Carajas o Jornal

Carajas o Jornal

As quatro da manhã de hoje, 3, primeiro dia e recadastramento biométrico dos eleitores da 75ª Zona Eleitoral, já tinha eleitor na porta  do Posto de Atendimento do TER em Parauapebas. Tudo para garantir o recadastramento sem tumultos e como, quase sempre acontece, de última hora. Porém antes do horário de início do atendimento, a fila já se agigantava.

Uma das eleitoras que estava na fila, Maria Inês, disse que não esperava que no primeiro dia teria tanta gente e por isso chegou as 7 horas. “Confiei que brasileiro deixa tudo pra ultima hora e pensei que seria uma das primeiras a chegar, mas fiquei surpresa e agora vejo aproximadas 100 pessoas em minha frente”, disse ela com espanto.

A fila continuou a crescer e logo atraiu comerciantes informais que vendem no local lanches, água, e até uma banquinha de plastificação de documentos se instalou próxima à entrada, mas parece que não terá muito sucesso, pois a campanha não é para emissão de documento, mas para revisão das digitais do eleitor e assim tornar dispensável a apresentação de documentos em eleições futuras.

O serviço, presado pela Justiça Eleitoral, iniciou hoje e vai até o dia 19 deste mês, das 8:00 às 16:00, sendo obrigatório a presença de todos os eleitores da 75ª Zona, com a apresentação de documento original com foto e comprovante de endereço original e atual.

O não comparecimento causará suspensão do CPF e corte de benefícios sociais como, por exemplo, bolsa família, aposentadoria e todos os programas do governo; fica inápto ainda de receber Seguro Desemprego e abertura de conta bancária.

O serviço é oferecido na Rua Rio Branco, 158, Beira Rio I, próximo ao Hotel Atrium, nas proximidades da PA 275.

O Ministério da Educação abriu, na madrugada desta segunda-feira (8), as inscrições para a edição do meio do ano do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). As inscrições vão até 23h59 desta quarta-feira (10) e devem ser feitas pelo site oficial do programa.

O Sisu é um processo seletivo que usa as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para selecionar estudantes em cursos de graduação de universidades federais e institutos tecnológicos de ensino superior. Para participar, é preciso ter feito o Enem em 2014 e obtido nota acima de zero na redação.

A segunda edição do Sisu 2015 selecionará alunos para 55.571 vagas em 72 instituições públicas de ensino superior. O Ministério da Educação abriu nesta terça-feira (2) a consulta de vagas.

A lista disponível na página do sistema aponta vagas em 234 cidades de 25 estados do país (não há vagas no Amazonas e no Mato Grosso). Serão selecionados estudantes para 298 carreiras em 1.564 cursos de graduação. Medicina, por exemplo, é oferecido em 24 universidades federais.

O número de vagas desta edição é maior que o da seleção de meio de ano de 2014, quando 67 instituições aderiram ao sistema e ofereceram 51.412 vagas.

Nesta edição, a única nota válida para participar do Sisu será a do Enem 2014. Para se inscrever na seleção, o candidato não pode ter tirado zero na redação.

CALENDÁRIO

Inscrições
8 a 10 de junho

Resultado
15 de junho

Matrícula
19, 22 e 23 de junho

Lista de espera
15 e 26 de junho

Calendário
O processo seletivo do Sisu para o segundo semestre terá apenas uma chamada e o resultado, que será divulgado no dia 15 de junho, poderá ser consultado na página do Sisu na internet. A matrícula deverá ser realizada nos dias 19, 22 e 23 de junho na instituição em que o aluno foi selecionado.

Para fazer parte da lista de espera, o candidato deve entrar no site do Sisu entre os dias 15 e 26 de junho. As universidades terão de 19 a 26 de junho para informar as vagas disponíveis no site.

Como participar
Ao acessar o sistema, os estudantes poderão checar todas as vagas disponíveis para a seleção. Porém, cada estudante poderá se inscrever em duas opções de vagas. No ato da inscrição, será preciso escolher, em ordem de preferência das vagas, a instituição, o local de oferta, o curso e o turno em que ele é ministrado.

