Carajas o Jornal

Carajas o Jornal

Uma professora de Santa Rosa de Viterbo (SP) acusa o ex-companheiro de sequestro internacional depois que o filho do casal, um adolescente de 13 anos, viajou durante as férias de julho aos Estados Unidos para visitar o pai e não retornou ao Brasil conforme previsto.

Segundo Cheyenne Menegassi, o ex-marido conseguiu um documento na Justiça americana que dá a ele a guarda emergencial do garoto. Nos EUA desde o início de agosto, a professora aguarda a decisão judicial sobre o destino do filho e mobiliza uma campanha nas redes sociais para levar o menino de volta ao Brasil.

A advogada de Cheyenne no Brasil, Camila Ghozellini Carrieri, denunciou o caso ao Ministério Público Federal (MPF) e ao Ministério da Justiça. Ela afirma que os dois países são signatários da Convenção de Haia, que prevê que a discussão da guarda ocorra no país onde mora o adolescente, no caso o Brasil.

Em nota, a Secretaria Especial de Direitos Humanos informou que foi feito um comunicado à Autoridade Central dos EUA, e que esta emitiu um ofício ao Tribunal do Tennessee, solicitando a interrupção do processo de guarda pelo pai, conforme previsto no artigo 16 da Convenção de Haia.

De acordo com a Secretaria, não se trata de uma discussão para definir quem deverá ficar com a criança e, sim, se essa foi ou não subtraída. "O local para se discutir guarda é sempre o da residência habitual da criança", diz a nota.

O pai de Gustavo não foi localizado pela reportagem para comentar o caso.

Viagem sem volta
O drama de Cheyenne começou no dia 27 de junho deste ano, quando o filho Gustavo Gaskin embarcou sozinho para o estado americano do Tennessee, onde vive o pai, Samuel Gaskin. O garoto ficaria nos EUA até o dia 27 de julho, mas a falta de comunicação com o Brasil logo nas primeiras horas preocupou a mãe.

Em um post em seu perfil no Facebook, Cheyenne conta que o filho viajou com autorização judicial e levou um tablet e um celular para manter contato com a família. Após 20 dias de tentativas frustradas de falar com o menino e com o pai dele, Cheyenne descobriu por meio de parentes de Samuel nos EUA que, há três anos, o ex-companheiro vive em isolamento com a mãe dele em uma fazenda, e que se tornou uma pessoa agressiva.

Dias depois, ao receber uma mensagem de Samuel avisando que Gustavo não voltaria mais, Cheyenne, finalmente, conseguiu falar com o ex-marido e o filho. “As pouquíssimas conversas que tiveram foram monitoradas pelo pai, que a todo tempo demandava que o menor respondesse para ele em inglês o que estava sendo falado. Na verdade, o Gustavo só conseguiu exprimir uma vez ‘quero ficar’, só que ele estava chorando, com a fisionomia abatida. Ele estava falando uma coisa para agradar o pai. Era visível”, afirma a advogada.

Cheyenne chegou aos EUA no dia 3 de agosto. Antes disso, foi preciso ir à Justiça para legitimar a guarda de Gustavo no Brasil e denunciar o caso às autoridades.

“Ele viveu 13 anos aqui com autorização paterna dos EUA para viver no Brasil, e ele [pai] nunca reclamou. Foi necessária uma fixação de guarda aqui para constatar uma situação já vivida, e fizemos uma denúncia no MPF, de sequestro internacional de menor. Também fizemos um procedimento na autoridade central do Ministério da Justiça, em Brasília, que intermedia a questão de sequestro internacional e devolução do menor para o domicílio do próprio menor”, explica Camila.

Desde o início de agosto nos EUA, Cheyenne afirma que só viu o filho uma vez (Foto: Arquivo pessoal/Divulgação)Desde o início de agosto nos EUA, Cheyenne afirma que só viu o filho uma vez.

