica caso o impeachment de Dilma Rousseff seja concretizado.

 

Publicidade

Tanto no trabalho parcial quanto no intermitente, a jornada de trabalho será menor do que as 44 horas previstas na legislação atual. Os direitos trabalhistas, como férias e 13.º salário, seriam calculados de forma proporcional. A diferença entre os dois contratos é a regularidade com que o trabalho ocorre.

No contrato parcial, a jornada ocorre em dias e horas previamente definidos. Por exemplo, a pessoa poderá trabalhar em um bar somente nos fins de semana.

Os técnicos acreditam que esse tipo de contrato vai beneficiar principalmente estudantes e aposentados que precisem complementar sua renda.

O trabalho intermitente, por sua vez, é acionado pelo empregador conforme a necessidade. Um técnico do governo exemplifica: o dono de um buffet pode ter um vínculo desse tipo com uma equipe de garçons e cozinheiros.

Nos fins de semana em que houver festa, os trabalhadores são chamados. Quando não houver, o empresário não terá custo.

O contrato parcial de trabalho já existe na legislação, mas a regulamentação é considerada ruim, o que gera insegurança para o empregador. Por isso, é pouco utilizado. A ideia é aperfeiçoar a legislação.

"O que me preocupa é que estamos num momento de desemprego elevado, de economia baixa, e a área empresarial pressiona para o governo colocar na pauta medidas para diminuir os custos, entre aspas, que nós consideramos investimento", disse o presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Ricardo Patah.

Já para o pesquisador do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre-FGV) Bruno Ottoni, as regras do País contribuem para aumentar a informalidade e o desemprego. "O mercado de trabalho brasileiro é extremamente rígido e isso acaba gerando distorções."

Ele ressaltou não conhecer as propostas do governo para o trabalho parcial e o intermitente. "Pela experiência internacional, a flexibilização tem efeitos positivos. Só é preciso estudar a natureza dessa flexibilização, pois os trabalhadores temem perder força."

À frente de uma central que tem em sua base principalmente empregados dos setores de comércio e serviços, Patah disse ter disposição para discutir o trabalho parcial, principalmente para jovens e aposentados.

No entanto, ele quer garantir que nenhum empregado nessa categoria receba menos do que um salário mínimo.

Terceirização

Representantes das centrais sindicais estarão nesta terça-feira, 30, com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) para discutir a pauta de projetos em tramitação na área trabalhista. Patah está preocupado particularmente com o projeto que regulamenta o trabalho terceirizado.

"Do jeito que está, todo trabalhador poderá ser terceirizado", disse. O governo Temer ainda não tem posição sobre essa questão. Por enquanto, a ordem é deixar o Legislativo discutir e votar como achar mais adequado.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

 

Fonte: exame.abril.com.br

Os bancários de diversos estados recusaram em assembleia na noite de hoje (1º) a proposta apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e decidiram entrar em greve nacional a partir do dia 6 de setembro.

A informação foi divulgada nos sites da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf) e da Conderação Nacional dos Trabalhadores nas Empresas de Crédito (Contec).

Segundo a Contraf, bancários de algumas cidades e estados farão assembleias nesta sexta-feira (2) para decidir se aderem, ou não, à paralisação nacional.

A proposta da Fenaban foi apresentada no dia 29 e oferece aos bancários reajuste de 6,5% no salário e nos auxílios refeição, alimentação, creche, e abono de R$ 3 mil, além de participação nos lucros e resultados (PLR).

Segundo a Contraf, a proposta da entidade patronal não cobre a inflação do período, projetada em 9,57% para agosto deste ano, e representa perdas de 2,8% para a categoria.

A Contraf pede, entre outras reivindicações, reposição da inflação do período mais 5% de aumento real, PLR de três salários mais R$ 8.317,90, combate às metas abusivas, ao assédio moral e sexual, fim da terceirização.

Entre as cidades e os estados que tiveram assembleias em que os bancários confirmaram a greve estão Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Espirito Santo, Tocantis, Maranhão, Espírito Santo, Pernambuco, Pará, Sergipe, Cuiabá, Curitiba, Brasília, Porto Alegre, Belo Horizonte, e cidades dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, como as duas capitais, Campinas (SP), Bauru (RJ), Angra dos Reis (RJ) e Campos dos Goytacazes (RJ).