Até as 23h59 desta quarta, o estudante poderá trocar suas opções no sistema quantas vezes quiser, e também cancelar sua inscrição. Durante o período, o Sisu informará a nota de corte de cada curso e turno, ou seja, a nota mínima para ser aprovado naquele curso, segundo o número total de inscritos e o número de vagas oferecidas. O Sisu considera apenas as últimas opções cadastradas no momento do fechamento das inscrições.

Na hora de fazer as duas opções de vaga, o candidato deve escolher uma das três modalidades de concorrência: a concorrência pelo sistema de cotas que segue a lei federal, a concorrência pelo sistema de ação afirmativa determinado pela instituição de ensino que oferece a vaga, e a ampla concorrência.

 

Fonte: G1 Notícias 

 

As equipes de resgate prosseguiam nesta quarta-feira (3) com as buscas aos passageiros do cruzeiro que naufragou no rio Yangtsé, região central da China, com mais de 450 pessoas a bordo, mas as esperanças de encontrar sobreviventes são mínimas.

Mais de 35 horas depois da tragédia, o balanço de vítimas permanece em 19 mortos, alguns deles encontrados a 50 quilômetros do local do acidente, e 14 sobreviventes resgatados.

A busca de corpos será ampliada até a cidade de Wuhan (centro), 220 km ao sul, anunciaram as autoridades.

No local do naufrágio, sob uma forte chuva, as equipes de resgate trabalham no casco do "Dongfangzhixing" ("Estrela do Oriente"), que afundou a 15 metros de profundidade.

Os mais de 100 mergulhadores que procuram vítimas enfrentam fortes correntes e ausência quase total de visibilidade.

"Espero um milagre", declarou na cidade de Chongqing o filho de um homem que trabalhava há 10 anos no cruzeiro.

O navio afundou em menos de dois minutos na segunda-feira (1º) à noite, depois de ser atingido por uma tempestade. No total, 456 pessoas estavam a bordo, segundo um número atualizado que inclui os passageiros e os integrantes da tripulação, mas que não menciona estrangeiros. Muitos dos passageiros eram aposentados.

Nesta terça-feira, as equipes de resgate cortaram o casco da embarcação e resgataram três pessoas, segundo a agência oficial Xinhua. A operação é supervisionada pelo primeiro-ministro Li Keqiang.

As autoridades diminuíram a intensidade das turbinas da famosa represa das Três Gargantas, situada em uma região acima do Yangtsé, o maior rio da Ásia (6.300 km), para facilitar as operações de resgate.

À espera dos resultados da investigação, o ministério dos Transportes informou que o navio, com capacidade total para 534 pessoas, não estava sobrecarregado.Relatos de sobreviventes
Pouco antes do acidente, "a chuva atingiu o lado direito do navio e entrou em várias cabines", afirmou Zhang Hui, um dos sobreviventes.

O capitão e o engenheiro chefe do cruzeiro, que foram resgatados, afirmaram que o navio foi atingido por um "tornado". Os dois foram detidos.

Nas redes sociais, internautas questionam se os dois homens não teriam abandonado a embarcação e os passageiros.

O navio viajava entre duas antigas capitais chinesas, Nankin (leste) e Chongqing (centro). O naufrágio aconteceu na região de Jianli (província de Hubei).

Em busca de notícias
No hospital da cidade vizinha de Jinali, as famílias das vítimas tentavam obter notícias dos parentes.

"Enquanto existir esperança, vamos dar 100%, sem abandonar o local", afirmou o ministro dos Transportes, Yang Chuantang.

Fonte: G1 Notícias 

Além das irregularidades dos contratos na Câmara Municipal e das desapropriações superfaturadas o Núcleo de Combate à Improbidade Administrativa e a corrupção (NCIC) está de olho na construção do Hospital Municipal de Parauapebas. Quem falou sobre o caso foi o Procurador de Justiça Cível Nelson Pereira Medrado falando ter convicção de que houve graves irregularidades no processo de licitação com desvio de dinheiro para procedimento licitatório. “Parauapebas é um município que tem uma arrecadação muito alta e onde tem dinheiro atrai a cobiça de pessoas inescrupulosas procurando tirar vantagens”, explica Medrado, contando que o que lhes era informado é que, apesar da grande arrecadação, o município estava passando por certa dificuldade: falta de remédio, falta de merenda escolar; o que ele qualifica como muito grave.