Há quase um mês em Summertown, no Tennessee, Cheyenne só pode ver o filho uma vez, no dia em que houve uma audiência. Segundo a advogada, o menino está privado de contato com o restante da família e com os amigos, não frequenta a escola e está psicologicamente abalado.

“O pai não permite nenhum contato. Tem uma advogada americana lá, ela foi intimada dessa jurisdição emergencial, teve até uma audiência lá, mas as petições que são feitas para ter visitação, para ela [mãe] exercer essa guarda provisória, tudo de acordo com a Convenção de Haia, não está sendo cumprido lá, por ora”, diz a defensora brasileira.

Desespero
De acordo com Camila, Gaskin não paga pensão ao filho há 11 anos, e nunca se interessou pela vida do menino, embora Cheyenne jamais tenha feito oposição ao convívio. Ela afirma que o sentimento da família e da mãe é de angústia.

“A família está desesperada. É claro que tem o sentimento de saudade, de uma apreensão, mas eu acho que ela está muito mais desesperada de ter visualizado o filho dela perturbado. Ela nunca viu o filho dela perturbado, e nesse dia 23, quando ela o viu, o desespero bateu e ela quer o bem-estar dele, não importa se aqui ou lá.”

 

Fonte: G1

Os agricultores que vivem há mais de 35 anos na região da APA do Gelado, distante há 50 km de Parauapebas,  não aguentaram mais a falta de compromisso da empresa Vale e de outras autoridades e denunciaram a falta de agua potável e outras situações que estão acontecendo na região.

Em busca de saber a verdade do que está acontecendo na região, o repórter fotográfico Carlos Refribom, do Carajás o Jornal, foi até o local para ouvir os moradores e colocar os problemas deles para as autoridades no sentido de tentar resolver o problema.

Nossa equipe de reportagem ouviu o primeiro colono que chegou à localidade há 34 anos, no dia 11 de outubro de 1979, trata-se de Francisco Antônio da Silva, conhecido como Chico do Sindicato. De acordo com a denuncia de seu Chico, ele chegou viúvo, com seus 7 filhos para criar no local. Ele disse que começou a trazer alguns amigos para povoar a região, naquela época a antiga Vale do Rio Doce, fazia alguns acordos com os moradores e assim a vida foi sendo levada, chegando a ter mais de duzentos moradores na região, segundo ele de 1979 há 2003, houve boas condições de vivencia na localidade, mas os acordos foram diminuindo e a Vale trouxe o IBAMA e foram dificultando o direito dos trabalhadores, que não poderia mais queimar nada e nem derrubar.

Chico disse que de 2012 pra cá as coisas foram piorando e a Vale cada dia mais colocando sujeira na agua, minérios e hoje a agua praticamente acabou. Segundo Chico, hoje os peixes estão contaminados, agua contaminada, eles não tem mais o direito de pescar, mesmo assim os peixes não estão em condições de consumo, ele reclama também das perseguições que começaram acontecer, disse que no ano 2000, fizeram um canal por dentro da propriedade de seu Chico e um acordo que na época não foi cumprido, garantiram que fariam 4 tanques de peixe, pra que ele tivesse condição de criar esses peixes, mas só fizeram 1 tanque, ainda segundo seu Chico, a pessoa que fez essa negociação foi um diretor chamado Veloso. Sem cumprir os acordos, seu Chico resolver fazer mais um tanque por conta própria, mas a agua que a Vale cedeu pra ele, matou todos os peixes, seu Chico disse que amargou todo o prejuízo, mas a agua, segundo ele, estava contaminada. Depois desse acontecido, seu Chico chamou novamente o Veloso e disse que caso a Vale não cumprisse, ele fecharia o canal, e isso foi feito, o canal foi fechado e nada foi resolvido. Ainda segundo Chico, ele veio em Parauapebas e denunciou nos órgãos competentes, Ministério Público, Prefeitura e Câmara Municipal, ICMBIO.  Ele ainda disse que veio com um senhor de nome Manoel e outro Frederico, servidores do ICMBIO, Manoel chegou a dizer em entrevista que os peixes estavam contaminados, e no caso se o peixe está contaminado, a agua com certeza também está.