A Fenaban foi procurada mas não foi encontrada para falar sobre a greve dos bancários. Em seu site, a entidade disse que a proposta enviada aos bancários “mostra o empenho dos bancos por uma negociação rápida e equilibrada, capaz de garantir a satisfação e o bem-estar dos empregados do setor em um momento de dificuldades e incertezas na economia brasileira.”

Já a federação dos trabalhadores diz, também em seu site, que “o lucro dos cinco maiores bancos (Itaú, Bradesco, Banco do Brasil, Santander e Caixa) no primeiro semestre de 2016 chegou a R$ 29,7 bilhões, mas houve corte de 7.897 postos de trabalho nos primeiros sete meses do ano”.

 

Fonte: exame.abril.com.br

Darci lermen e Sergio Balduino fez pedido do registro da candidatura, para participar das eleições 2016 rumo a prefeitura de Parauapebas, a juíza da 75ª Zona Eleitoral Eline Salgado deferiu o pedido da coligação “Parauapebas da Oportunidade” que é composto pelos partidos (PSB, PMDB, PTB, PHS, REDE, PRB, PTN, PV, PROS, PSDC, PEN, PC do B, PMB, SD, PRP), assim todos os candidatos dessa coligação  estando aptos para concorrer a uma vaga na Câmara Municipal e a Prefeitura Municipal de Parauapebas; desde ontem 2 de setembro.

Veja abaixo o documento assinado pela juíza eleitoral deferindo a candidatura da coligação “Parauapebas da Oportunidade”.

 

A Superintendência do Sistema Prisional (Susipe) informou na ultima sexta-feira (2) que o ex-jogador de futebol Jobson Leandro Pereira de Oliveira deixou a Central de Triagem Masculina de Marabá, sudeste do Pará. O ex-jogador de futebol estava preso desde o dia 23 de junho, acusado de estupro. O alvará de soltura foi expedido pela Justiça do Tocantins.

Jobson foi preso suspeito de estuprar adolescentes. O processo foi instaurado no Pará, mas enviado para o Tocantins. A Justiça paraense alegou que não poderia julgar o caso já que a chácara onde ocorreram os crimes mais graves (estupro de vulnerável) está localizada em Couto de Magalhães, município do Tocantins.

Jobson deixou a cadeia na quarta-feira (31) e voltou para o sítio onde vive com a família em Couto Magalhães. O ex-jogador terá que cumprir medidas cautelares, como o pagamento de uma fiança de 25 salários mínimos, cerca de R$ 22 mil, não beber e usar drogas, nem frequentar bares ou boates, e manter distância das mulheres e adolescentes que o denunciaram.

 

Fonte: G1

Três pessoas foram presas suspeitas de tráfico de drogas e uma por posse ilegal de arma durante a operação "Vigilância-Paiol", em Vigia, nordeste do Pará, na ultima sexta-feira (2).

Na residência de um casal suspeito, foram apreendidos um revólver calibre 38 com cinco munições, além de mais cinco munições de calibre 32, cinco petecas de pó de cocaína e R$ 1.278 em dinheiro.

Em outra residência, os policiais apreenderam uma pedra de "óxi" de cocaína pronta para comercialização. Numa terceira casa, foi encontrado um pote com cerca de 100 petecas de maconha prensada. Além dos flagrantes, a operação rendeu instaurações de inquéritos por portaria por causa da grande quantidade de material entorpecente encontrado dentro de casas desocupadas.

Em uma das casas desocupadas, os policiais apreenderam 16 pacotes de um quilo de barrilha, produto usado na mistura com a pasta de cocaína; além de quatro sacos de pasta base de cocaína e sete pacotes de maconha prensada. Os presos foram conduzidos para a UIPP de Vigia de Nazaré, onde foram lavradas as prisões em flagrante. O material apreendido também foi apresentado na Unidade Policial para os procedimentos legais.

Ao todo, 61 policiais civis da Superintendência da 3ª Região Integrada de Segurança Pública do Guamá (3ª RISP), com sede em Castanhal, estiveram em atuação na ação policial que deu cumprimento a 19 mandados de busca e apreensão.

 

Fonte: G1

Sul e Sudeste do Pará

Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.galpogk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016