Medrado disse ter acesso aos contratos de serviços públicos e tem percebido que as mesmas empresas têm vendido as licitações. Ele cita o caso do contrato para recolhimento do lixo em Parauapebas, que o TCM por duas vezes recusou e não homologou licitações do lixo. Ele detalha que uma empresa (CLEAN) prestava o serviço de coleta de lixo e foi destratada mesmo com o município correndo o risco de sofrer processo por quebra de contrato sem necessidade. A outra irregularidade foi a contratação de empresa que talvez fosse ligada a um secretário municipal por mais de R$ 2 milhões, só que essa empresa só fornecia mão de obra, tendo que se locar máquinas o que custou mais de R$ 6 milhões. “Trocaram o custo de um serviço de R$ 3 milhões por um de R$ 9 milhões, e isso é uma gravíssima ilegalidade”, afirma Medrado, denunciando ainda que a coleta que era regular passou a ser seletiva em alguns dias da semana e feita por servidores do Município, o que faria com que a empresa ganhasse mais ainda. “São coisas gravíssimas que precisam ser investigadas; estamos falando de dinheiro público que é desviado da saúde, educação etc.”, questiona Medrado.

O procurador cita ainda o caso do hospital municipal e lembra que foi assinado um TAC (Termo de Ajuste de Conduta) relativo à construção da obra que já dura anos tendo sofrido oito aditamentos, acima do que permite a Lei. Ele mensura que o custo inicial da referida obra que foi de R$ 14 milhões já está em R$ 54 milhões, sendo aditado neste governo R$ 8 milhões tendo como prazo até fevereiro deste ano, 2015, para conclusão. “O prazo expirou, o dinheiro não deu. É uma coisa já acintosa, pois trata-se de um TAC que fomos procurados para fazer e teve o prazo descumprido sob a desculpa que não havia dinheiro. Como não havia dinheiro?! E o dinheiro do CEFEM? Ele não pode ser usado para custeio, mas trata-se de investimento”, indaga Medrado.   

 

Por: Francesco Costa 

O Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) e Serviço de Assistência Especializada (SAE) de Parauapebas recebeu o troféu Muiraquitã, durante as comemorações alusivas aos 50 Anos do descobrimento do Antígeno Austrália e avanços no tratamento das hepatites virais em meio século, entregue pela Coordenação Estadual de Hepatites Virais da Secretaria Estadual de Saúde (Sespa), no dia 21 de maio em Belém, em homenagem ao trabalho de combate às hepatites virais realizado no municipio.

Parauapebas é referência no sul e sudeste do estado por alcançar resultados acima da média quanto ao número de realização de testes rápidos para as hepatites B e C, e respectivamente atender e tratar os casos diagnosticados. Apenas Parauapebas, Marabá, Santarém e Abaetetuba receberam a premiação.

Allan Werbertt, coordenador do CTA-SAE, representou a equipe durante o evento. “Para nós do município é importante esse reconhecimento, tendo em vista que nem a capital foi premiada, o que valoriza o trabalho da equipe, em especial da doutora Mara Menegazzo e da enfermeira Milka Régia (responsáveis técnicos pelo Programa de Hepatites em Parauapebas). Também nos fortalece e estimula a desenvolver mais ações de prevenção e tratamento, além de nos colocar como município prioritário quando houver incremento de recursos nessa politica” destacou o coordenador.

Em 2014 foram realizados 4.563 testes e 20 pacientes receberam diagnóstico positivo para hepatites B e C. As hepatites têm tratamento e grande chance de cura. O tratamento é um pouco duro, mas é tolerável e cura cerca de 50% das pessoas infectadas, pode ser realizado no CTA-SAE, localizado à Rua P, número 38, Bairro União.

Qualificação da equipe do CTA - Dentre os motivos que faz o CTA de Parauapebas alcançar resultados positivos está à qualificação permanente dos profissionais que atuam no órgão, seja por meio de participação em eventos de referência na área ou das capacitações realizadas entre a própria equipe.

De 17 a 20 de maio, o coordenador do órgão juntamente com os enfermeiros Francisco Farias Soares e Milka Régia Souza e a médica Mara Fabiana Menegazzo participaram do X Congresso da Sociedade Brasileira de DST e VI Congresso Brasileiro de AIDS.