Chico ainda disse que o Canal dentro da sua terra foram 12 anos de enrolação e nada foi concluído nas negociações, dizem que sempre vão pra negociar, mas não cumprem praticamente nada. Seu Chico também tem medo de ser assassinado, por alguém que não queira sua vida, ele mostrou o local onde sua casa foi atingida por malandros no dia 13 de maio de 2015, e ele não sabe do que se trata, mas teme por sua vida. Ele ainda aguarda as autoridades fazer algo em relação ao problema da agua.

Outro que denunciou foi Gildo Mordiga, morador na região e faz parte da associação desde 1990, segundo o relato de seu Gildo, até os últimos dez anos há vida era muita boa, tinha agua em abundancia, a Vale trazia pessoas de Parauapebas para tomar banho na barragem e a agua era limpa cristalina, tinha churrasqueira na beira da agua, mas hoje tudo isso acabou. Seu Gildo relembra que há vida era muito boa naquela região, mas depois que se tornou APA, as coisas foram dificultando, hoje o Rio que tem o nome de Geladinho, (Rio Sangue), está praticamente acabado, a agua do Gelado vai ate o City Parque Club. Gildo denuncia que a agua acabou devido uma perfuração de sondagem que foi feito pela Vale em 2012 e de lá pra cá a agua está só diminuindo a cada dia, ainda segundo ele, foi questionado com a Vale se a agua não acabaria, e também com o Manoel do ICMBIO, dizendo que a agua secaria, mas eles disseram que teria sido feito uma pesquisa e ficaria normal em relação a agua, mas não foi isso que aconteceu, todos estão sem agua potável.

Outras duas moradoras que denunciaram foram, Roberta e Valéria Marinho, elas confirmaram que moram na região há 29 anos, e garantiu que a Vale furou nas sondas esse local, chamado Serra do Sapato, próximo da residência delas, na denuncia, elas disseram que o local era abundante de agua, chegaram ainda crianças e foram criadas naquela região, mostrou a nossa reportagem, como estão os animais passando sede, a nascente da agua já está nas ultimas gotas e elas não sabem como fazer pra continuar sua sobrevivência. O repórter Carlos Refribom, foi até a nascente de agua e constatou que realmente a situação precisa urgente de medidas pra que haja um aumento da agua na região.

Próximo do local também há maquinas da Vale trabalhando; poeira e estrondo de dinamites são constantes, segundo Valéria, as crianças adoecem muito com essa poeira, elas ainda disseram que não sabem como vão fazer pra resolver esse problema, e aguarda as autoridades tomar uma providencia em relação o desmando da Vale no sentido de acabar com a natureza em busca de minério de ferro.

A nossa equipe da redação, entrou em contato com o responsável pelo ICMBIO, Frederico Martins e Manoel, na conversa, Frederico disse que na sonda que foi perfurada pela Vale, não foi encontrada nenhuma relação direta, que pelos furos da sonda pudessem dar essa vazão de agua na nascente dos moradores e também atribuiu as nascentes terem secado, pela grande estiagem em todo norte do Brasil nos últimos 4 anos e pode ter sido uma coincidência. Em relação à contaminação dos peixes, o acordo que a Vale fez com os moradores e o ICMBIO participou também da reunião, era para que a agua que descesse depois do vertedouro, não houvesse contaminação e nessa agua já foram feitos vários relatórios de analise, que prova não estar contaminada. Em relação aos peixes que realmente estão contaminados e a maior infestação foi o Mercúrio, que advém de trabalhos de garimpagem, possa ser que devido o projeto estar em uma área de garimpos clandestinos, essa contaminação chegue aos peixes. Em relação ao acordo que foi feito com a Vale e o Chico do Sindicato, essa é uma relação muito conflituosa entre eles, mas deixou aberto que a partir do momento que chegue uma denuncia da associação mostrando que não foi cumprido alguns acordos, as providencias serão tomadas.

A Vale mandou nota para a redação

 

As informações sobre falta de água em virtude de atividade de sondagem não procedem. O trabalho de sondagem refere-se a uma perfuração de rocha para retirada de amostra, não tendo atingido lençol freático ou possibilidade de haver qualquer prejuízo à nascente, o que se comprova pela inexistência de qualquer laudo que faça essa associação. Cabe observar também a situação de estiagem sofrida em toda região.

 

Sobre o senhor Chico do sindicato, a empresa reitera o seu respeito à comunidade e esclarece que em 2006 foi feito um acordo com o mesmo para melhoria de canal natural, que passava por dentro de sua propriedade, para vazão das águas da barragem do Gelado. Conforme consta em documentação, foi feita a devida assinatura de termo de compromisso entre as partes após a conclusão de benfeitorias executadas na propriedade do mesmo como forma de compensação para implantação do citado canal.

Em relação ao ministério público, prefeitura municipal e câmara de vereadores, disseram que estão sempre acompanhando todos os acordos firmados pela Vale com os moradores do entorno de onde ela atua.

Gildo Mordiga, morador na area desde 1990 denuncia as atuais condições de sobrevivencia e falta de compromisso da Vale.

Seu Gildo disse que essa agua já foi cristalina e os antigos moradores lembram, as familias estavam no local todo fim de semana.

Seu Gildo Mostra como está as condições da agua hoje na estação de tratamento, e sente saudade dos tempos de agua limpa.

Roberta Marinho moradora há 29 anos na região, não tem agua para dar aos animais, culpa a Vale de todo sofrimento da familia.

Valéria Marinho mostra onde corria muita agua há alguns anos, hoje não está dando para beber, espera providencias das autoridades.

A agua está completamente barrenta, imprópria para o consumo humano, segundo moradores.

Chico do Sindicato mostra o local onde foi alvejado na sua casa e teme que sua vida seja tirada por alguém.

Esse local é onde foi cortado pela Vale na propriedade de seu Chico e hoje está fechado por falta de cumprir compromisso segundo o morador.

Esse local é a tampa que foi vedada para não correr agua mais dentro da propriedade de seu Chico do Sindicato.

Muita poeira próximo da casa dos moradores e as crianças tem problemas respiratórios todo tempo.

O reporter Carlos Refribom esteve na area para averiguar as condições de sobrevivencia dos moradores.

Roberta Marinho mostra a roça que foi beneficiada pela PMP, mas infelizmente não tem agua para produzir.

Valéria mostra as vasilhas todas secas sem agua, triste realidade.

Essa é a unica agua que a familia dispõe para o gado beber, além de muito barrenta, não chega até o fim do verão escaldante.

Esse local segundo seu Gildo era uma estrada que foi impedida a passagem pela Vale.

A foto tirada pela manha fala tudo.

A nascente de agua que no passado era um praticamente um Rio, hoje jorra com muita dificuldades.

Uma saida de agua que atravessa a pista.

Essa estrada segundo seu Gildo, foi feito acordo para passar dois carros, mas não foi cumprido pela Vale.

Um local que já foi de muitos movimento, hoje está abandonado.

Barragem do Gelado, aqui muitas familias de Parauapebas e região se divertiam nos fins de semana.

Entrada da canalização de agua que foi feito na terra do seu Chico, mas foi cortado por ele, hoje não funciona mais.

Placa indicando o Gelado e Geladinho.

Seu Chico mostra o local onde ricochiteou uma bala dos tiros que deram na sua casa, ele tem medo.

O gado da familia será preciso vender ou esperar que algo seja feito em relação a agua chegar no local.

 

 

A Polícia Federal (PF) prendeu na ultima terça-feira (30) uma quadrilha especializada em roubo de caminhões dos Correios. O bando com 12 integrantes, entre eles um adolescente de 15 anos, agia principalmente na rodovia BR-010 e na Alça Viária.