De acordo com os participantes os dois eventos agregaram novos conhecimentos que contribuem diretamente para a saúde do usuário. “Participando de uma das atividades do seminário, soube que o chá de camomila reduz os sintomas da Herpes, assim como a planta conhecida popularmente como unha de gato”, destacou o enfermeiro Francisco Farias. Os conhecimentos adquiridos pelos profissionais são multiplicados aos demais que atuam no órgão.

 Por: Karine Gomes

 

 

Nesta última terça-feira (2), mais de 16 mil estudantes da rede municipal de ensino tiveram a oportunidade de testar seus conhecimentos com os números, por meio das avaliações realizadas durante a 11ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) 2015.Das 36 escolas participantes, uma das que tiveram número expressivo de inscritos foi a João Prudêncio de Brito, com 465 alunos, 221 no Nível 1 (estudantes dos 6º e 7º anos) e 244 no Nível 2 (estudantes dos 8º e 9º anos). Tauane Sacramento Pereira, 15 anos, é aluna do 9º ano da João Prudêncio. Ela fez a prova ano passado, porém não conseguiu aprovação para a segunda fase.“Faltou pouco, me esforcei, mas infelizmente não consegui”, disse a aluna, já este ano, ela está com ótimas expectativas. “Estou confiante, pois a escola tem nos preparado com o Projeto PM +, que pode ajudar tanto na Obmep, quanto na Prova Brasil”, afirma a estudante.Segundo Nonato Rodrigues, professor de matemática de Tauane, a escola tem buscado aprimorar o ensino da disciplina. “Com o Projeto PM +, nós buscamos ensinar matemática de forma mais dinâmica, construir conhecimento e melhorar a capacidade dos alunos de interpretação e resolução de questões, assim preparamos os alunos tanto para a Obmep quanto para outras situações relacionadas à disciplina”, diz. Nonato informa que, para desenvolvimento do Projeto, foi montado até laboratório de Matemática.“Temos um espaço criado especificamente para o ensino da matemática, professores capacitados e motivados, e alunos interessados. Acreditamos que com essa combinação fizemos um ótimo trabalho. Agora, esperamos classificar o maior número possível de alunos para a segunda fase e, posteriormente, atingir o nosso objetivo maior, que é adquirir bolsas de iniciação científica”, garante o diretor da escola, Antônio Márcio Reis.As provas da Obmep foram aplicadas e corrigidas pelos professores de cada estabelecimento de ensino. Os alunos classificados farão a prova da 2ª fase no dia 12 de setembro e os resultados serão divulgados no site da Olimpíada no dia 27 de novembro.

 SOBRE A OBMEP

É uma iniciativa do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa) voltada aos ensinos médio e fundamental, promovida com recursos do Ministério da Educação (MEC) e Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), que visa estimular o estudo da matemática entre alunos e professores e revelar talentos.Nesta edição, a Obmep premiará 6.500 alunos com medalhas, entre elas 500 de ouro, 1.500 de prata e 4.500 de bronze, além de 46.200 com menções honrosas.  Os medalhistas serão convidados a participar do Programa de Iniciação Científica Jr. (PIC) que será realizado ao longo de 2016. Além de premiar os estudantes com melhor desempenho na prova da 2ª fase, a Obmep também homenageia professores, escolas e secretarias de educação de municípios que se destacam em virtude do desempenho dos seus alunos.

Por: Messania Cardoso 

“As Organizações Não Governamentais só comprovam a ineficiência do Poder Público. Gostaríamos de parar, pois isso significaria que o Estado e Município cumpriu seu papel.”

São afirmações de Nilda Francisca da Silva. Ela é membro fundadora da APAE (Associação De Pais e Amigos dos excepcionais) e tem uma filha com necessidades especiais.  Ela conta que não há em nenhum dos 144 municípios paraenses Centro de Reabilitação para crianças com necessidades especiais; estas são atendidas nas apenas 42 unidades da APAE existentes no Pará.

Nilda mensura tratar-se de um tratamento caro, mas cita a constituição que em seu Artigo 196 (do Estatuto da Criança e do Adolescente) que garante que a saúde é Direito do Cidadão e Dever do Estado; e ainda em seu Artigo 11, inciso 1º: A Criança e o Adolescente portadores de deficiência receberão atendimento especializado.