Os criminosos foram presos nesta terça-feira quando tentavam assaltar dois caminhões dos correios que passavam pela cidade de São Miguel do Guamá, no nordeste do Pará. Com eles foram encontrados armas, celulares e equipamentos que eram usados para bloquear as cargas, usando um aparelho que bloqueava o GPS das carretas, impedindo a localização dos veículos via satélite pela empresa.

"A carga é diversa, inclui aparelhos eletrônico a produtos de beleza, calçados e roupas. Eles visão as cargas dos correios para saberem que pela diversidade de objetos é mais fácil de vender e eles aguardam o caminhão passar e vão atrás.", informou o delegado da Polícia Federal Thiago Selling.

De acordo com a PF, somente no primeiro semestre de 2016, 45 cargas foram roubadas no estado, registrando prejuízo estimado de R# 2 milhões aos Correios. Ano passados foram 90 roubos, gerando prejuízo de R$ 4 milhões, além das correspondências espalhadas pela estrada.
Os bandidos foram levados para a sede da PF, em Belém, e irão responder pelos crimes de associação criminosa, corrupção de menor e tentativa de assalto.

 

Fonte: G1

A Unidade Integrada Pro Paz (UIPP) do Distrito Industrial, em Ananindeua, região metropolitana de Belém, promove ação de cidadania até esta quarta-feira (31). O atendimento segue de 8h às 12h. São realizadas gratuitamente a emissão da carteira de trabalho e de certidão de nascimento, além de atendimento jurídico.

A dona de casa Dulce Maria, 46 anos, foi até a UIPP para tirar a carteira de trabalho para o filho Paulo Victor, 14 anos. “Já tentei tirar essa carteira várias vezes e não consegui. São poucas senhas e muita burocracia”, disse.

O coordenador do Pro Paz Cidadania, Delkson Roberto, revela que a Central de Abastecimento do Pará (Ceasa) vai receber uma ação emergencial na próxima quinta-feira (1º). “Os trabalhadores da Ceasa estão precisando urgente de documentação, por isso o Pro Paz vai levar ao local a ação de cidadania”, explica.

Ações
As próximas ações do Pro Paz Cidadania serão no dia 17 de setembro, no Batalhão da Polícia Militar; entre os dias 26 e 29, na UIPP do Distrito; e no dia 27, na Igreja Batista de Ananindeua.

 

Fonte: G1

BRASÍLIA — Uma vez confirmado o impeachment da presidente afastada, Dilma Rousseff, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) deverá assumir interinamente a Presidência da República da noite desta quarta-feira até a próxima terça-feira, já que Michel Temer pretende embarcar para a China logo após ser empossado pelo Congresso Nacional. Ainda não está definido de que local Maia despachará. O Planalto deve ficar sob sua batuta mais vezes, pois Temer tem extensa agenda de viagens internacionais nos próximos dois meses.

Na China, Temer terá encontros bilaterais com chefes de Estado de China, Japão, Itália, Espanha e Arábia Saudita, encontrará investidores e irá ao G-20. Depois, deverá viajar para Nova York por volta do dia 20 de setembro, para discursar na abertura da Assembleia Geral da ONU. O evento vai até o dia 26, e normalmente os presidentes brasileiros chegam na véspera da cerimônia e ficam por mais um ou dois dias.

VISITAS DE ESTADO

Antes de viajar por cerca de uma semana para Índia, onde participará de um encontro dos Brics, e Japão, em mais uma visita de Estado, o então presidente efetivo deverá encontrar o presidente argentino Mauricio Macri em Buenos Aires, entre o fim de setembro e o início de outubro. O Planalto também planeja uma viagem a Cartagena, na Colômbia, para a XXV Cúpula Ibero-americana, que será nos dias 28 e 29 de outubro.

Aliado de Temer, Rodrigo Maia foi eleito para a presidência da Câmara dos Deputados em julho. Deputado federal pelo Rio de Janeiro há cinco legislaturas, obteve seu primeiro mandato em 1998 e tentou se eleger prefeito do Rio em 2012, tendo Clarissa Garotinho (PR-RJ) como vice. Chegou a ser cotado para se tornar líder do governo Temer, mas este acabou escolhendo André Moura (PSC-SE), apoiado por Eduardo Cunha e partidos do chamado centrão.



Fonte: O Globo

A Polícia Federal informou na ultima terça-feira (30) que irá abrir um inquérito para investigar ameaça de morte recebida, por e-mail, pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG) no momento em que ele dava início aos seus questionamentos à presidente afastada Dilma Rousseff na sessão de segunda-feira (29) do processo de impeachment no Senado.

A mensagem anônima foi enviada ao endereço eletrônico funcional do parlamentar às 14h14. No e-mail, intitulado “Aviso”, Aécio é chamado de “canalha asqueroso”.

O remetente exige que o tucano renuncie ao seu mandato ou irá "matar você e toda a sua família". Em anexo, há uma fotografia do cadáver de um jovem assassinado e coberto de sangue.

Mensagens idênticas foram enviadas a outros parlamentares que atuaram ativamente no processo de impeachment de Dilma, entre eles o senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), relator na comissão especial e autor do parecer que defende o afastamento definitivo da petista.

Outro destinatário de e-mail semelhante, o líder do PSDB na Câmara, deputado Antonio Imbassahy (BA), disse que o episódio não o preocupa. “É molecagem”, afirmou.

O senador Eunício Oliveira (CE), líder do PMDB no Senado, contou que também recebeu o e-mail de ameaça enviado aos colegas tucanos. Na tarde desta terça, ele revelou ao G1 ter sido alvo de outra ameaça, desta vez, pelo celular, dizendo que seus filhos iriam sofrer “vingança”.

Segundo ele, a segurança do Senado foi comunicada sobre o fato. "Não posso dizer que seja molecagem. Não sou assustado. Porém, não é bom receber isso", ponderou o peemedebista.

Ao G1, a assessoria de imprensa da PF informou que, por ora, a instituição foi notificada apenas da situação envolvendo o senador Aécio Neves e que os fatos já estão sendo apurados.

 

Fonte: G1

 

Por: Carlos Refribom

Depois de grande repercussão nacional na semana passada, onde foram presas, três pessoas, que tinham em um freezer, algumas cabeças de onças, na manha de hoje 30, uma força tarefa esteve na Serra dos Carajás, município de Parauapebas, para fazer a autópsia dos animais, do relevante caso. Estava na autópsia, o ICMBIO (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), Centro de Perícias Científicas Renato Chaves de Marabá e o CEAP (Centro de Educação Ambiental de Parauapebas), essas instituições coordenaram os trabalhos na manhã de hoje.

De acordo com Felipe Sá, coordenador de perícias Renato Chaves, carcaças de animais foram trazidas para o ICMBIO e eles fizeram a perícia para instrução probatória através de laudo pericial da necropsia dos animais, onde foi verificado pelo menos 19 felinos, 7 pássaros, 5 crânios de felinos e um de jacaré. Ainda segundo Felipe, logo após o laudo pericial, seja instruído a prova que servirá no inquérito policial e acusação para uma possível punição dos infratores responsáveis, que incorrerão em punições penais e administrativas, as penais via justiça e as administrativas via multa do IBAMA, além do crime de porte de arma ilegal.