Inciso 2º: Incumbe ao poder público fornecer gratuitamente àqueles que necessitarem os medicamentos, próteses e outros recursos relativos ao tratamento, habilitação ou reabilitação.

Com base nisto, a APAE em Parauapebas vem há anos tentando transferir para o Município a responsabilidade que lhe é devida, sendo para isso necessário a implantação de um Centro de Reabilitação Para Crianças com Necessidades Especiais, e só agora o governo assumiu o compromisso de trazer tal benefício.

Hoje, sexta-feira, 29, a APAE convidou a imprensa para uma conversa com objetivo de situar os meios de comunicação sobre a problemática do cidadão (criança e adolescente) com deficiência no município de Parauapebas, discutir e propor solução para a questão a curto, médio e longo prazo; fazendo um divisor de águas entre o ontem, hoje e o amanhã.

A APAE entende que é preciso se responder algumas perguntas sobre o menor com deficiência:

  • Quem são?
  • Quantos são?
  • Como vivem?
  • Como são vistos?
  • Como são tratadas?
  • São responsabilidade de quem?  

Não há respostas para todas as perguntas, mas sabe-se que são vistos como um transtorno, carga e peso; são tratados com preconceito e descaso; são responsabilidade do Poder Público que não tem assumido deixando a cargo de ONG’s. Nilda denuncia ainda que é negado o Direito à proteção, à vida e à saúde mediante a efetivação de políticas sociais públicas que permitam o NASCIMENTO e o desenvolvimento sadio e harmonioso, em condições dignas de existência. Isso tem sido provado no grande número de crianças vítimas de Anóxia (falta de oxigenação no cérebro que pode causar uma série de anomalias).

O principal problema enfrentado, segundo Nilda, é mudar a mentalidade do Poder Público, das famílias e da sociedade. E cita os principais serviços que o município precisará oferecer:

  • Prevenção;
  • Habilitação e reabilitação;
  • Educação diferenciada;
  • Centro com atividades diversificadas (saúde, educação, esporte e lazer) que atenda de acordo com faixa etária e tipos de deficiência.

Todas as responsabilidades foram transferidas para o Município que recebeu, em reunião realizada o dia 2 de julho de 2014, quando o prefeito Valmir Queiroz Mariano assinou o compromisso tendo como testemunhas o então presidente da Câmara de Vereadores, Josineto de Oliveira Feitosa; o presidente do Condcap (Conselho Municipal da Criança e Adolescene de Parauapebas), Aldo N. Lindoso Serra; o presidente do CMDPDP (Conselho Municipal do Direito d Pessoa com Deficiência de Parauapebas), Edivaldo Ribeiro de Lima.  

A reunião aconteceu entre a diretoria da APAE, presidida por Vanilda Gonçalves de Queiroz, justificando que considerando todas as razões expostas  no documento, num ato de responsabilidade para a Prefeitura Municipal de Parauapebas e incumbência pela pretação do serviço de reabilitação neurológica oferecida às crianças e adolescentes de Parauapebas, até o momento executada pela APAE/Parauapebas.

Agora o governo municipal tem até o último dia de dezembro deste ano, 2015, para implantar estrutura física e de atendimento para receber as crianças e adolescentes hoje atendidas na APAE, quando, segundo Vanilda, a unidade da ONG será fechada para reforma e depois receberá pessoas com necessidades especiais em faixa etária acima de 18 anos.     

Por: Francesco Costa 

Nesta Última quinta-feira, 28, no auditório da Câmara Municipal de Curionópolis aconteceu a sessão tão esperada pela população, desta feita todos os vereadores estiveram presentes, e votaram em primeiro turno a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), sendo apreciada por unanimidade.

O Vereador Wilson do Fórum pediu que fosse feito alterações em alguns itens.

Logo após ter sido registrado o pedido do vereador Wilson, o presidente Cassiano Bezerra iniciou-se a votação e encerrada conforme dados acima.

A Vereadora Edilei (PP) e o Vereador Carlos Alencar(PV), fizeram um pedido verbal para que a Odebrecht, responsável pelo abastecimento da água de Curionópolis, fosse até a Câmara Municipal dar alguns depoimentos em relação ao abastecimento e a deterioração das vias públicas da cidade.