Já o gestor das FLONACA, (Floresta Nacional de Carajás) e analista ambiental do ICMBIO, Frederico Drumont Martins, disse em entrevista que nesse caso pode estar havendo o tráfico de animais silvestres e abate indiscriminado deles, principalmente com espécie ameaçada de extinção, segundo Frederico hoje em Carajás existe uma guarda florestal de 120 homens trabalhando o combate desse tipo de crime, ainda disse que será auferida uma multa de 594 mil reais aos infratores do delito, e depois da perícia concluída será entregue ao Centro de Estudos em Parauapebas, “Ficaremos alerta diante desse tipo de Tráfico de animais silvestres, esse conjunto de coisas não são isolados, são muitas onças mortas no mesmo local, essa prisão desse material é inédito na região, nunca houve uma prisão dessa magnitude; a polícia civil de Parauapebas e Curionópolis continuarão os trabalhos, pra chegar às pessoas que encomendaram esses animais e com certeza desbaratar todo esse movimento” disse Frederico.

Já Francilma Dutra, Coordenadora do Centro de Educação Ambiental de Parauapebas, que engloba todo município e é um colegiado da (UFRA),Universidade Rural da Amazônia, (Unifesspa) Universidade Federal Sul e Sudeste do Pará, (ICMBIO) e Prefeitura de Parauapebas, através da secretaria de Educação e Meio Ambiente.

Segundo Francilma, depois de liberado o material pelo ICMBIO, ele será transformado em estudo didático e científico, para fazer identificação de parasitas, uma avaliação genética pra conhecer mais a população de onças da região e ainda fazer o aproveitamento da educação ambiental, que é basicamente montar peças, fazer amostra de crânio, fazer algo que consiga sensibilizar a população para com esses animais; “Nós ainda temos muita gente com esse pensamento predatório, caças a essas onças, nós precisamos aproximar a comunidade para o conhecimento e da importância dessa espécie para o equilíbrio ambiental, esse é nosso papel enquanto educadores” disse Fracilma.

Natália Bianca, estudante de Zootecnia da UFRA e estagiaria do projeto Carajás na Escola, também participou dos trabalhos e disse que esse material será importante pra que possamos conscientizar nossas crianças a não fazer esse tipo ato.

As cabeças estavam guardadas em freezer aguardando a perícia.

As patas também foram encontradas junto com as cabeças.

Dessa forma que elas foram encontradas.

Os técnicos preparando o material para a imprensa.

Aqui apenas as cabeças das onças.

Felipe Sá, perito do Centro de Perícias, disse que essas onças estão relacionadas com o tráfico de animais silvestres.

Frederico Drumont, disse que estamos diante de um tráfico internacional de animais.

Francilma coodenadora do CEAT, disse que esse material servirá de estudos científicos.

Bianca, aluna da UFRA, disse que o material servirá para concientização de alunos no projeto Carajás na Escola.

Passaros de espécie em extinção também foram encontrados com os caçadores.

Esses ossos da cabeça de onça e um jacaré estavam com os caçadores.

 

 

 

 

A Universidade Federal do Pará (UFPA) divulgou na manhã desta terça-feira (30), em Belém, a relação com os candidatos aprovados no Processo Seletivo Especial para o curso de medicina em Altamira, no sudoeste do Pará. Confira aqui o listão.

De acordo com a instituição, mais de 3,6 mil inscritos concorreram às 60 vagas ofertadas, que foram totalmente preenchidas. Do total, 426 candidatos ficaram de fora da disputa porque não compareceram aos locais de prova no dia de aplicação dos exames.

A primeira prova do concurso foi realizada no último dia 5 de maio, nos dois campis da UFPA em Altamira e em mais oito escolas do município. O exame continha 45 questões sendo nove de cada uma das disciplinas de língua portuguesa, matemática, história, geografia e literatura. A segunda etapa do concurso transcorreu no dia 3 de julho, com 45 questões das disciplinas de áreas específicas ligadas à medicina: 15 questões de biologia, 15 de física e 15 de química. Já a terceira e última etapa foi realizada em dia 31 de julho, com a aplicação de uma prova de redação.