Porém o Presidente Cassiano Bezerra(PMDB) disse que, ele já teria feito o pedido dois anos anteriores, e que a referida empresa acima citada, já está intimada a vir até a Câmara Municipal dar esclarecimentos aos edis daquela casa de leis.

O vereador  Carlos Alencar pediu para que todos os vereadores se juntassem ao problema que enfrenta a pessoas moradoras do COFAPAC, pois os mesmos não têm água potável para beber, e pedem ao poder público que intercedam por eles, indo até o gestor municipal e juntos pedirem que seja furado um poço naquela localidade.

O Presidente lembrou e pediu aos edis que quando á Odebrecht, estiver em reunião com os vereadores, que os mesmos lembrassem de exigir da empresa, que recupere toda malha asfáltica do município que por ela foi deteriorado.

O vereador Diassis Falou a respeito do retorno ás aulas, disse que o processo movido pela categoria contra o estado já foi movida, de agora em diante é o Ministério Público que tomará conta da ação e que a categoria assim como o Sindicato já fizeram suas partes, restando apenas todos aguardarem as decisões judiciais, por isso teriam voltado as salas de aula, pois o alunado não tem culpa da irresponsabilidade do atual governador Jatene.

A sessão foi encerrada, e o presidente convidou a população que se fazia presente assim como todos os vereadores , que estejam na próximas sessão.

 Por: Edson Luiz 

 No último dia, 22, foi realiza­do em Canaã dos Carajás o I Encon­tro de Presidentes de Câmaras Municipais da Região do Carajás. O evento promovido pela ABRACAM (As­sociação Brasileira de Câmaras Municipais) aconteceu no Plenário da Câmara Municipal e contou com a pre­sença de presidentes de 17 municípios da região.

O vereador Jean Carlos, presidente da CMCC fez a abertura do evento por volta das 10 horas da ma­nhã, saudando todos os participantes com as boas vindas se mos­trou satisfeito com a presença dos colegas. “Tivemos pouquíssi­mo tempo para orga­nizar este encontro, mas foi bastante satis­fatório o número de vereadores presentes aqui, esperamos que em breve possamos realizar outros even­tos semelhantes a este,” declarou Jean Carlos.

Logo em segui­da o presidente da ABRACAM, Rogério Rodrigues, deu uma palestra sobre “Os de­safios da entidade e o fortalecimento das câmaras municipais”, ressaltando a impor­tância do evento. “Foi bastante significati­vo a participação dos vereadores da região, acredito que todos saem deste encontro com informações im­portantes para o aper­feiçoamento e desen­volvimento de suas atividades parlamen­tares”, avaliou.

O cientista político e Diretor da ABRA­CAM, Luiz Kirchner, falou sobre o “Modelo de excelência em Ges­tão”. No final da tarde foi ministrada uma palestra com o ad­vogado e vice-presi­dente da ABRACAM, Cezar Assis, que des­tacou a atualização da lei orgânica como for­ma de fortalecimento do Poder Legislativo Municipal.

 

Fonte: ASCOM/CMCC

Uma articulação feita pela Vereadora Edilei Maria Lopes de Sousa que se sensibilizou com a carência da população que via as vagas de empregos sendo ocupadas por pessoas vindas de outros municípios sob a alegação das contratantes afirmando que no município não haviam pessoas qualificadas. “Articulei junto com Doutro Gerson Peres, presidente do PP (Partido Progressista) e presidente do SENAI no Pará. Falei da necessidade dos jovens que precisam de capacitação, e ele concedeu estes cursos para Curionópolis”, explica a vereadora, explicando que com a capacitação destes jovens deixa de ser necessário a vinda de pessoas de outros municípios para atender a demanda do mercado local.

Ela destaca que serão formados centenas de profissionais como pintor predial, pedreiro, armador, eletricista, grande passo, ainda segundo ela, para a construção civil. “Curionópolis está no caminho certo, faltando apenas administradores que pense no bem comum”, planeja Edilei, posicionada em seu terceiro mandato de onde diz ter sempre escolhido defender os interesses do povo. Ela mora há 33 anos em Curionópolis e desde bem cedo se interessou pela política por ver, segundo ela, a forma de adquirir forças para buscar soluções para os problemas da população.