Segundo a UFPA, as aulas para os futuros calouros devem começar no segundo semestre letivo da universidade que, este ano, se inicia no mês de outubro, por causa do calendário de reposição de aulas necessário pela greve de professores e técnicos da instituição, em 2015. As demais informações sobre matrículas e vínculo institucional devem ser consultadas na página do Centro de Processos Seletivos da UFPA.

O novo curso de medicina em Altamira surgiu de iniciativas do campus daquele município frente ao interesse do Ministério da Educação (MEC) em ampliar a oferta de vagas na área de medicina e ampliar a residência médica em várias regiões do país, por meio do Programa Mais Médicos, do governo federal, e ainda da alta demanda que a região apresentava para a implantação do curso de graduação graduação.

 

Fonte: G1

O adolescente de 17 anos que teria assassinado um cabo da Polícia Militar no último sábado (27), no bairro do Jurunas, em Belém, se entregou na sede da Divisão de Homicídios na manhã desta terça-feira (30). O jovem que se apresentou na delegacia acompanhado do advogado e presta depoimento.

O cabo da Companhia Independente de Policiamento Fluvial da Polícia Militar (PM), Erinewdo Xavier Souza, de 37 anos, foi assassinado no último sábado (27), no bairro do Jurunas. Segundo a polícia, o cabo foi abordado por dois criminosos. Ele teria reagido e sofreu o tiro. A vítima ainda chegou a ser socorrida e levada ao hospital, mas não resistiu ao ferimento e morreu.

A defesa do jovem informou que vai trabalhar com a acusação de tentativa de roubo, pois a intenção era assaltar o PM, e não assassiná-lo. No entanto, a Polícia Civil afirma que o jovem vai responder por latrocínio, quando há roubo seguido de morte.

A polícia investiga ainda se o suspeito é mesmo adolescente. Caso seja, ele será encaminhado para a Divisão de Atendimento ao Adolescente (Data).

 

Fonte: G1

 

Na manhã desta segunda-feira (29) no Ginásio Poliesportivo de Parauapebas, motoristas reclamam da falta de atendimento pelos examinadores do DETRAN, segundo informações os examinadores já estão a mais de quatro semanas sem prestar atendimento no local.

Alguns dos condutores já estão com quatro meses com o processo em andamento para trocar de categoria ou tirar a primeira habilitação. Das 06h00min da manhã até as 09h30min os examinadores ainda não tinham chegado ao local.

“Muitos precisam da habilitação, então é um descaso, o que a gente pede aqui é um parecer das autoridades porque todos aqui é pai de família e trabalhadores, a maioria saiu do seu trabalho e pediu licença para estar aqui”. Disse Edilson Falcão Barbosa que estava querendo trocar a categoria.

Em entrevista com nossa equipe de reportagem, Bruno Carvalho reclama do atendimento “Eu estou tirando minha primeira habilitação, que era um sonho que agora vem se tornando um pesadelo, acordei ás 06h00min da manhã já são 10 horas e ninguém aparece para eu fazer meu teste”. Disse Bruno.

Outro jovem que quer mudar sua categoria da habilitação Caio Teixeira, disse que espera que melhore com a mudança da comissão de examinadores. 

Após alguns minutos que a equipe de reportagem estava no local os examinadores chegaram pra começar a fazer os testes dos motoristas.

Em entrevista a equipe Carajás o Jornal o examinador Normando Borges Disse: “O DETRAN estava passando por uma troca de comissão dos examinadores de Parauapebas e por isso teve esse problema, mas agora a comissão está formada e fixa e a partir de hoje os exames serão feitos normalmente”. Disse Borges.

 O técnico de segurança Edilson Falcão disse que precisa muito trocar a categoria da habilitação para conseguir um emprego.

Bruno Carvalho disse que era um sonho que está se tornando pesado em tirar sua habilitação.

O estudante Caio Teixeira disse que agora com a chegada da nova comissão de examinadores possa melhorar o atendimento.

 

 A nova comissão de três examinadores logo que chegaram ao local iniciaram o atendimento.

Sul e Sudeste do Pará

Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.galpogk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016