E diz que tem um novo passo em sua caminhada política, ser prefeita de Curionópolis, para isso colocou seu nome à disposição pelo PP como pré-candidata.     

Responsável pelo SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) em Curionópolis, o Professor Pedro Paulo Pinon de Araújo, diz que tá tudo dentro do previsto, os cursos na área de eletricidade e da construção civil está funcionando com normalidade. “Apesar de ser uma demanda fora do que estamos acostumados a trabalhar fechamos as turmas com números normais e já temos outras pessoas aguardando o início de novos cursos”, diz Pinon, afirmando que a procura só confirma a credibilidade do SENAI que é referência mundial em cursos profissionalizantes. Tendo como visão formar o cidadão preparando-o para os mercados formal e informal.

A demanda atendida aqui contemplar as necessidades do município em qualificar pessoas para atender as empresas locais, para que quando suja vagas não seja preciso buscar pessoas de fora. Com aulas diárias de 4 horas, os cursos têm duração de 160 horas, divididos em 40 dias, com três turnos diários. 

 Elétrica

 Elson Ribeiro, 23 anos, nascido em Curionópolis.

Nunca tinha trabalhado na área de elétrica. Escolhi esse curso para enriquecer meu curriculum e fortalecer no mercado de trabalho. De extrema importância a iniciativa da vereadora de trazer o pacote de cursos pelo SENAI para nosso município, oportunidade que só nos enriquece.  

Jackson Costa Maciel, 24 anos, nascido em Curionópolis.

Eu já trabalhava na área de elétrica há cinco anos, mas me faltava qualificação. Agora com este curso pelo SENAI só melhora minhas oportunidades através de uma habilitação profissional.

Na situação que se encontra Curionópolis hoje, esta é uma oportunidade única e uma das melhores formas que já aconteceu desde que nasci aqui e sempre vi que todos os jovens de minha idade e até os mais velhos careciam de uma oportunidade como esta.

Aqui mesmo em Curionópolis o mercado absorverá minha mão de obra.

 Pintura predial

 Queliane de Oliveira. Pintor Predial

 Escolhi por ser interessante lá em casa a gente vive pintando paredes e quis conhecer as técnicas corretas. Agora pretendo exercer a profissão que achei apaixonante.

A iniciativa da vereadora Lucilei de articular a vinda dos cursos para Curionópolis beneficiou diretamente a nós que não podemos pagar e não precisamos procurar sair do município para estudar.

 Rodrigo Godoi de Sousa, 22 anos de idade, morado de Curionópolis também há 22 anos.

O SENAI é uma ótima instituição e como já trabalho nesta área tive interesse em me qualificar.

Já atuo nesta área de elétrica e agora terei um conhecimento técnico.

Poderei continuar em minha cidade, pois o mercado aqui é carente de mão de obra qualificada.

 

 Por: Francesco Costa

Sul e Sudeste do Pará

Loading
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.2018.Sophos_2019gk-is-100.jpglink
https://carajasojornal.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/Publicidade.galpogk-is-100.jpglink

Vídeos

FAMAP, a escolha inteligente
08 Julho 2019
Em parauaebas, aluno chamou a atenção dos vereadores, no momento em que fazia uso da tribuna. de Carajás O Jornal
18 Abril 2017
Alunos da Rede Estadual de Ensino, assistem aula no meio da rua em Parauapebas
13 Abril 2017
Novo Ministro do STF3
11 Fevereiro 2017
Tiroteio em Redenção deixa população assustada
01 Dezembro 2016
Nesse domingo os paraenses vivenciam o #CIRIO2016, a maior festividade Religiosa do Brasil
09 Outubro 2016
Dr. Hélio Rubens fala sobre o caso de corrupção na Câmara Municipal de Parauapebas
08 Outubro 2016
MARCHA PARA JESUS: Milhares de jovens nas ruas de Parauapebas
08 Outubro 2016
Corrupção é um problema de todos, você também pode combater!
06 Outubro 2016
Joelma agradece pela presença e participação em seu show na FAP 2016
12 Setembro 2016
Jake Trevisan agradecendo toda população de Parauapebas no Carajás O Jornal
06 Setembro 2016
Cantor Açaí no evento da Imprensa na FAP a pedido de Marola Show, canta para a Rainha, primeira e segunda princesa da FAP 2016.
01 Setembro 2016